segunda-feira, 29 de março de 2010

Cristãos participam da procissão de Domingo de Ramos na Terra Santa!!!

Cristãos de todos os continentes participaram neste domingo, 28, na Terra Santa, da procissão do Domingo de Ramos, no Monte das Oliveiras.

A celebração, que marca o início das celebrações da Semana Santa, partiu da Igreja de Betfagé, numa aldeia palestina na encosta nordeste do Monte das Oliveiras, sobre a pedra na qual, segundo a tradição, Jesus se apoiou para subir no lombo do jumento, antes de seu ingresso em Jerusalém.

No local, uma comitiva de peregrinos e religiosos de várias Igrejas cristãs se uniu à procissão. Entoando cantos em diversos idiomas, desceram pela corrente de Cedrón até o Portão dos Leões ou de São Estevão.

A entrada, de pedra branca, conduz à antiga cidade de Jerusalém pela Via Dolorosa, caminho percorrido por Jesus desde o palácio de Pilatos até o Gólgota, onde foi crucificado. Neste lugar, hoje se encontra a Igreja do Santo Sepulcro.

Grupos de jovens palestinos com uniformes coloridos animaram a caminhada marchando ritmicamente, enquanto seus vizinhos muçulmanos da localidade apreciaram o espetáculo das janelas e terraços.

“É um dia de glória, de festa e pode-se ver no ambiente que é um dia de alegria no qual o povo lembra esse grande acontecimento, a chegada de Jesus desde Jericó e sua entrada solene em Jerusalém”, disse franciscano Artemio Vítores, padre da Custódia da Terra Santa.

O religioso destacou que uma das partes mais bonitas da procissão é “a chegada ao Dominus Flevit (em latim: O Senhor chorou) onde Jesus chorou sobre Jerusalém e onde os fiéis cantam: 'Alegra-te Jerusalém' e 'Que alegria quando me disseram, vamos à casa do senhor', entre outras canções em lembrança dos antigos peregrinos que vinham à Cidade Santa”.

Os participantes entoaram cânticos e rezaram salmos em árabe, espanhol, inglês, francês e grego, tocando pequenos pandeiros, tambores, violões e violinos.

Dezenas de policiais e soldados israelenses circundaram as ruas pelas quais a procissão passou e helicópteros sobrevoaram a cidade para garantir que tudo transcorresse sem incidentes.

Na vizinha Cisjordânia, palestinos cristãos organizaram um protesto contra a proibição de acesso imposta por Israel, que impede que centenas de milhares de fiéis residentes nesse território ocupado participem das celebrações religiosas da Semana Santa.

Este ano, a Semana Santa cristã coincide com a Pessach, a Páscoa judaica, que celebra a libertação da escravidão no Egito faraônico há 3,5 mil anos e a chegada da primavera.

Nenhum comentário:

WMblog.blogspot.com - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: Rodrigo Vidigal