sábado, 20 de agosto de 2011

JMJ: “A chuva é sinal de bençãos”

Milhares de peregrinos lotaram o aeródromo de Cuatro Vientos, a oito quilómetros de Madrid.
A organização divulgou uma estimativa de aproximadamente um milhão de fiéis, durante a vigília com os jovens nesta JMJ, presidida pelo Papa Bento XVI, que se encontra na capital espanhola desde quinta-feira.
Uma das preocupações da organização foi a aglomeração de “muitas pessoas num dia de muito calor”, por este motivo foram espalhados pelo local carros de bombeiros que lançavam água para refrescar os participantes.
A vigília foi iniciada com o recebimento da cruz, símbolo da JMJ, que percorreu todas as dioceses da Espanha.
Na celebração, em representação de todos os continentes, cinco jovens fizeram perguntas a Bento XVI.
O Santo Padre começou seu discurso ressaltando a vivência da fé e convidou os jovens a expressarem o amor de Cristo: “Se permanecerdes no amor de Cristo, radicados na fé, encontrareis, mesmo no meio de contrariedades e sofrimentos, a fonte do júbilo e a alegria. A fé não se opõe aos vossos ideais mais altos; pelo contrário, exalta-os e aperfeiçoa-os. Queridos jovens, não vos conformeis com nada menos do que a Verdade e o Amor, não vos conformeis com nada menos do que Cristo.”
Durante a celebração, uma forte chuva pegou de surpresa a todos, o que não dispersou a multidão, porém fez com que o discurso fosse interrompido por alguns instantes.
Vento forte durante a vigília de oração com Bento XVI
Vento forte durante a vigília de oração com Bento XVI
O Santo Padre aberto a Providência Divina, retomou a Palavra a luz do acontecimento natural, ressaltando que a chuva é sinal de bençãos e que a força dos jovens é maior que a chuva.
Em português, o Papa convidou cada um a “estabelecer um diálogo pessoal com Cristo, expondo-lhe as próprias dúvidas e sobretudo escutando-O”. Seguindo a celebração houve a adoração ao Santíssimo Sacramento, o momento central, mais sublime da vigília.
Ao se retirar do local da celebração o Santo Padre foi interpelado pelos jovens que queriam expressar seu amor e afeto.
O Pontífice encerrou este momento mostrando sua alegria em ver a perseverança dos jovens presentes: Foi maravilhoso o exemplo que vocês deram. Firmes na fé resistimos a chuva, boa noite, descansem bem, obrigado pelo sacrifício que estão fazendo. Espero todos amanhã.”
Na manhã deste domingo, 21, às 9h30 pelo horário de Madri (4h30 pelo horário de Brasília), o Papa celebrará a Missa de encerramento da JMJ 2011, nela ele anunciará a próxima sede da JMJ.

Nenhum comentário:

WMblog.blogspot.com - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: Rodrigo Vidigal