sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Arquidiocese do Rio quer indenização por uso indevido da imagem do Cristo em filme

Em uma cena do filme "2012", do cineasta Roland Emmerich, o Cristo Redentor é destruído por um maremoto, que prenuncia o fim do mundo. Quando ficou sabendo que o maior símbolo religioso do país havia sido levado às telas de cinema e passado por isso, a arquidiocese do Rio de Janeiro resolveu agir e agora quer receber da Columbia Pictures, responsável pela película, uma indenização pelo que considera uso indevido de imagens. Com informações de agência noticiosas.

A arquidiocese notificou o estúdio norte-americano em dezembro do ano passado, um mês depois do lançamento do filme no Brasil, e espera que a Columbia esteja disposta a negociar para que não seja necessário entrar com uma ação judicial exigindo ressarcimento. A arquidiocese está otimista e acredita que até março a situação esteja resolvida. Por enquanto, nenhum valor ainda foi decidido. A indenização, porém, terá que vir acompanhado de uma retratação pública, é o que exige a arquidiocese.

Segundo assessoria de imprensa da instituição, a Igreja é proprietária do Cristo Redentor e por isso pode vetar o uso da imagem do monumento quando achar necessário. Na pré-produção do filme, a Columbia consultou a arquidiocese do Rio de Janeiro sobre a possibilidade de levar a imagem do Cristo Redentor às telas. Quando foi notificada de que o monumento seria destruído, a arquidiocese negou o pedido do estúdio cinematográfico, que mesmo assim optou por fazer uso da imagem.

Santa Sé anuncia fundação para diálogo com quem não crê

O Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, Dom Gianfranco Ravasi, anunciou ontem nas páginas do jornal da Conferência Episcopal Italiana, ''Avvenire'', a criação de uma Fundação para as pessoas que não crêem, mas que se interessam por temas da espiritualidade e pelo diálogo com a Igreja Católica.

Segundo Dom Ravasi, se trata de uma primeira concretização do auspício de Bento XVI por um renovado diálogo com os homens e as mulheres que não crêem, mas que querem se aproximar de Deus: "O Pontifício Conselho está organizando uma Fundação intitulada 'O Pátio dos Gentios', que se inspira no discurso do Papa à Cúria em dezembro".

A primeira finalidade, explica Dom Ravasi, é "criar uma rede de pessoas agnósticas ou atéias que aceitem o diálogo e entrem como membros da Fundação e, por conseguinte, do nosso Pontifício Conselho. Além disso, queremos promover contatos com organizações atéias para iniciar um confronto".

Pretende-se também estudar o espaço da espiritualidade dos que não crêem, no modelo já formulado pelo Cardeal Martini em Milão, e desenvolver os temas da relação entre religião, sociedade, paz e natureza. Com esta iniciativa, prossegue o arcebispo, "queremos ajudar as pessoas a saírem de uma concepção pobre do crer, mostrar que a Teologia tem dignidade científica e estatuto epistemológico".

"A Fundação organizará todos os anos um grande evento para enfrentar um dos temas" – anuncia Dom Ravasi, que acrescenta que o primeiro deles poderá se realizar no segundo semestre de 2010, provavelmente em Paris, "cidade muito viva sobre esses argumentos".

Fonte: CatolicaNet.com

Música do Dia!!! - TESTEMUNHO!!!

Sabe moçada!!!

Queria dar um testemunho!!! Acho que as vezes a gente esquece de louvar!!! E meu amigo Sávio me passou essa música!!! E hoje tinha sido um daqueles dias complicados e intermináveis!!! E o mais engraçado disso tudo é que quando eu cheguei em casa tava passando na canção Nova o programa do Padre Fábio e o engraçado que ele tava justamente dizendo da nossa necessidade de se derramar aos pés de Jesus, falar com palavras de caridade e não de dor!!! Que era necessário passar pela cruz para que possamos agradar nosso coração!!!

Termino a noite com essa canção!!!

Desfrute desse louvor e louve também!!!

Vale a pena!!! Obrigado Padre Fábio e Obrigado Sávio pela canção!!!

Flávio Bueno

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O que é direção espiritual?

Neste vídeo Padre Fábio de Melo responde a uma pessoa que pergunta sobre o que significa ser um diretor espiritual. A direção espiritual consiste em conhecer um pouco da vida daquela pessoa que recebe a direção, visando auxiliar no processo de amadurecimento espiritual, superando os obstáculos no crescimento espiritual. Padre Fábio ressalta que quanto mais próximo se está do seu diretor espiritual, melhor é este processo de crescimento, e dá o exemplo do próprio programa Direção Espiritual, em que ele não tem como ir muito a fundo no problema da pessoa que enviou uma carta, ele busca apenas apontar os melhores caminhos a seguir. O ideal seria que cada pessoa buscasse alguém de sua comunidade, como um padre, ou uma freira, ou até mesmo uma pessoa que é bastante ativa na comunidade, para que fosse o seu diretor espiritual, poder ter um encontro face a face para melhor viver a direção espiritual. Além disso, nosso caminho de crescimento também pode ser auxiliado por livros, meditação do Evangelho do dia, participação nas missas, etc.


Evangelho Quotidiano!!!

Quarta-feira da 1ª semana da Quaresma


Ver comentário em baixo, ou carregando aqui
Santo Ireneu de Lião : O sinal de Jonas

Evangelho segundo S. Lucas 11,29-32.

Como as multidões afluíssem em massa, começou a dizer: «Esta geração é uma geração perversa; pede um sinal, mas não lhe será dado sinal algum, a não ser o de Jonas. Pois, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim o será também o Filho do Homem para esta geração. A rainha do Sul há-de levantar-se, na altura do juízo, contra os homens desta geração e há-de condená-los, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão; ora, aqui está quem é maior do que Salomão! Os ninivitas hão-de levantar-se, na altura do juízo, contra esta geração e hão-de condená-la, porque fizeram penitência ao ouvir a pregação de Jonas; ora, aqui está quem é maior do que Jonas.»

Da Bíblia Sagrada

Comentário ao Evangelho do dia feito por :

Santo Ireneu de Lião (c. 130 - c. 208), bispo, teólogo e mártir
Contra as heresias, III, 20, 1 (a partir da trad. Rousseau, Cerf 1984, p. 370 rev. ; cf SC 34, p. 339)

O sinal de Jonas

Deus deu provas de paciência perante a fraqueza do homem, porque conhecia antecipadamente a vitória que lhe daria pelo Seu Verbo; pois, quando o poder se revelou na fraqueza (2Cor 12, 9), o Verbo deu a conhecer a bondade de Deus e o Seu poder magnífico.

Com efeito, aconteceu ao homem o mesmo que ao profeta Jonas. Deus não permitiu que este fosse engolido por um monstro marinho para que desaparecesse e perecesse por completo, mas para que, depois de ter sido rejeitado pelo monstro, se mostrasse mais submisso a Deus e glorificasse mais Aquele que o tinha salvado de forma inesperada. Foi também para conduzir os niinivitas a um firme arrependimento e à conversão Àquele que os livraria da morte, impressionados que ficaram pelo sinal que se tinha realizado em Jonas. [...] Da mesma maneira, no princípio, Deus não permitiu que o homem fosse engolido pelo grande monstro, autor da desobediência, para que desaparecesse e perecesse por completo, mas porque tinha antecipadamente preparado a salvação realizada pelo Seu Verbo, por meio do «sinal de Jonas». Salvação que foi preparada para aqueles que tiverem por Deus os mesmos sentimentos que Jonas e que como ele Lhe confessarem: «Adoro o Senhor, Deus do céu, que fez os mares e a terra» (Jon 1, 9).

Deus quis que o homem, Dele recebendo inesperadamente a salvação, ressuscite de entre os mortos e glorifique a Deus, dizendo com Jonas: «Na minha aflição invoquei o Senhor e Ele ouviu-me. Clamei a Vós do meio da morada dos mortos e ouvistes a minha voz» (Jon 2, 3). Deus quis que o homem continuasse fielmente a glorificá-Lo e a dar-Lhe graças sem cessar pela salvação que Dele recebeu.

Pensamento do Dia!!!



"As pessoas te pesam?
Não as carregue nos
teus ombros; carregue-ás
no coração.
(Dom Helder Camara)

Campanha Ficha Limpa requer sociedade vigilante!!!

O Arcebispo de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, divulgou ontem uma declaração sobre o Projeto Ficha Limpa.

No comunicado, a Arquidiocese de Belo Horizonte convoca os cristãos para o acompanhamento da tramitação do Projeto Ficha Limpa no Congresso Nacional, subscrevendo a nota conjunta da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE). O Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLP) 518/2009 diz respeito à vida pregressa dos candidatos.

"É de suma importância que a sociedade continue atenta, conferindo o mesmo e intenso apoio que vem dando à Campanha Ficha Limpa – expresso na coleta de mais de 1,5 milhão de assinaturas que viabilizaram a introdução do projeto – para que se acelere a tramitação do Projeto de Lei no Congresso Nacional" – escreve Dom Walmor.

O arcebispo acrescenta que a participação efetiva dos cristãos com ações concretas é decisiva para que não ocorram novos adiamentos na discussão e na aprovação dessa matéria, e deu sugestões para ações concretas: por exemplo, cada cidadão pode procurar o deputado federal ou senador em quem votou e solicitar o apoio do parlamentar ao Projeto de Lei. Da mesma forma, pode enviar aos parlamentares e outras pessoas mensagens eletrônicas, cartas e abaixo-assinados para sublinhar e fortalecer a urgência da aprovação dessa matéria.

Já as comunidades e grupos eclesiais podem organizar eventos para articular a adesão do maior número possível de cristãos empenhados nessa ação de mobilização social e política pela tramitação e aprovação do projeto. Nesse sentido, a Arquidiocese de Belo Horizonte disponibiliza os trabalhos do Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política para eventual assessoria a comunidades.

"Neste momento decisivo para que o Projeto de Lei de Iniciativa Popular 518/2009 seja aprovado e traga mudanças importantes para o cenário eleitoral e político do país, é fundamental que a sociedade civil se empenhe para que o tema não saia da pauta de discussão do Congresso e se converta em legislação o mais rapidamente possível" – conclui o arcebispo de Belo Horizonte.

Diminui o número de cristãos na Terra Santa!!!

Na Terra Santa, isto é em Israel, Palestina e Jordânia, existem hoje somente 374 mil cristãos. É o que revela o Patriarcado Latino de Jerusalém.

Após evidenciar que a margem de erro é de cerca 5% e que nem todas as igrejas fornecem dados precisos, o Patriarcado divulgou que atualmente a população cristã na Jordânia, Palestina e Israel é composta por cerca 374 mil pessoas. Na Jordânia os cristãos são 200 mil, entre os quais 50 mil católicos de rito latino.

O segundo país analisado pela pesquisa é Israel. No estado judeu os cristãos são 120 mil, dos quais 27 mil são católicos de rito latino. Nos territórios palestinos os cristãos são cerca 54 mil, entre os quais 18 mil católicos de rito latino.

No total, na Jordânia, Israel e Palestina vivem mais de 16 milhões de pessoas. Os muçulmanos são mais de 10 milhões e os judeus 5 milhões e meio. Na Terra Santa os cristãos são, portanto, cerca 2% da população.

Os dados sobre a presença cristã dizem respeito também a Chipre. Neste país a maior parte dos cristãos é ortodoxa, cerca 770 mil. Os muçulmanos são pelo menos 200 mil. Os restantes 60 mil são maronitas, armênios, judeus ou ateus. Os católicos de rito latino em Chipre são cerca 6 mil. Destaca-se ainda que no Patriarcado Latino os sacerdotes diocesanos são 85. São auxiliados por cerca 30 religiosos, entre os quais franciscanos e carmelitas. A idade média é entre 55 e 60 anos. Atualmente os diáconos quatro e os seminaristas 82. Em médio a cada ano são realizadas duas novas ordenações.

No ar, blog da CNBB!!!

Entra no ar, a partir desta terça-feira, 23, o blog da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Atendendo ao pedido do papa Bento XVI, que na sua mensagem para o 44º Dia Mundial das Comunicações Sociais escreveu que a Igreja deve usar dos “novos meios de comunicação a serviço da Palavra”, a página tem por objetivo complementar o site da Conferência, por meio de notícias, vídeos, áudios, fotos e pequenos posts (comentários). Assim como as outras mídias sociais já existentes: Twitter, youtube, Flickr e Facebook, queremos, por meio dessa nova presença da CNBB na internet, dar mais dinamicidade e agilidade à nossa comunicação.

Um dos diferenciais do blog é a publicação de notícias mais objetivas destacando os últimos vídeos e áudios produzidos pela assessoria de imprensa, como também imagens de eventos além de possibilitar aos internautas comentarem os posts, com moderação do administrador. Outra novidade é que os leitores poderão também seguir o blog da CNBB, assim como seguem a página no twitter através de login e e-mail.

Seja bem-vindo a esta página e interaja conosco.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Pra não perder o costume mais uma tosqueira pra galera!!!

NOVO CLIPE DO PARANGOLÉ - ROUBOLATION - NOVA SENSAÇÂO DE BRASÍLIA - ARRUDA DEM

Economia solidária e desafio cristão

Aliando economia e fraternidade, a Campanha deste ano é ecumênica

A cada ano, a fraternidade vem acompanhada de um desafio para a campanha. Um desafio que intriga a realidade concreta dos homens, esclareceu o arcebispo. Desta vez, a fraternidade veio acompanhada da economia e o tema se expande e não se torna assunto apenas da Igreja Católica. A Campanha da Fraternidade deste ano, assim como em outros dois anteriores, é ecumênica.

Com o tema ``Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro``, a Campanha foi lançada na tarde de ontem no Centro de Pastoral Mãe da Igreja, no Centro de Fortaleza. O arcebispo da Capital, dom José Antônio Aparecido Tosi, lembrou que a escolha de abarcar a todas as religiões cristãs foi decidida pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic): ``Os próprios discípulos de Deus não podem estar divididos``.

Dom José reforçou que o momento da Quaresma é de conversão, de reconciliação, de mudança. E chamou a sociedade ao engajamento na campanha, que traz como foco a economia solidária e a luta contra o consumo desenfreado.

Membro do Centro de Estudos Bíblicos, padre Luís Sartorel atentou para a ortografia das palavras Deus e dinheiro no cartaz que anuncia a campanha. Ambas estão com a inicial maiúscula. ``Porque o dinheiro também pode se tornar um deus, um ídolo para muitos``, justificou.

O coordenador do movimento Focolares masculino, Antônio Mendonça Júnior, lembrou que lidar com o dinheiro é uma necessidade do ser humano, mas o que merece reflexão é a busca dos cristãos pela comunhão a partir da economia.

Os exemplos bem-sucedidos da economia solidária e do microcrédito foram destacados pela coordenadora da Cáritas Diocesana, Ana Maria Freitas. Ela citou um provérbio africano para ilustrar o trabalho das entidades: ``Gente simples em lugares pouco importantes realizando coisas extraordinárias``.

Segundo ela, a prática do que prega a Campanha pode começar em nossas casas, em gestos simples, como separar o lixo para facilitar a coleta dos resíduos e encaminhá-lo a um catador.

E-MAIS

> A Campanha da Fraternidade de 2010 é ecumênica assim como foi a 2000 e a de 2005. Ou seja, é promovida pelas igrejas que fazem parte do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic).

Nem só de carne é feito o jejum

Jejum, orações e reflexão. Essa é a rotina de muitos cristãos que deram início à Quaresma. Os fiéis da Igreja Católica vão passar por um período de privações durante os 40 dias que antecedem a Páscoa, e o sacrifício não se restringe mais somente à abstinência de carne vermelha.

Vale tudo para se purificar dos pecados: cortar um doce, deixar a cerveja, cortar a TV ou mesmo deixar de ouvir música. No jejum dos tempos modernos, líderes da Igreja Anglicana estão, inclusive, incentivando os fiéis a abrirem mão de seus iPods durante esse tempo. Bispos de Londres também estão pedindo um jejum de emissões de carbono para ajudar a salvar o planeta.

E você? Faz jejum na Quaresma?

A Quaresma vai da Quarta-feira de Cinzas até a Páscoa - maior celebração religiosa da Igreja Católica, em que é relembrada a ressurreição de Jesus Cristo e a vitória sobre a morte. As penitências podem ser escolhidas livremente: um jovem pode deixar de mascar chicletes por um mês, e o valor que gastaria nos doces pode ser usado para o bem de alguém necessitado, por exemplo.

Renúncia
O padre Roberto Camillato, reitor da Basílica de Santo Antônio, na Capital, diz que o fiel faz a escolha conforme sua criatividade, mas ressalta que a penitência deve ir além de somente deixar de fazer algo.

"O jejum não se faz por fazer, mas por uma causa. Tudo é válido, mas deve levar a algo maior. A penitência querida por Deus é aquela em que a pessoa renuncia radicalmente o que tem para que o ato seja coerente", explica o padre.

Com a intenção de fortalecer o espírito e vencer as fraquezas, muitos cristãos não consomem carne vermelha ou optam por fazer refeições mais leves diariamente. Se o sacrifício não é feito durante os 40 dias, ao menos na Sexta-feira Santa a maioria dos católicos não ingere carne.

Fiéis com consciência eucarística, destaca Arcebispo de Brasília!!!

O Arcebispo de Brasília, Dom João Braz de Aviz

Com grande consciência eucarística. É assim que o Arcebispo de Brasília, Dom João Braz de Aviz, avalia a aproximação dos fiéis da arquidiocese do Sacramento que é "dom por excelência", como disse João Paulo II na Carta Encíclica Ecclesia de Eucharistia.

A menos de três meses do início do XVI Congresso Eucarístico Nacional (CEN), Dom João ressalta os motivos e os frutos dessa consciência, que permaneceu mesmo quando inúmeras dioceses Brasil afora enfrentaram sérias dificuldades, que surgiram de uma "linha bastante ideológica da pastoral".

"Isso se deve, em especial, devido a um cuidado bastante próximo dos bispos, o cuidado com uma catequese eucarísitica e a prática dos sacramentos. Há uma sensibilidade muito grande e existe uma sede também pela Adoração ao Santíssimo Sacramento", explica o arcebispo.

.: Ouça a entrevista com Dom João Braz de Aviz

O Ano da Eucaristia, vivenciado pela Igreja de todo o mundo entre os meses de outubro de 2004 e 2005, trouxe vários frutos para a Arquidiocese.


O modo como os fiéis tratam e frequentam o Sacramento também é ressaltado pelo arcebispo. "É uma frequência muito assídua, também pelo fato de que a Confissão Sacramental ficou bastante preservada em Brasília. Isso conservou esse grande patrimônio que, com o Congresso Eucarístico, é super valorizado e se torna momento de grande graça pra nós", finaliza.

Sobre o Congresso

O Congresso acontecerá de 13 a 16 de maio de 2010, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. A capital brasileira sediará o Congresso Eucarístico pela segunda vez - a primeira foi durante os 10 anos da fundação da cidade.

Nos mesmos dias do Congresso, acontece um Simpósio Teológico. Representantes delegados das dioceses refletirão sobre o tema e lema do evento.

A inscrição para o Congresso pode ser feita até o dia 26 de fevereiro. Para acessar a ficha de inscrição e obter melhores informações, clique aqui.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Paróquia Santíssima Trindade promove coleta para Missão Roraima

A Paróquia Santíssima Trindade do Setor Norte do Gama-DF promove neste domingo (21), na Missa das 19h30, coleta para a Missão Igreja de Roraima.

Estes missionários com entusiasmo proclamam: “conhecer Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria”

Um dos enviados para essa missão foi o Pe. Carlos Henrique Silva Oliveira que, juntamente com a comunidade da paróquia, partilhou um pouco da realidade presente na missão, que é mantida pela Arquidiocese de Brasília.

A Missão Igreja de Roraima encontra-se sediada em Caracaraí, cidade pertencente à diocese de Boa Vista, localizada ao sul do Estado e a cerca de 200 km da capital. Possui aproximadamente uma população de 18.000 habitantes distribuídos numa região de cerca de 62.000 km2.

Em seu trabalho, a equipe missionária se reveza na assistência das aldeias, tribos e vilas, compostas por 18 comunidades sendo 3 em Caracaraí, sendo que a mais distante fica a cerca de 300 km. O acesso a essas comunidades é feito por via terrestre e, principalmente, por via fluvial, o rio Branco. Nas visitas mensais que são realizadas, os fiéis aguardam ansiosamente para a celebração da Eucaristia, Batismo, casamentos e demais sacramentos.

Segundo padre Carlos, muitos nordestinos residem nessas áreas, que lá foram “ganhar a vida” e lá perderam muito na prática da fé. São religiosos e possuem seus santos de devoção, mas não tem mais o hábito de ir à missa. Entre os desafios presentes, constata-se a falta de catequistas, uma ausência da conscientização da devolução do dizimo, entre outros.

Os recursos arrecadados entre coletas e dízimo gira em torno de R$ 5 mil por mês. Ainda segundo o Pe. Carlos, “as despesas são muitas, os riscos de doenças como malária e dengue são grandes, mas o amor pela obra faz com que as barreiras sejam transpassadas e assim aos poucos entram na rotina da comunidade”.

Ajude essa missão!!
Doações poderão ser feitas por meio de depósito:
Banco do Brasil, Conta 16100-4, Agência 3592-0

Beatrix inicia pré-produção de novo CD

A galera do Beatrix está trabalhando duro na pré-produção do novo álbum da banda. Aura Lyris, Bruno Espíndola, Thiaguinho, Vinícius Souza e Lize Borba estão empenhados no processo de composição do novo repertório.

“Estamos ensaiando bastante e juntando as idéias. Um traz determinada referência, outro mostra algo interessante e assim a gente vai compondo aos poucos a concepção do novo trabalho”, explica Thiaguinho, baterista do grupo.

Em dezembro, a banda lançou um vídeo com as novidades para 2010. Em pouco mais de 5 minutos, os integrantes do grupo falam sobre os arranjos do novo disco e sobre a nova página da banda no Myspace, lançada recentemente. Com textos e músicas em Inglês, o site é voltado especialmente para os fãs estrangeiros do Beatrix.

Pensamento do dia!!!

“Deixe suas esperanças e não seus sofrimentos moldarem seu futuro”

(Robert Schuller)

EVANGELHO QUOTIDIANO!!!

Cádeira de São Pedro, apóstolo, festa.

Cadeira de S. Pedro (ofício próprio)
Hoje a Igreja celebra : Cadeira de São Pedro, Beato Diogo Carvalho, presbítero, mártir, +1624

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui
Santo Agostinho : «Chamar-te-ás Pedro» (Jo 1, 42)

Evangelho segundo S. Mateus 16,13-19.

Ao chegar à região de Cesareia de Filipe, Jesus fez a seguinte pergunta aos seus discípulos: «Quem dizem os homens que é o Filho do Homem?» Eles responderam: «Uns dizem que é João Baptista; outros, que é Elias; e outros, que é Jeremias ou algum dos profetas.» Perguntou-lhes de novo: «E vós, quem dizeis que Eu sou?» Tomando a palavra, Simão Pedro respondeu: «Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo.» Jesus disse-lhe em resposta: «És feliz, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que to revelou, mas o meu Pai que está no Céu. Também Eu te digo: Tu és Pedro, e sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do Abismo nada poderão contra ela. Dar-te ei as chaves do Reino do Céu; tudo o que ligares na terra ficará ligado no Céu e tudo o que desligares na terra será desligado no Céu.»

Da Bíblia Sagrada

Comentário ao Evangelho do dia feito por :

Santo Agostinho (354-430), Bispo de Hipona (África do Norte) e Doutor da Igreja
Sermão atribuído (a partir da trad. Bouchet, Lectionnaire, p. 399)

«Chamar-te-ás Pedro» (Jo 1, 42)

«Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a Minha Igreja.» Este nome, Pedro, foi-lhe dado porque ele foi o primeiro a criar, entre as nações, os fundamentos da fé, e porque ele é a rocha indestrutível sobre a qual assentam os pilares e o conjunto do edifício de Jesus Cristo. Foi pela sua fidelidade que lhe chamaram pedra, enquanto o Senhor recebe este mesmo nome pelo Seu poder, segundo a palavra de São Paulo: «Eles bebiam a água da pedra espiritual que os seguia, e esta Pedra é Jesus Cristo» (1Cor 10, 4). Sim, ele merecia partilhar o nome com Jesus Cristo, pois foi o apóstolo escolhido para ser o colaborador da Sua obra. Em conjunto, construiram o mesmo edifício. É Pedro quem planta, é o Senhor que dá o crescimento, é o Senhor que envia aqueles que deverão regar (cf 1Cor 3, 6ss.).

Vós sabeis, irmãos muito amados, que foi a partir das suas próprias faltas, no momento em que o seu Salvador sofria, que o bem-aventurado Pedro foi educado. Foi depois de ter negado o Senhor que ele se tornou o primeiro perante Ele. Ao tornar-se mais fiel por chorar sobre a fé que tinha traído, recebeu uma graça ainda maior do que aquela que tinha perdido. Cristo confiou-lhe o Seu rebanho para que o conduzisse como o bom pastor e, ele que tinha sido tão fraco, tornou-se então o apoio de todos. Ele que, interrogado na sua fé, tinha sucumbido, precisava de confirmar os outros no fundamento inabalável da fé. E por isso que é chamado a pedra fundamental da piedade das Igrejas.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Polêmica do crucifixo

Itália recorre contra proibição nas escolas européias

A Itália recorreu da sentença da Corte Européia de Direitos Humanos de Estrasburgo, segundo a qual a presença de crucifixos nas salas de aula constitui uma “violação da liberdade dos pais de educar seus filhos segundo suas convicções”, e uma “violação da liberdade religiosa dos alunos”, alegando que “o crucifixo é um dos símbolos de nossa história e de nossa identidade”.

Com o recurso, o governo italiano questiona a competência da Corte para legislar sobre a questão, alegando ainda a inexistência de um consenso sobre o conceito do principio da laicidade do Estado.

O crucifixo, para o Estado italiano, não é considerado um símbolo confessional, mas uma símbolo da história e da cultura do país. Assim, a presença de crucifixos nas escolas italianas é disciplinada por dois decretos, de 1924 e 1928, cuja validade recebeu confirmação em manifestação do Conselho de Estado, de fevereiro de 2006.

A decisão foi considerada contrastante com a jurisprudência da mesma Corte em matéria (decisão do caso Leyla Sahin contra a Turquia, de 10 de novembro de 2005).

O governo italiano considerou que a tese aceita pela Corte – de que a exposição ao crucifixo durante as aulas poderia ser "inquietante" para alguns alunos que professassem outras religiões, ou que não professassem nenhuma – envolve o reconhecimento de um direito à proteção da sensibilidade subjetiva, o que cria “grave incerteza jurídica”.

De acordo com o documento, publicado na página do governo italiano na internet, “a exposição ao crucifixo em sala de aula não deve ser vista tanto por sua conotação religiosa, mas como uma referência à história e tradição da Itália. A presença do crucifixo nas escolas expressa uma mensagem moral que transcende os valores laicos, e que não restringe a liberdade de alguém de aderir ou não a qualquer religião”.

O recurso será apreciado pela chamada Grande Câmara da Corte, composta atualmente de dezessete juízes.

Fonte: Sacramusic.com

sábado, 20 de fevereiro de 2010

O cristianismo é um processo

Neste vídeo Padre Fábio de Melo fala à partir da música Viver pra mim é Cristo, dizendo que assim como um diamante precisa ser lapidado, também a nossa vivência como cristão precisa ser trabalhada para nos aperfeiçoarmos. Na filosofia há uma forma de pensar que diz que, em uma criança, o professor traz para fora o conhecimento que já está lá, que precisa apenas ser despertado. Nossa relação com Deus também é desta forma, Deus habita em nós, e é através de nossas ações que será possível fazê-lo aparecer.


Parte - 1


Parte - 2

Vaticano apura alta no número de católicos no mundo

CIDADE DO VATICANO - O número de católicos aumentou de 17,33% para 17,40% da população mundial de 2007 para 2008, diz o Anuário Pontifício, apresentado neste sábado ao Papa Bento XVI. Segundo o documento, também cresceu a quantidade de bispos e padres, mas o número de freiras caiu 7,8% em 2008 ante 2000.

O número de freiras aumentou significativamente na Ásia e na África no decorrer desses oito anos, mas não o bastante para fazer frente às quedas registradas na Europa e nas Américas, segundo o Anuário.

Cristãos celebram primeiro Domingo da Quaresma

O mundo cristão celebra no dia 21 de Fevereiro, o primeiro domingo da Quaresma, período de quarenta dias que antecede a maior festa do cristianismo: a ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no Domingo de Páscoa.

A Quaresma teve o seu início na Quarta-feira de Cinzas e termina na Quinta-feira Santa, na celebração da última ceia de Jesus Cristo com os doze apóstolos.

Conscientes da importância que a Páscoa tinha para a sua vida, os cristãos desde os tempos apostólicos começaram a reservar um tempo de preparação para a celebração do mistério pascal. Este período de preparação, através de sucessivas ampliações acabou por se fixar no século IV, em quarenta dias.

Segundo o missal romano, neste os adultos, que iniciavam o processo de ingresso na igreja, de três a quatro anos, erminavam o seu catecumenato. Amparados por toda a comunidade cristã, no início da Quaresma começavam a sua prova e empreendiam uma preparação mais intensa em ordem a sua incorporação na igreja, pelo baptismo recebido.

A Quaresma é o tempo litúrgico de conversão, que a Igreja marca para preparar os fiéis para a festa da Páscoa. Durante este período, os fiéis são convidados a um período de penitência e meditação, por meio da prática do jejum, da esmola e da oração.

Ao longo deste período, os fiéis fazem um esforço para recuperar o ritmo e estilo de verdadeiros cristãos que pretendem viver como filhos de Deus.

A Igreja propõe três grandes linhas de acção: a oração, a penitência e a caridade.

Estas acções não aplicadas apenas durante a Quaresma, mas em todos os dias de sua vida, o cristão é chamado a buscar o Reino de Deus, ou seja, lutar para que exista justiça, paz e amor em toda a humanidade.

Neste tempo, os cristãos são convidados a recolher-se para a reflexão, com vista a se aproximarem mais de Deus. Esta busca inclui a oração, a penitência e a caridade.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Bento XVI visita templo luterano evangélico de Roma

No próximo dia 14 de Março, Bento XVI participará numa celebração na Christuskirche, o templo da Igreja Evangélica Luterana de Roma.

A visita foi confirmada à agência Zenit pelo Conselho Pontifício para a unidade dos cristãos e pelo porta-voz do Vaticano, Pe. Federico Lombardi.

A comunidade luterana de Roma tinha convidado o Papa, em 2008, por ocasião dos 25 anos da visita de João Paulo II (11 de Dezembro de 1983).

Na celebração do próximo dia 14 de Março participará também o Cardeal Walter Kasper, presidente do Conselho Pontifício para a unidade dos cristãos.

Está previsto que o Papa pronuncie uma homilia sobre a passagem bíblica “Se o grão de trigo que cai na terra não morrer, permanecerá só; mas se morrer, produzirá muito fruto” (Jo 12, 20-26).

Por sua parte, o pastor Jens-Martin Kruse analisará o primeiro capítulo da II Carta de São Paulo aos Coríntios.

Redacção/Zenit

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2010

SPOT TV



HINO DA CAMPANHA

O que é Quaresma

“Senhor, como queres que preparemos a Páscoa?” (Cf. Mt 26, 17)

Ao iniciarmos a Quaresma de 2010, repetimos esta mesma pergunta que os discípulos dirigiram a Jesus. A pergunta é justamente sobre a forma de “preparar” a Páscoa.

Pois bem, para qualquer festa importante, a gente costuma se preparar. E quanto mais importante a festa, mais tempo leva a preparação. Na própria preparação já se começa a viver a festa .

1. O que é a Quaresma
Nós cristãos celebramos todo ano a festa da Páscoa: a morte e a ressurreição de Jesus e tamém a nossa. É a maior de todas as festas. A mais importante... Grande demais para ser preparada em apenas três dias ou uma semana. Por isso, estendemos a sua preparação para quarenta dias. Daí Quaresma, período de quarenta dias, que vai da quarta-feira de cinzas até a quinta-feira santa pela manhã.

Os textos litúrgicos que rezamos durante o tempo da Quaresma são belíssimos e nos conduzem ao verdadeiro espírito deste “tempo favorável”. Poderia citar muitos mas o espaço do artigo não me permite. Cito portanto apenas o Prefácio da Quaresma V (Missal Romano, pág. 418) como síntese de toda esta riqueza:

“Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação louvar-vos, Pai santo, rico em misericórdia, e bendizer vosso nome, enquanto caminhamos para a Páscoa, seguindo as pegadas de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, mestre e modelo da humanidade, reconciliada e pacificada no amor.

Vós reabris para a Igreja, durante a Quaresma, a estrada do Êxodo, para que ela, aos pés da montanha sagrada, humildemente toma consciência de sua vocação de povo da aliança. E, celebrando vossos louvores, escute vossa Palavra e experimente os vossos prodígios.

Por isso, olhando com alegria esses sinais de salvação, unidos aos anjos e aos santos, entoamos o vosso louvor, cantando a uma só voz:”

Podemos encontrar neste Prefácio todos os elementos que caracterizam não só a liturgia deste Tempo, mas especialmente a sua teologia, a sua espiritualidade e a sua pastoral. Voltamo-nos para Deus, “Pai Santo, rico em misericórdia”; relembramos a grande experiência do Êxodo, da Aliança, da libertação e da nova terra; assumimos nossa atitude de povo peregrino, ouvintes da Palavra, povo amado e escolhido por Deus; nosso modelo é Cristo, cuja morte e ressurreição celebramos de forma mais intensa neste tempo. Enfim, a Quaresma é um “sinal de salvação” ou, numa expressão usada num artigo de Dom Manoel João Francisco, “sacramento anual de reconciliação”.

É indispensável que recuperamos também a Quaresma como o tempo ideal de fazer a preparação final dos catecúmenos que serão batizados, confirmados e receberão a Eucaristia na Vigília Pascal. O Ritual da Iniciação Cristã dos Adultos (RICA) lembra que “o tempo da purificação e iluminação dos catecúmenos é normalmente a Quaresma. De fato, na liturgia e na catequese, pela comemoração ou preparação do Batismo e pela penitência, a Quaresma renova a comunidade dos fiéis juntamente com os catecúmenos e os dispõe para a celebração do mistério pascal, ao qual os sacramentos de iniciação associam cada um” (Introdução do RICA, n. 21).

2. Simbolos, ritos, gestos quaresmais
São vários os símbolos, as atitudes e iniciativas humanas e religiosas que acompanham e enriquecem o tempo da Quaresma, no qual, como em toda preparação, já saboreamos de certa maneira a festa da Páscoa que virá. Por exemplo:

A cor roxa, as cinzas e a cruz lembram o caráter de penitência e conversão próprio deste tempo. Isto se manifesta também no visual do espaço celebrativo, sóbrio, despojado.
O jejum nos orienta a dar mais atenção à Palavra de Deus. A fome que sentimos (quando fazemos jejum) pode simbolizar e evocar a fome que temos da Palavra de Deus. É tempo forte, portanto, de escuta da Palavra, pois através dela vamos conhecer os desejos de Deus e praticar a sua vontade.
Ajudados pela Campanha da Fraternidade, intensificamos a prática da caridade, procurando corrigir e aperfeiçoar, à luz da Palavra de Deus, nosso jeito como tratamos as pessoas e com elas nos relacionamos, sobretudo os mais pobres e sofredores, e como procuramos ajudá-los a viver com dignidade. Nesta ano de 2010, temos uma motivação ainda maior por ser uma Campanha da Fraternidade Ecumênica.
Nesse tempo forte da vida da Igreja intensificamos nossa vida de oração, na forma de súplicas, pedidos de perdão, intercessão, agradecimento, compromissos de fé, melhor participação na comunidade etc. É um tempo próprio para, nas comunidades, a gente participar de alguma celebração penitencial (individual ou comunitária). Sobre estas três atitudes – jejum, esmola e oração – os Santos Padres fazem muitas referências. Recordemos algumas: “O que a oração pede, o jejum alcança e a misericórdia recebe. Oração, misericórdia, jejum: três coisas que são uma só e se vivificam reciprocamente” (São Pedro Crisólogo). “Não tem mérito nenhum negar alimento ao corpo se no coração não se renuncia à injustiça e se a língua não se abstém da calúnia” (São Leão Magno). “A esmola só será autêntica se à ajuda material estiver unido o perdão das ofensas” (Santo Agostinho).
Podemos expressar nossa vontade de participar da caminhada sofrida de Jesus (vítima da violência, de ontem e de hoje), participando de procissões (de ramos, do encontro, do Senhor morto etc.), Via-Sacras, círculos bíblicos etc.
Expressamos o “clima” próprio deste tempo forte da vida da Igreja também através da música e do canto. Há uma música própria e cantos que caracterizam este tempo, além do hino da CF . O Hinário 2 da CNBB apresenta também um bom repertório de músicas litúrgicas quaresmais. Na introdução do Hinário 2 lemos: “Cantar a Quaresma é, antes de tudo, cantar a dor que se sente pelo pecado do mundo, que, em todos os tempos e de tantas maneiras, crucifica os filhos de Deus e prolonga, assim, a Paixão de Cristo. O canto da quaresma nos inspira e anima a assumir, com mais garra do que nunca, a Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo. (...) Pela participação em seus sofrimentos, isto é, ‘obedientes ao Pai e comprometidos com os irmãos até o fim’ (cf. Jo 13,1), ‘cheguemos à glória da sua ressurreição’ (cf. Fl 3, 10-11)”. Para ajudar nesta vivência, é aconselhável também que se evite na Quaresma o toque de instrumentos musicais. Também não cantamos o “glória” e o “aleluia”.
3. Lembretes práticos para as equipes de liturgia e de celebração
O espaço litúrgico, despojado, sóbrio e “vazio” nos ajuda a esvaziar o coração para preenchê-lo com a Palavra, que é luz para nossos passos e que nos converte.
Momentos de silêncio, principalmente entre as leituras e após a homilia, são importantes.
Um sinal permanente no espaço litúrgico, como um tecido roxo em forma de faixa na mesa da Palavra ou como detalhe na mesa eucarística (sem “tampar” ou esconder o altar), ajudará na experiência quaresmal. Não colocar o cartaz da CF em frente ao altar ou ambão, mas num outro local, de preferência na entrada da igreja, bem visível para a comunidade.
A cruz, pela qual fomos marcados no Batismo, deve ser destacada. Ela lembra que somos discípulos e discípulas de Jesus, que superou o fracasso humano da cruz com um amor que vence a morte.
A comunidade pode fazer maior experiência da misericórdia de Deus através do sacramento da Reconciliação, de celebrações penitenciais e também de retiros.
4. Semana Santa e Tríduo Pascal: a conclusão da quaresma
Existe um jeito, um lugar, um momento muito especial no qual aprenderemos a “viver a semana santa”. É o que nos aponta o saudoso Papa Paulo VI: “Se há uma liturgia que deveria encontrar-nos todos juntos, atentos, solícitos e unidos para uma participação plena, digna, piedosa e amorosa, esta é a liturgia da grande semana. Por um motivo claro e profundo: o Mistério Pascal, que encontra na Semana Santa a sua mais alta e comovida celebração, não é simplesmente um momento do Ano Litúrgico: ele é a fonte de todas as outras celebrações do próprio Ano Litúrgico, porque todas se referem ao mistério da nossa redenção, isto é, ao Mistério Pascal”.

“Viver a semana santa” significa fazermos memória destas ações maravilhosas de Deus. Mais, saber que estamos “re-vivendo” todos estes fatos. “De geração em geração, cada um de nós é obrigado a ver-se a si próprio, com os olhos penetrantes da fé, como tendo ele mesmo estado lá no Calvário, na primeira sexta-feira santa, e diante do sepulcro vazio, na manhã da ressurreição. Hoje, todos nós, aqui reunidos para celebrar a eucaristia, estávamos lá, prontos a morrer na morte de Cristo e a ressuscitar em sua ressurreição. Será exatamente nossa comunhão com o corpo sacramental do verdadeiro Cordeiro que nos tornará realmente presentes àquele eterno presente.”

Pe. Carlos Gustavo Haas

Campanha da Fraternidade Ecumência 2010

Aconteceu, na última quarta-feira (17/02), o Lançamento da Campanha da Fraternidade Ecumência 2010, na sede da CNBB em Brasília. Com o tema “Economia e Vida” e tendo por lema: “Vocês não podem servir à Deus e ao dinheiro”, os integrantes de diversas representações cristãs, falaram sobre o objetivo da Campanha.

O representante da CNBB no ato, o Arcebispo de Montes Claros (MG), Dom José Alberto Moura fala sobre a temática da CFE de 2010.

Dom José Alberto Moura, também leu durante a Cerimônia de Lançamento da CF 2010, a mensagem do sumo pontífice, o papa Bento XVI, para a CFE 2010, na qual ele destaca a temática da campanha para a libertação das pessoas da escravidão do dinheiro.



Missa

Acampamento de Semana Santa

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Jesus Cristo é 'imperador' do Carnaval de Dourados

Corpos desnudos, confete, serpentina, beijo na boca, suor e cerveja. Ingredientes comuns no carnaval passam longe do Carnaval com Cristo que é realizado há 21 anos pela Renovação Carismática Católica de Dourados.

O carnaval da juventude católica tem como tema um trecho do livro dos Salmos que diz “Tua Palavra, luz para o meu caminho”.

Como o Carnaval popular que era realizado há quase duas décadas pela Rádio Grande FM perdeu o apoio financeiro da FUNCED (Fundação Cultural e de Esportes de Dourados), há dois anos que “Jesus Cristos é o imperador da folia” em Dourados.

Milhares de jovens vindos de diversas paróquias da Diocese de Dourados estão participando do Carnaval com Cristo que começou na noite deste sábado e prossegue até terça-feira no Ginásio Municipal de Esportes Ulysses Guimarães.

Longe de bebidas alcoólicas, de músicas com letras fesceninas e de roupas escandalosos, os jovens católicos dançam, pulam e se divertem ao som de músicas gospel.

Para abrir as noites de folia cristã é celebrada uma missa. O carnaval católico começa sempre às 18h e termina antes das 23h quando os jovens retornaram para as suas casas.

As bandas Anjos de Louvor, Agnus Dei, Atus, Psalmus e Fonte de Luz animal o carnaval que conta ainda com a participação dos Missionários da Canção Nova.

Na manhã de sábado um grupo de jovens católicos sob a coordenação do comerciante Mauro Cruz estavam no centro da cidade divulgando e convidando as pessoas a participarem do evento. Cruz disse que o Carnaval da Renovação Carismática já se tornou uma tradição e é uma alternativa para quem não gosta de confusão.

O Carnagrande que aconteceria na Praça Antonio João deixou de ser realizado há dois anos e a alternativa dos foliões douradenses é o FatimaFolia que acontece na cidade de Fátima do Sul, que fica a 40 quilômetros de Dourados.

Além disso, o SESC (Serviço Social do Comércio) realiza neste domingo e terça-feira a partir das 14h com matine infantil, oficina de mascaras.

Já o Clube Indaiá, o mais tradicional da cidade depois de anunciar que não realizaria bailes de Carnaval voltou atrás. O baile aconteceu na noite de sábado e se repetirá nesta segunda-feira. As matinês não foram liberadas pelo juiz da Infância e Adolescência.

Encontro católico reúne 6 mil fiéis neste domingo no Nilson Nelson!!!

Cerca de 6 mil fiéis aproveitaram o domingo de Carnaval para renovar a alma longe da folia e se preparar para o período de quaresma na 24ª edição do Rebanhão, encontro realizado no Ginásio Nilson Nelson pela Renovação Carismática Católica (RCC). Shows de música gospel, palestras, momentos de louvor, missas e confissões compõem a programação, que vai até terça-feira, com atividades das 7h30 às 18h. A expectativa é de que 10 mil pessoas passem pelo evento nos três dias.

Sob o tema Fica conosco, senhor e o lema Tua palavra:luz par ao meu caminho, o evento servirá para reflexão de crianças, jovens, adultos e idosos, segundo o coordenador da RCC, Herculano Marinho. Uma área foi especialmente reservada para o público infantil. É o Rebainho, promovido há cinco anos para evangelizar a criançada com jogos, dança e música católicos. Nos intervalos das atividades, os participantes do Rebanhão e Rebainho podem aproveitar para adquirir artigos religiosos numa pequena feira montada na área externa do ginásio. Camisetas, bíblias, CDs, DVDs, terços, escapulários, bolsas, imagens e altares chamaram a atenção do público neste domingo.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

VENDA!!!

Igreja não pode ser democrática, diz secretário do Vaticano!!!

Para o cardeal Tarcisio Bertone, o poder dentro da Igreja e não pode nunca ser dividido ou partilhado

O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, afirmou que, na estrutura da Igreja Católica, o poder é "indivisível", motivo pelo qual as decisões não podem ser tomadas pela regra da maioria.

Vaticano interfere em escândalo na mídia italiana

Bertone foi acusado nos últimos dias de ser o responsável, junto com o diretor do jornal católico L'Osservatore Romano, Giovanni Maria Vian, pelo vazamento de documentos que levou à renúncia, no ano passado, do então diretor do periódico Avvenire, Dino Boffo.

Há a suspeita de que o caso teve origem em uma disputa interna na Igreja Católica, protagonizada pela Secretaria de Estado do Vaticano e pela antiga presidência da Conferência Episcopal Italiana (CEI), à qual pertence o Avvenire.

Durante um discurso pronunciado hoje em uma universidade na Polônia, onde recebeu o título de Doutor Honoris Causa, Bertone lembrou que "a democracia, como qualquer sistema constitucional, é uma estrutura de poder".

O cardeal advertiu, porém, que esta "dinâmica de poder", transferida ao "âmbito eclesiástico", torna-se "radicalmente equivocada". Segundo ele, isto ocorre porque, na Igreja, a "relação estrutural" entre a hierarquia e o "povo de Deus" não pode ser estabelecida "em termos de divisão de poder".

"No interior da Igreja, o problema de uma necessária e ordenada divisão de competências nunca pode coincidir, como ocorre no âmbito estatal, com o problema da posse de uma porção maior ou menor de poder, porque o poder não é divisível", ressaltou o secretário de Estado.

Para ele, uma Igreja que baseie "suas decisões somente em uma maioria se torna uma Igreja puramente humana, onde a opinião substitui a fé"

Fonte: Estadão.com.br

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Ainda dizem que Arruda da sorte

Por que Jesus lavou os pés dos apóstolos?

Poucas horas antes de sua morte, Jesus se reuniu com os apóstolos para participar da Páscoa. Ele sabia que estaria deixando estes companheiros para cumprir a sua missão na cruz e, logo depois, voltar ao Pai. Com certeza, ele queria aproveitar ao máximo estas últimas horas. Depois de três anos de trabalho com estes homens, que tipo de mensagem ele destacaria? Poderíamos imaginar estudos intensivos sobre doutrinas principais, ou eloqüentes discursos sobre a natureza e o caráter de Deus. Tais assuntos são importantes, e parecem tópicos dignos das últimas horas do Mestre.

Os apóstolos se reclinaram à mesa para participar da ceia quando Jesus se levantou, pegou água e uma toalha, e começou a lavar os pés deles (leia o relato em João 13). Com tantas coisas importantes que poderia falar, Jesus tomou tempo para lavar os pés dos discípulos? Por quê?

Algumas pessoas têm usado este trecho para incluir uma cerimônia de lavagem de pés no culto da igreja. Além do fato que jamais encontramos tal prática nas reuniões das igrejas primitivas, tal abordagem ritua-lista perde o significado mais profundo do ato de Jesus. Nesta ocasião, Jesus ensinou, pelo menos, duas lições importantes:

Œ A purificação para ter comunhão com ele. Quando ele chegou a Pedro, este recusou a lavagem de pés (compare a atitude dele com a humildade de João Batista quando pediu que Jesus o batizasse Mateus 3:13-14). Mas, quando Jesus falou que precisava ser lavado para participar dele, Pedro mudou de idéia: "Senhor, não somente os pés, mas também as mãos e a cabeça" (João 13:9). Se precisava de purificação para estar em comunhão com Cristo, Pedro não queria arriscar a rejeição pelo Senhor. Jesus explicou que só precisava lavar o que ainda estivesse sujo. Assim ele comentou sobre o grupo dos apóstolos. A maioria já estava purifica-da, mas nem todos. Judas Iscariotes não manteria comunhão com Cristo porque seu coração foi dominado por Satanás. Sem a santificação, "ninguém verá o Senhor" (Hebreus 12:14).

A humildade para servir. Depois de lavar os pés dos discípulos, Jesus disse: "Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. Em verdade, em verdade vos digo que o servo não é maior do que seu senhor, nem o enviado, maior do que aquele que o enviou" (João 13:14-16). Jesus se esvaziou, deixando a glória do céu, para servir aos homens (Filipenses 2:5-8). Ele mostrou que nós devemos nos humilhar para servir aos outros. Como ele lavou os pés, nós devemos procurar oportunidades para humildemente servir uns aos outros.

Usar ou não Bíblia protestante?

Celebração de Abertura da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2010

O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil – CONIC – convida para a Celebração de Abertura da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2010. As Igrejas Cristãs no Brasil, presentes no CONIC, realizam a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2010, com o tema “Economia e Vida” e o lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” (Mt 6,24).

A cerimônia de abertura da CFE-2010 a nível nacional será no Santuário Dom Bosco, SEPS 702, Bloco B, na Av. W3 Sul, na cidade de Brasilia, às 19:30 hs, do dia 17 de fevereiro, Quarta-feira de Cinzas.

Nesta celebração estarão presentes o Presidente do CONIC, Diretoria, Secretário Geral, Presidência das Igrejas, e outras autoridades. A presença de todos é esperada em mais este momento da caminhada pela Unidade dos Cristãos e na busca de um mundo mais justo e fraterno para todos.

Mais informações pelo e-mail conic.brasil@terra.org.br ou pelo telefone (61) 3321-4034

Dia de Nossa Senhora de Lourdes!!!

Foi no ano de 1858 que a Virgem Santíssima apareceu, nas cercanias de Lourdes, França, na gruta Massabielle, a uma jovem chamada Santa Marie-Bernard Soubirous ou Santa Bernadete. Essa santa deixou por escrito um testemunho que entrou para o ofício das leituras do dia de hoje.

“Certo dia, fui com duas meninas às margens do Rio Gave buscar lenha. Ouvi um barulho, voltei-me para o prado, mas não vi movimento nas árvores. Levantei a cabeça e olhei para a gruta. Vi, então, uma senhora vestida de branco; tinha um vestido alvo com uma faixa azul celeste na cintura e uma rosa de ouro em cada pé, da cor do rosário que trazia com ela. Somente na terceira vez, a Senhora me falou e perguntou-me se eu queria voltar ali durante quinze dias. Durante quinze dias lá voltei e a Senhora apareceu-me todos os dias, com exceção de uma segunda e uma sexta-feira. Repetiu-me, vária vezes, que dissesse aos sacerdotes para construir, ali, uma capela. Ela mandava que fosse à fonte para lavar-me e que rezasse pela conversão dos pecadores. Muitas e muitas vezes perguntei-lhe quem era, mas ela apenas sorria com bondade. Finalmente, com braços e olhos erguidos para o céu, disse-me que era a Imaculada Conceição”.

Maria, a intercessora, modelo da Igreja, imaculada, concebida sem pecado. Mas em virtude dos méritos de Cristo Jesus, Nossa Senhora, nessa aparição, pediu o essencial para a nossa felicidade: a conversão para os pecadores. Ela pediu que rezássemos pela conversão deles com oração, conversão, penitência.

Isso aconteceu após 4 anos da proclamação do dogma da Imaculada Conceição. Deus quis e sua Providência Santíssima também demonstrou, dessa forma, a infalibilidade da Igreja. Que chancela do céu essa aparição da Virgem Maria em Lourdes! E os sinais, os milagres que aconteceram e continuam a acontecer naquele local.

Lá, onde as multidões afluem, o clero e vários papas lá estiveram. Agora, temos a graça de ter o Papa Bento XVI para nos alertar sobre este chamado.


EVANGELHO QUOTIDIANO!!!

Quinta-feira da 5ª semana do Tempo Comum Hoje a Igreja celebra : Nossa Senhora de Lourdes

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui
São João Crisóstomo : A oração humilde e perseverante

Evangelho segundo S. Marcos 7,24-30.

Partindo dali, Jesus foi para a região de Tiro e de Sídon. Entrou numa casa e não queria que ninguém o soubesse, mas não pôde passar despercebido, porque logo uma mulher que tinha uma filha possessa de um espírito maligno, ouvindo falar dele, veio lançar-se a seus pés. Era gentia, siro-fenícia de origem, e pedia-lhe que expulsasse da filha o demónio. Ele respondeu: «Deixa que os filhos comam primeiro, pois não está bem tomar o pão dos filhos para o lançar aos cachorrinhos.» Mas ela replicou: «Dizes bem, Senhor; mas até os cachorrinhos comem debaixo da mesa as migalhas dos filhos.» Jesus disse: «Em atenção a essa palavra, vai; o demónio saiu de tua filha.» Ela voltou para casa e encontrou a menina recostada na cama. O demónio tinha-a deixado.

Da Bíblia Sagrada

Comentário ao Evangelho do dia feito por :

São João Crisóstomo (c. 345-407), presbítero em Antioquia, seguidamente Bispo de Constantinopla, Doutor da Igreja
Homília «Que Cristo seja anunciado», 12-13; PG 51, 319-320 (a partir da trad. de Delhougne, Les Péres commentent, p.127)

A oração humilde e perseverante

Uma cananeia aproximou-se de Jesus e pôs-se a suplicar-Lhe em grandes brados pela filha, que estava possuída pelo demónio. [...] Esta mulher, uma estrangeira, uma bárbara sem nenhuma relação com a comunidade judaica, o que era se não uma cadela indigna de obter que pedia? «Não está bem tomar o pão dos filhos para o lançar aos cachorrinhos.» No entanto, a sua perseverança fez com que merecesse ser atendida. À que era apenas uma cadela, Jesus elevou-a à nobreza dos filhos pequenos; mais ainda, cobriu-a de elogios; ao despedi-la, disse-lhe: «Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se como desejas» (Mt 15, 28). Quando ouvimos Cristo dizer: «Grande é a tua fé», não precisamos de procurar outra prova da grandeza de alma desta mulher. Vede como ela apagou a sua indignidade pela sua perseverança. E reparai igualmente que obtemos mais do Senhor pela nossa oração que pela oração dos outros.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Só quem reza avança na vida espiritual: Papa sobre Santo Antônio!!!

Bento XVI: Santo Antônio ensina que oração é relação de amor com o Senhor

"Apenas uma alma que reza pode fazer progresso na vida espiritual: este é o objeto privilegiado da pregação de Santo Antônio", disse Bento XVI na Catequese desta quarta-feira, 10, dedicada à figura do santo franciscano.

O Papa falou sobre a obra Sermões, escrita por Antônio para ser utilizada nos estudos teológicos franciscanos.

Ali, o santo descreve a oração como uma relação de amor que está dividida em quatro estágios essenciais: abrir confiadamente o próprio coração a Deus; falar afetuosamente com Ele; apresentar-Lhe as nossas necessidades; louvá-Lo e agradecê-Lo.

"Antônio lembra-nos que a oração exige um clima de silêncio, que não coincide com a separação do ruído exterior, mas é experiência interior, que visa eliminar as distrações causadas pelas preocupações da alma, criar silêncio na própria alma", explica.

Bento XVI salientou que, devido à riqueza dos ensinamentos espirituais de Sermões, "o Venerável Papa Pio XII, em 1946, proclamou Antônio Doutor da Igreja, dando-lhe o título de 'Doutor Evangélico', porque seus escritos mostram o frescor e a beleza do Evangelho e, hoje, podemos lê-los com grande benefício espiritual".


"Verdadeira riqueza"

No início do século XIII, o crescimento da cidade e do comércio diminuia a preocupação com os pobres. A pregação de Antônio convidava os fiéis a meditar sobre a riqueza do homem bom e misericordioso, que "faz acumular tesouros para o céu".

"Não é exatamente isso, queridos amigos, um ensinamento muito importante e atual também hoje, quando a crise financeira e graves desequilíbrios econômicos empobrecem muitas pessoas e criam condições de miséria?", questiona o Pontífice.

O Papa também destacou que a visão de Antônio sobre o Crucificado o propõe como significado que enriquece as vidas dos crentes e não crentes. "Meditando estas palavras, podemos entender melhor a importância da imagem do Crucificado para a nossa cultura, pois o nosso humanismo nasce da fé cristã".

Ao final da Catequese, o Santo Padre convidou toda a Igreja a orar para que "os sacerdotes e diáconos executem com solicitude este ministério de anunciar e atualizar a Palavra de Deus aos fiéis, especialmente através da homilia litúrgica. Seja ela uma apresentação eficaz da beleza eterna de Cristo", concluiu.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Sete em cada dez brasileiros são contra o aborto, revela pesquisa!!!!

73,5% dos brasileiros são contrários à legalização do aborto. É o resultado da pesquisa de opinião pública CNT/Sensus feita a pedido da Confederação Nacional do Transporte.

No total, 2 mil pessoas foram ouvidas nas 5 regiões do país, no período de 25 a 29 de janeiro deste ano. A informação foi publicada no início deste mês.O percentual dos que se declararam a favor do aborto ficou em 22,7%.

Preocupação

A pesquisa traz também dados preocupantes, como o aumento do porcentual de brasileiros favoráveis tanto à legalização do aborto, quanto à pena de morte, nos últimos 10 anos.

Entre janeiro de 2001 e janeiro de 2010, subiu de 39,4% para 41,2% os que declaram a favor da pena de morte e de 17,7% para 22,7% os favoráveis à legalização do aborto.

A Bíblia em exposição na Unesco!!!

A Bíblia também é "patrimônio da humanidade" e, justamente na sede principal da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação e a Cultura), acontece uma grande exposição itinerante que pretende destacar isso. A iniciativa é organizada pela Aliança Bíblica Francesa e vai até o próximo dia 12 de fevereiro.

O objetivo é colocar ao alcance do maior público possível - não somente aos crentes, e tampouco somente aos cristãos, mas frente às culturas e às religiões do mundo - um fato indiscutível: a influência fundamental da Bíblia sobre a cultura e a civilização, da história à literatura, da filosofia à arte e outros setores.

Ainda de acordo com os promotores da iniciativa, os franceses têm uma relação individual com a Bíblia. Em muitos lares, o livro está lá, mas permanece fechado. De acordo com um estudo estatístico que remonta a 2001, 72% dos entrevistados disseram que nunca tinha lido as Escrituras e, mesmo assim, ela continua a exercer fascínio e atração para além da esfera religiosa.

A exposição é dividida em seis módulos temáticos, que abordam a Bíblia desde sua concepção, seus mundos, à transmissão e divulgação de textos, em traduções diferentes (mais de 2500 idiomas).

ONG promove Dia Mundial da Internet Segura

O Dia Mundial da Internet Segura será comemorado hoje,9. Realizada pela organização não governamental (ONG) SaferNet, a campanha mobiliza países para promover o uso seguro da internet. O tema central é "Pense Antes de Postar".

De acordo com o diretor de Prevenção e Atendimento da SaferNet Brasil, Rodrigo Nejm, esse tipo de mobilização é necessária para que as pessoas possam utilizar a internet com o máximo de segurança e para prevenir casos de armadilhas e golpes aplicados na rede.


"Neste dia será feita uma mobilização para conscientizar a população de que a internet é um espaço público. Por isso, temos que tomar cuidado e nos comportar na internet como fazemos pessoalmente".

Para marcar a data, estão previstos debates em São Paulo e no Rio de Janeiro. De acordo com Nejm, o site da campanha mostra também a oportunidade de promover eventos de conscientização.

"Se houver alguém que queira programar atividades, é possível divulgá-las no site que está aberto para novas atividades propostas por internautas. Além dos debates promovidos em São Paulo e no Rio de Janeiro, vamos ter opções para internautas de todo o país".

A campanha é voltada para integrantes de áreas ligadas à educação e à internet. O objetivo é mobilizar o máximo de instituições para que aumente a prevenção de abusos. "A gente faz um convite para que as pessoas se inscrevam em atividades. Educadores, membros de associações e ONGs podem entrar no site e colher informações e materiais educativos", disse o diretor da organização.


As informações e orientações estão disponíveis no site www.diadainternetsegura.org.br. Há materiais em forma de cartilhas ilustradas, histórias em quadrinhos para as crianças, dicas para os educadores e orientação para os pais.


Leia mais

.: Vaticano incentiva padres a utilizarem a Internet

Pensamento do dia!!!

“Sempre que puder, fale
de amor e com amor
para alguém .
Faz bem aos ouvidos de quem
ouve e à alma de quem fala".

(Irmã Dulce)

EVANGELHO QUOTIDIANO!!!

Hoje a Igreja celebra : S. Miguel Febres Cordero Muñoz, religioso, +1910, Santa Apolónia, virgem, mártir, + 249

Ver comentário em baixo, ou carregando aqui
São Tomás de Aquino : «Este povo honra-Me com os lábios, mas o seu coração está longe de Mim»

Evangelho segundo S. Marcos 7,1-13.

Os fariseus e alguns doutores da Lei vindos de Jerusalém reuniram-se à volta de Jesus, e viram que vários dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar. É que os fariseus e todos os judeus em geral não comem sem ter lavado e esfregado bem as mãos, conforme a tradição dos antigos; ao voltar da praça pública, não comem sem se lavar; e há muitos outros costumes que seguem, por tradição: lavagem das taças, dos jarros e das vasilhas de cobre. Perguntaram-lhe, pois, os fariseus e doutores da Lei: «Porque é que os teus discípulos não obedecem à tradição dos antigos e tomam alimento com as mãos impuras?» Respondeu: «Bem profetizou Isaías a vosso respeito, hipócritas, quando escreveu: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. Vazio é o culto que me prestam e as doutrinas que ensinam não passam de preceitos humanos. Descurais o mandamento de Deus, para vos prenderdes à tradição dos homens.» E acrescentou: «Anulais a vosso bel-prazer o mandamento de Deus, para observardes a vossa tradição. Pois Moisés disse: Honra teu pai e tua mãe; e ainda: Quem amaldiçoar o pai ou a mãe seja punido de morte. Vós, porém, dizeis: Se alguém afirmar ao pai ou à mãe: 'Declaro Qorban’ isto é, oferta ao Senhor aquilo que poderias receber de mim..., nada mais lhe deixais fazer por seu pai ou por sua mãe, anulando a palavra de Deus com a tradição que tendes transmitido. E fazeis muitas outras coisas do mesmo género.»

Da Bíblia Sagrada

Comentário ao Evangelho do dia feito por :

São Tomás de Aquino (1225-1274), teólogo dominicano, Doutor da Igreja

«Este povo honra-Me com os lábios, mas o seu coração está longe de Mim»

Que eu não deseje nada fora de Ti. [...] Concede-me frequentemente que eleve o meu coração até Ti e, quando fraquejar, que me arrependa da minha falta com pesar, com o firme propósito de me corrigir. Concede-me, Senhor Deus, um coração vigilante que nenhum pensamento estranho afaste para longe de Ti; um coração nobre que nenhuma afeição indigna abata; um coração recto que nenhuma intenção equivoca desvie; um coração firme que nenhuma adversidade quebre; um coração livre que nenhuma paixão violenta domine.

Confere-me, Senhor meu Deus, uma inteligência que Te conheça, um ardor que Te procure, uma sabedoria que Te encontre, uma vida que Te agrade, uma perseverança que Te espere com confiança e uma confiança que por fim Te possua. Confere-me pela penitência ser atribulado com aquilo que Tu suportaste, usar no caminho da Tua protecção pela graça, gozar das Tuas alegrias, sobretudo na pátria pela glória. Ó Tu que, sendo Deus, vives e reinas por todos os séculos. Ámem.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Conheça o novo trabalho de Róger Naves!




www.rogernaves.com

oBS. Clique no banner copie e divulgue!!!

Retiros religiosos atraem milhares no carnaval - 08/02/2010 - 16:08

A cada ano, aumenta o número de pessoas que optam por retiros espirituais oferecidos durante o Carnaval. Este ano, a comunidade católica Canção Nova, sediada no Vale do Paraíba (SP), espera receber 60 mil pessoas, entre 12 e 16 de fevereiro, para seu tradicional Acampamento de Carnaval que em sua 14ª edição, se tornou um dos maiores eventos do Vale do Paraíba. São 20 mil a mais do que no ano passado.

Para se ter uma ideia do que este número representa, 30 mil pessoas é a capacidade máxima do Anhembi, em São Paulo, para assistir aos desfiles de escola de samba, mas no ano passado, quando atingiu sua meta histórica, 22 mil compareceram ao sambódromo.

O que motiva milhares de pessoas a abrir mão da folia do rei mitológico Momo, sinônimo de comilança, bagunça e festanças, para se recolher a um momento de reflexão espiritual e pessoal?

Para o padre Sóstenes Vieira, da comunidade católica Canção Nova, a resposta está na necessidade de o homem sentir-se ligado a algo mais sublime que dê um sentido maior à sua vida. “O Carnaval é uma festa santificada pela graça de Cristo dentro da Igreja. Encaramos como um tempo de purificação e preparação para a Quaresma”, analisa.

Folia na Canção Nova

Com o tema “Alegrai-vos sempre no Senhor”, retirado da Carta de São Paulo aos Filipenses (Fl 4,4), a programação reune conteudo religioso como pregações, orações, testemunhos, adoração ao Santíssimo Sacramento, atividades festivas como o Carnaval Kids para crianças. O ponto alto da animação ficará a cargo dos 10 shows e bandas consagradas no meio católico.

Shows: Dunga, Diácono Nelsinho Corrêa, Jake (Axé), Banda Dominus, DDD, Exalta Cristo, Antônio Alves, Alto Louvor, Eros Biondini e Eliana Ribeiro.
WMblog.blogspot.com - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: Rodrigo Vidigal