sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Dom Waldemar Passini é o novo administrador apostólico

Foi anunciado nesta quinta-feira, 17, o novo administrador apostólico da Arquidiocese de Brasília. Dom Waldemar Passini Dalbello, 44 anos, bispo auxiliar da Arquidiocese de Goiânia, assume o cargo pelo período de três meses, nomeado pela Congregação para os Bispos.

Dom Waldemar vai conduzir a arquidiocese de Brasília até que seja nomeado o novo arcebispo para Brasília no lugar de dom João Braz de Aviz, que deixou a arquidiocese ao ser nomeado prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica. Dom João se despediu da arquidiocese no domingo, 13.

Dom Waldemar é natural de Anápolis, foi ordenado padre em 03 de dezembro de 1994 e ordenado bispo auxiliar de Goiânia em 30/12/2009. Cursou Engenharia Elétrica na Universidade Federal de Goiás e Filosofia e Teologia no Seminário Maior Arquidiocesano de Brasília N. Sra. de Fátima, Brasília – DF. Possui mestrado em Ciências Bíblicas, pelo Pontifício Instituto Bíblico (Roma). Em janeiro de 2006 exerceu a função de Reitor do Seminário Interdiocesano São João Maria Vianney e, a partir de 2008 como reitor do Seminário Santa Cruz. Seu lema: Congregare in unum – Para congregar na unidade (Jo 11,52).

O que é um Administrador apostólico?

Administrador apostólico é um bispo ou presbítero designado pelo Papa, através de um decreto, para administrar a arquidiocese (no caso de Brasília) para suprir a lacuna vacante, por motivo de nomeação do atual bispo para outra função ou em caso de renúncia.

O administrador apostólico possui o mesmo direito e obrigações de um bispo residente. Dom Waldemar, assume a arquidiocese com 128 paróquias, cerca de 360 padres.

Nenhum comentário:

WMblog.blogspot.com - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: Rodrigo Vidigal