domingo, 29 de abril de 2012

Não duvidar do poder de Deus


padre Moacir
Foto: Andréia Morais/CN
Domingo passado, no Evangelho do 3º Domingo da Páscoa, Jesus apareceu para os discípulos e disse: “Por que estais preocupados, e por que tendes dúvidas no coração?”(Lc 24, 38) Jesus se apresenta ainda dizendo: “Vede minhas mãos e meus pés: sou eu mesmo! Tocai em mim e vede! Um espírito não tem carne, nem ossos, como estais vendo que eu tenho”. Mas a palavra ainda vai dizer: “Mas eles ainda não podiam acreditar” (Lc 24, 41).

Essa passagem do 3º Domingo da Páscoa deve mexer profundamente conosco. E antes de pregar pra vocês, me veio esta Palavra de Jesus: “por que tendes dúvidas no coração?” Quantas pessoas que depois de fazerem os pedidos a Deus logo depois duvidam; e por causa desta duvida as promessas não acontecem.

No Evangelho de são Lucas também encontramos outro exemplo, o de Zacarias que orou a vida inteira com Ana, sua esposa, para ter um filho e Deus ouviu a sua oração, mas na ora que a graça chegou, na hora que Deus abriu o céu para Zacarias, diz a Palavra que ele duvidou. Ele não acreditou que o milagre era possível, e agora que a graça chegou ele disse: “Como posso ter certeza disso? Estou velho e minha esposa já tem uma idade avançada”. Ninguém duvidava que Zacarias era um homem de Deus, inclusive era um sacerdote, um servo de Deus, mas diante da graça ele olha mais para a sua miséria do que para o milagre.

Eu sei que você tem orado, eu sei que você tem clamado o seu milagre para Deus, mas sei também que você tem duvidado. Nós não temos direito de duvidar de Jesus. Nós não estamos bem porque duvidamos do poder de Deus, duvidamos dos dons do Espírito Santo. 

Nós estamos às véspera de Pentecostes, e só não estamos vendo o Brasil ser batizado no Espírito Santo porque temos duvidado deste poder. Você já foi crismado, já foi batizado, então o Espírito de Deus já está em você, mas infelizmente nos enchemos de duvidas e este Espírito que está em nós não é transbordado. 

Padre Moacir prega durante o Encontro de Cura e Libertação
Foto: Andréia Moraes/CN

Fazemos como Zacarias, que conhecia o poder de Deus, estava no templo o tempo todo, servia a Deus dia e noite mas duvidou do poder do altíssimo. Vemos na Palavra que muitas pessoas, que não conheciam o Senhor, não duvidaram da graça. A samaritana nunca tinha visto Jesus, mas quando o Senhor lhe ofereceu a água da vida ela não duvidou, antes disse: “Senhor, dá-me dessa água, para que eu não tenha mais sede” (Jo 4, 15). Bartimeu foi outro que quando se encontrou com Jesus não duvidou do Seu poder e por isso recebeu a cura.

Você é Católico Apostólico Romano, comunga o Corpo e o Sangue do Senhor, o próprio Deus está dentro de você, como então duvidar daquilo que Ele pode fazer na sua vida? Nós estamos negando aquele que está dentro de nós quando duvidamos. 

Nós somos a Igreja nascida de Pentecostes. Essa igreja que você faz parte ela já nasceu no poder, no fogo de Espírito. A força da Igreja não veio do homem, ninguém escreveu a Igreja num papel, como um projeto para dar certo na terra. Ela é promessa de poder de Deus e é por isso que as portas do inferno não prevalecerão contra ela. E por que ainda temos medo? porque temos duvida?

Jesus se levanta no dia de hoje e pergunta: por quê tendes medo? 

Você tem buscado, eu sei. Mas não há outra resposta a não ser a fé em Jesus Cristo. Quanta gente que, na duvida, vai buscar a salvação em outros lugares onde ela não está; mas não adianta, pois a Palavra diz que só em Jesus está a salvação. E a Igreja é a barca da salvação, é nela que você vai encontrar esta salvação. Não saia da Igreja, não saia desta barca, mesmo que ela balance, ela é a Igreja que Cristo edificou.

Transcrição e adaptação: Daniel Machado


--------------------------------------------------------------

Padre Moacir Anastácio 

Fundador da comunidade Renascidos em Pentecostes.

Nenhum comentário:

WMblog.blogspot.com - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: Rodrigo Vidigal