sexta-feira, 17 de julho de 2009

Evangelho do dia!!!

Evangelho segundo Mateus 12,1-8

Naquele tempo, Jesus passou no meio de uma plantação num dia de sábado. Seus discípulos tinham fome e começaram a apanhar espigas para comer. Vendo isso, os fariseus disseram-lhe: “Olha, os teus discípulos estão fazendo o que não é permitido fazer em dia de sábado!”. Jesus respondeu-lhes: “Nunca lestes o que fez Davi, quando ele e seus companheiros sentiram fome? Como entrou na casa de Deus e todos comeram os pães da oferenda que nem a ele nem aos seus companheiros era permitido comer, mas unicamente aos sacerdotes? Ou nunca lestes na Lei, que em dia de sábado, no Templo, os sacerdotes violam o sábado sem contrair culpa alguma? Ora, eu vos digo: aqui está quem é maior do que o Templo. Se tivésseis compreendido o que significa: ‘Quero a misericórdia e não o sacrifício’, não teríeis condenado os inocentes. De fato, o Filho do Homem é senhor do sábado”. — Palavra da Salvação.

Reflexão

O espírito da lei é viver a misericórdia de Deus. Porque a misericórdia é filha do amor. E o amor é o centro, o coração de toda a vida de um verdadeiro cristão. Ao contrário, quando não há misericórdia, a lei se torna uma cadeia, um peso incômodo. E Deus, de Pai de misericórdias, se torna Juiz tirano. Mas Deus é Amor. E Seu Filho é a encarnação do Amor. Jesus não se aborreceu com seus discípulos porque faziam algo “proibido” no sábado. Na verdade, o descanso sabático era uma imagem do descanso que o homem deve encontrar no Coração de Cristo. Por isso o que os discípulos fazem não tem importância. Enquanto isto, os fariseus, crendo “guardar” o sábado fielmente, cometem a atrocidade de julgar os outros com suas línguas, realmente violando o dia consagrado a Deus com suas palavras venenosas e seu coração impuro. O que é o mais importante da lei? Cumprir a matéria da lei ou seu espírito? O que honra mais a Deus, é ficar quieto um tempo ou viver até as últimas conseqüências a mesma misericórdia de Cristo? Por isso, quem vive o espírito, isto é, a misericórdia do Senhor ao praticar a lei, vivê-la-á a fundo porque agira com o mesmo sentimento de Cristo. E o sentimento de Cristo, deixaria de cumprir algum ponto da lei, ainda que fosse pequeno? Não, porque quem vive amando faz tudo o que agrada a seu Amado. Por outro lado, quem não vive o espírito mas somente a lei, aparentemente parecerá cumprir mas será um cadáver que matará os outros com seu pensamento, violando o próprio centro da lei: o amor. De fato, os fariseus, tão cumpridores, não tiveram escrúpulos para levar à cruz o seu próprio Deus. Cristo é Rei e Senhor. E desta dignidade lhe vem o fato de ser o Senhor do sábado: Ele é o Amor!

Nenhum comentário:

WMblog.blogspot.com - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: Rodrigo Vidigal