domingo, 31 de outubro de 2010

sábado, 30 de outubro de 2010

Diferenças e semelhanças entre SERRA E DILMA!!!

Padre Joãozinho, scj on outubro 30th, 2010

Estamos às portas de uma importante eleição presidencial. Para alguns os ânimos estão apaixonados e a escolha feita turva a razão. Não me parece muito razoável para manter uma reflexão de nível. Vamos tentar ponderar, do nosso limitado ponto de vista, as semelhanças e diferenças entre os dois candidatos. Fazemos isso estimulados pela mensagem do Papa Bento XVI aos bispos brasileiros, neste dia 28.10.2010. O Santo Padre afirmou que a participação dos padres e bispos na política é “mediata” e a dos leigos é “imediata”. Sintético e genial. Cabe ao clero formar as consciências, ajudar a refletir e cuidar das coisas da Igreja. Cabe aos leigos e leigas militar na política e cuidar das coisas da família e da sociedade. Portanto, mesmo já tendo escolhido em quem vou votar (meu direito enquanto cidadão), esta opção não está em pauta neste artigo. JS pensa do global para o pessoal. Sempre vê a partir do macro para chegar ao micro. Tem uma estrutura de pensamento claramente dedutiva. DR tem pensamento de matriz indutiva. Normalmente parte do real para o ideal, do micro para o macro, da pessoa para a sociedade, do fato para a norma. JS é signatário da visão de Estado praticada desde o governo FHC, que acredita no setor privado e tende a enxugar a máquina do governo. DR acredita em um Estado forte, com um Governo que atue e monitore atentamente o setor privado. JS inclina-se a promover o setor produtivo e empreendedor. DF faz a opção preferencial pelos que trabalham e consomem. JS tem uma poesia agradável aos ouvidos da classe média. DF fala o português das classes populares. Incomoda o fato de nenhum dos dois candidatos terem explicitado por escrito clara e detalhadamente seu projeto de governo. Ambos se apresentam como administradores compentes para o Brasil. São igualmente frágeis no carisma. Têm claras dificuldades diplomáticas. JS normalmente conjuga o verbo na primeira pessoa do singular. É personalista. Fará um governo à sua imagem e semelhança. Tem dificuldades de referir-se ao próprio partido. Pensa que é o sol. DR parece orientada para sistematicamente conjugar o verbo na primeira pessoa do plural. Apresenta-se como representante de um governo que tem aprovação popular, especialmente do presidente Lula. Mas vez por outra trai esta orientação mostrando-se tão personalista quanto JS. Eleitos, certamente governarão com personalidade. Ambos terão o desafio de domar seus ávidos partidos. Até o momento PT e PSDB, por motivos diferentes, brincam de esconde-esconde. Ninguém viu José Dirceu… Ninguém viu FHC.

Algumas pessoas dizem que estamos diante de dois candidatos muito parecidos. Engano. São muito diferentes. José Serra (JS) tem mostrado uma ênfase na economia, enquanto Dilma Rousseff (DR) tem insistido na questão social como eixo transversal de seu modo de pensar a vida. Ultimamente veio para o centro do debate a questão da vida, emblematizada pela descriminalização do aborto. Até o papa se pronunciou. A questão é fundamental e irrenunciável, mas não me parece que possa servir de critério para escolher ou excluir um dos candidatos. Aberta ou veladamente os dois se inclinam pela descrimilização. Um já fez no passado; outra sabe que seu governo já faz no presente.

Vamos para as urnas… e que vença: O BRASIL!

Finalistas do Festival Adoração e Vida!!!

O Ministério Adoração e Vida escolheu e apresenta os 20 finalistas do Festival.
Estão dispostos em ordem alfabética e domingo, dia 31, conheceremos os vencedores.
1 compositor e 1 intérprete serão escolhidos pelo júri (integrantes do Adoração e Vida).
O compositor receberá R$ 5.000,00 + sua música no novo CD Adoração e Vida
e o intérprete receberá R$ 3.000,00.

Porém, há um prêmio extra de R$ 2.000,00 que a torcida decide quem merece ganhar.
A Enquete está do lado esquerdo, abaixo do menu.
A maior torcida registrada no sistema, vence, e o escolhido ganha o prêmio.
Divulgue à vontade!

Galera para ouvir as músícas dos 10 fcompositores e 10 interprestes basta acessar: http://adoracaoevida.com/festival/

A laranja ataca 2 - O inimigo agora é o mesmo!!!

O que é Halloween? Para a Canção Nova!!!

Igreja não tem posição partidária, diz CNBB!!!

O vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), d. Luiz Soares Vieira, arcebispo de Manaus, afirmou ontem em entrevista à Rádio Vaticano, em Roma, que a Igreja já está cumprindo a orientação dada pelo papa Bento XVI, quinta-feira, quando condenou o aborto e aconselhou o episcopado a lembrar aos eleitores o direito de usar o voto para a promoção do bem comum.

"A Igreja não tem posição partidária e o papa não está dizendo que se deve votar em um ou em outro candidato", observou d. Luiz Vieira, acrescentando que, "como os dois candidatos (Dilma Rousseff e José Serra) têm praticamente a mesma posição diante do aborto, é complicado fazer a escolha".

O secretário-geral da entidade, d. Dimas Lara Barbosa, declarou à Rádio Vaticano que não existe divisão no episcopado a respeito do que o papa falou, embora haja opções políticas divergentes entre os bispos. "Nos pontos fundamentais, como a defesa da vida e a liberdade religiosa, que são valores inegociáveis, estamos em profunda sintonia com o santo padre", disse.

O discurso de Bento XVI aos bispos do Regional Nordeste 5, que estão em Roma, não vai alterar a orientação dada aos fiéis na Arquidiocese de São Paulo. O cardeal-arcebispo, d. Odilo Scherer, comunicou que serão mantidas para as eleições presidenciais de amanhã as mesmas instruções dadas antes do primeiro turno. Os fiéis são aconselhados a votar de modo consciente e responsável, sem campanha explícita para partidos ou candidatos.

"Não se trata de fazer uma cruzada na véspera e no dia das eleições, porque não é disso que o papa está falando", observou o bispo de Limeira, d. Vilson Dias de Oliveira, porta-voz do Regional Sul 1 da CNBB. "Estamos seguindo a orientação do papa, porque já vínhamos trabalhando na conscientização dos eleitores, sem apontar nomes de partidos ou de candidatos", afirmou.

O bispo de Jales, d. Demétrio Valentini, advertiu que "se deve evitar a tentação de achar que o papa está interferindo na política brasileira". "O bom da democracia é cada um poder votar de acordo com a sua consciência."

Nas dioceses de Guarulhos e de Lorena, o orientação do 1.º turno para não votar em Dilma ou no PT permanece inalterada

Fonte: Estadão

Pensamento do Dia!!!

“Se você diverge de mim, não é meu inimigo, você me completa.”
(Dom Hélder Câmara)

Pra rir um pouquinho!!! Motivo da morte do polvo Paul

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Matteo Calisi apresenta o atual cenário da Fraternidade Católica!!!


O presidente da Fraternidade Católica e membro do Pontifício Conselho para os Leigos, Matteo Calisi, em entrevista ao cancaonova.com durante XIV Congresso Internacional da Fraternidade Católica das Novas Comunidades em Assis, Itália, apresentou o atual cenário da Fraternidade apontando os objetivos, desafios e vitórias.


"O objetivo principal da Fraternidade é anunciar o Evangelho, que é uma liberdade para a sociedade”, afirmou Calisi dizendo que muitos testemunhos de pessoas que tiveram suas vidas regeneradas, restauradas no campo espiritual e psíquico, chegam à Fraternidade Católica. E acrescentou que enxerga esses testemunhos também como uma ação social, “porque resgatar uma vida humana é a primeira libertação social que nós realizamos como comunidade”. Calisi enfatizou também que existem várias comunidades que se ocupam de serviços sociais para ajudar a humanidade a ser um pouco mais feliz.

Leia mais





Desafios


Quando interrogado sobre os desafios da Fraternidade, o presidente disse projetar para o futuro a unidade dos cristãos. "Antes de tudo, o carismático tem uma raiz ecumênica, e a divisão dos cristãos é um comportamento anti-evangélico”, assinalou.


Matteo recordou que o Papa Bento XVI está se ocupando deste problema que deve ser enfrentado seriamente com as classes teológicas e pastorais juntas. Segundo ele, esse problema enfraquece a força do Evangelho e o anúncio da Igreja. "A força missionária não tem mais toda aquela capacidade penetrante, porque estão divididos com os outros cristãos”, esclareceu.


A Fraternidade Católica quer ser um humilde instrumento a mais para ajudar na unidade dos cristãos. "Acredito que um dos desafios principais para o futuro seja ajudar neste processo de unidade dos cristãos", proferiu Matteo.


Calisi apresentou também um outro desafio da Fraternidade, que é o diálogo com outras religiões, a ameaça de integralismo religioso; e disse que a Renovação Carismática Católica (RCC) quer ser um coadjuvante de pacificação de culturas e religiões evitando tal forma de conflito. “Os desafios que a Fraternidade Católica passa é também o amadurecimento eclesial, isto é, as comunidades devem superar o quadro introspectivo e sair para olhar a necessidade da Igreja”, declarou.


Matteo assegura também que a Fraternidade não existe simplesmente para sua fundação, para seu carisma, e que nenhum carisma é para si próprio, mas sim para o serviço da Igreja. "Para mim este é um passo para o amadurecimento que as Novas Comunidades devem ainda superar, e a Fraternidade quer ser um auxílio para que as comunidades saiam de si mesmas e estejam a serviço da Igreja e da sociedade”, concluiu.


Vitórias


Sobre as vitórias da Fraternidade, Calisi acredita ter alcançado o objetivo da universalidade e catolicidade. Ele informou que a Santa Sé colocou à disposição da Fraternidade um escritório no Vaticano, e que isso é um sinal de que a Igreja Católica e também o Senhor, os quer no centro da Santa Sé para estarem em comunhão com o vigário de Cristo, e que isto garante o serviço que prestam à Igreja.


Troca de experiências


Quanto à troca de experiências das Novas Comunidades, o presidente disse que durante todo o ano as comunidades se reúnem individualmente, discutindo um plano regional local através de encontros e trocas de experiências com os líderes, moderadores e fundadores, onde discutem sobre as situações emergentes, como eles podem viver juntos em uma comunidade de vida com estados de vida diferentes: consagrados, religiosos, sacerdotes e famílias. “Isto é um desafio, porque se trata de um novo dom para a Igreja que ainda precisa ser explorado, pois não era conhecido em épocas anteriores, mas ao mesmo tempo, um dom do Espírito que é protegido”, finalizou.

Fonte: CN

Pensamento do Dia!!

"Sobre as coisas que não se conhece, sempre se tem melhor opinião".
Gottfried Leibniz

Ontem foi Dia de São Judas Tadeu! Padroeiro do Clube de Regatas do Flamengo!!!!

São Judas Tadeu

São Judas Tadeu, glorioso apóstolo, fiel servo e amigo de Jesus, o nome do traidor foi a causa de que fôsseis esquecido por muitos, mas a Igreja vos honra e invoca universalmente como patrono nos casos desesperados, nos negócios sem remédios.
Rogai por mim que sou um miserável. Fazei uso, eu vos imploro, desse particular privilégio que vos foi concedido, de trazer viável e imediato auxílio, onde o socorro desapareceu quase por completo. Assisti-me nesta grande necessidade, para que eu possa receber as consolações e auxílios do Céu em todas as minhas precisões, atribulações e sofrimentos, alcançando-me a graça de (aqui se faz o pedido particular), e para que eu possa louvar a Deus convosco e com todos os eleitos, por toda eternidade.

Eu vos prometo, ó Bendito Judas Tadeu, lembrar-me deste grande favor e nunca deixar de vos honrar como meuespecial e poderoso patrono, e fazer de tudo o que estiver ao meu alcance para incentivar a devoção para convosco. Amém.

São Judas Tadeu, rogai por nós e por todos os que vos honram e invocam vosso auxílio.

Medo bate à porta das escolas do Distrito Federal!!!

Esta semana, adolescente foi baleado próximo a um colégio, jovem teve o rosto cortado por colega e suspeito de assaltar estudantes acabou preso. Casos assustam pais e alunos

Pais, estudantes e professores estão assustados com a onda de violência que toma conta das escolas do Distrito Federal. Somente esta semana, três casos graves envolvendo alunos foram registrados nas delegacias brasilienses. Um adolescente de 13 anos é acusado de efetuar dois disparos contra seu desafeto de 16, em Planaltina, na tarde de quarta-feira. O rapaz foi atingido no braço e no peito, passou por cirurgia no Hospital Regional de Planaltina (HRP) e se recupera bem. O ato infracional ocorreu a menos de 100 metros do Centro Educacional Dona América Guimarães, situado no bairro Arapoanga.

Estudantes em frente ao colégio Caseb, na 910 Sul, ao término das aulas: segurança a cargo do Batalhão Escolar - (Kleber Lima/CB/D.A Press )
Estudantes em frente ao colégio Caseb, na 910 Sul, ao término das aulas: segurança a cargo do Batalhão Escolar
No dia anterior, uma estudante de 14 anos teve o rosto cortado por uma lâmina. A agressora é uma jovem de 16. As duas estudam em uma escola pública da Fercal, em Sobradinho, e brigaram a poucos metros do portão de entrada do estabelecimento de ensino. No mesmo dia, policiais civis prenderam Luan Raoni dos Santos, 21 anos, o principal suspeito de assaltar pelo menos 14 estudantes de escolas públicas e privadas da Asa Sul. Sua área de atuação era entre as quadras 912 e 915 Sul. Os roubos aconteciam sempre nos horários de saída das aulas, por volta das 13h e das 19h.

Diante dos últimos acontecimentos, a comunidade escolar está em alerta. Na porta dos centros de ensino, nunca foi tão grande o número de pais esperando por seus filhos. A dona de casa Sônia Maria da Silva Monteiro, 42 anos, sai de Águas Lindas (GO) às 5h40, de segunda a sexta-feira, rumo ao Plano Piloto para deixar os dois filhos nas escolas Elefante Branco, na 908 Sul, e Caseb, na 909 Sul. Muitas pessoas, ao conhecer os filhos de Sônia, se surpreendem: o mais novo tem 15 anos e a mais velha, 18. Os dois garantem que não se sentem constrangidos com o cuidado da mãe. “Sei que ela faz isso porque é bastante preocupada com a gente. Sem contar que eu gosto muito de voltar para casa na companhia da minha mamãe. Não tenho vergonha nenhuma de a minha mãe me buscar na escola”, contou o rapaz.

A dona de casa confirma que tomou a atitude de acompanhar os dois com medo dos crimes praticados contra alunos no Plano Piloto. “Ha pouco tempo vimos aquele menino sendo espancado no Caseb. Morro de medo que algo parecido ocorra com meus filhos. Fico mais segura sabendo os passos que eles dão”, disse.

O fato recordado por Sônia ocorreu em 15 de julho deste ano (Veja Memória) a cerca de 300 metros do Caseb. Na ocasião, um aluno do 1º ano do ensino médio foi espancado por oito rapazes, todos menores de idade. O jovem teve de passar por três cirurgias e até hoje faz tratamento psicológico para se recuperar do trauma.

O mesmo cuidado de Sônia tem a aposentada Francisca Costa de Souza, 60 anos, que todos os dias deixa e busca o neto na porta do colégio Elefante Branco. Quando vai embora com ele para a parada de ônibus, ela ainda leva outros três adolescentes. “Os pais deles me pediram para eu acompanhá-los até o ponto. Está todo mundo um pouco neurótico com esses assaltos e essas brigas que acontecem em frente às escolas. Faço esse favor porque eu, se não pudesse acompanhar meu neto, também ficaria preocupada”, comentou a aposentada.

Ação policial
O comandante do Batalhão Escolar do DF, tenente-coronel Maurício Andrade da Silva, considerou os fatos isolados e garantiu que o policiamento foi intensificado nas regiões onde observou-se uma incidência maior de delitos. “Na medida em que tomamos conhecimento de situações assim, intensificamos as ações, principalmente nos horários de saída dos estudantes das aulas”, disse.

O oficial também fez questão de frisar que, no caso de Planaltina, onde um aluno foi baleado, uma tragédia maior foi evitada graças à resposta imediata dos dois policiais do Batalhão Escolar que estavam de plantão na hora da tentativa de homicídio. “O rapaz que estava armado só não consumou o fato, ou seja, executou o estudante, porque a guarnição reagiu prontamente. O mais importante de se ressaltar nesse caso é que o jovem já vinha sendo ameaçado e não comunicou o fato à escola, nem à polícia. Se ele ou o pai tivessem procedido dessa forma, a ação teria sido a de orientá-los no sentido de evitar que sua integridade fosse colocada em risco”, observou Maurício.

Para o diretor-geral da Polícia Civil do DF, Pedro Cardoso, a ação das instituições responsáveis por garantir a segurança pública deve ser a de estudar como agem os grupos criminosos que procuram fincar raízes dentro dos estabelecimentos de ensino, recrutando jovens e até crianças para o tráfico de drogas, entre outros delitos. “A Polícia Civil faz um trabalho de mapear os perímetros das escolas em que há mais crimes registrados. Com isso, elaboramos relatórios e encaminhamos à Secretaria de Segurança Pública, para que os policiais que atuam no fronte sejam orientados”, destacou Cardoso.

Crítica
Um professor da rede pública de ensino, que preferiu não se identificar, criticou a forma de atuação dos policiais. “Não adianta o policial ficar parado na porta do colégio e deixar o aluno exposto no caminho de casa. Claro que eu entendo que não dá para levar cada aluno em casa, mas deveria haver mais viaturas fazendo rondas nos caminhos usados pelos estudantes. Basta isso para inibir muitos crimes cometidos a 100, 200, 300 metros da escola.”

Na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), a presença de crianças e jovens uniformizados é comum. A maioria das ocorrências é relacionada a brigas, ameaças e injúrias, mas também são registrados assaltos e agressões mais graves. O delegado-chefe adjunto da unidade policial, Yuri Fernandes, ressaltou que os pais devem participar da educação dos filhos para evitar surpresas desagradáveis. “Não é muito comum chegarem para nós ocorrências graves envolvendo estudantes, mas é bom que os pais acompanhem como seus filhos se comportam no ambiente escolar”, aconselhou.

Números
Segundo a delegada-chefe da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), Eliana Alipaz, 27% das ocorrências registradas no ano passado envolvendo menores de idade ocorreram dentro ou próximo a estabelecimentos de ensino. No entanto, apenas 1% chegou a ser considerado um ato infracional de natureza grave.

Pensamento do Dia!!!

“O que mais preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons”.
(Martin Lutherking)

Frase do Dia!!!

A FAO comprovou:quando as mulheres são conscientizadas, sabem controlar a natalidade e o aborto cai.
É pela educação que evitaremos o aborto.

Evangelho do Dia!!!

Num sábado, Jesus entrou na casa de certo líder fariseu para tomar uma refeição. E as pessoas que estavam ali olhavam para Jesus com muita atenção. Um homem, com as pernas e os braços inchados, chegou perto dele. E Jesus perguntou aos mestres da Lei e aos fariseus:
- A nossa Lei permite curar no sábado ou não?
Mas eles não responderam nada. Então Jesus pegou o homem, curou-o e o mandou embora. Aí disse:
- Se um filho ou um boi de algum de vocês cair num poço, será que você não vai tirá-lo logo de lá, mesmo que isso aconteça num sábado?
E eles não puderam responder.

Bíblia Sagrada, Nova Tradução na Linguagem de Hoje

Bom dia! Um dia…

Havia um homem, muito conhecido por seu jeito imponente e individualista de ser, cuja a vida era repleta de boas notícias e sorte. Tinha muita coisa, mas nem tudo que obteve na vida veio de forma correta, mas não se importava com isso. O TER o fazia esquecer o SER.

Usava belas roupas, trocava de carro freqüentemente e carregava no peito um lindo crucifixo, que longe de afirmar ser cristão era apenas um bonito adorno. Nada disso adiantou quando de súbito foi pego pelo imprevisto chamado morte.

Chegando ao céu procurou imediatamente descobrir onde ficaria, mas foi surpreendido por São Pedro quando disse que não sabia onde ele iria ficar e que talvez ainda não estivesse pronto.

- Como?!! – exclamou. Mas sempre ouvi dizer que há um lugar preparado para nós no céu e agora não tenho onde ficar? Continuou a reclamar

“(…) Na casa de meu Pai há muitas moradas. Não fora assim, e eu vos teria dito; pois vou preparar-vos um lugar“. (João 14, 2)

Pacientemente São Pedro colocou sua mão sob seu ombro e disse que Deus por ser um pai tão bondoso colocaria a sua disposição alguém que o ajudasse a encontrar onde Jesus havia construído a sua eterna morada.

Ao longe vinha caminhado um homem cuja pele era marcada por cicatrizes. Parecia mais um bandido do que um anjo e ao se aproximar dele se apresentou como aquele que iria ajudá-lo. Surpreendentemente o homem pois tantos empecilhos para sua ajuda que meio que constrangiam o ajudante. Então apelou para São Pedro:

- É ele que vai me ajudar?! Esse homem que nem no céu perdeu as suas marcas da terra? São Pedro então respondeu:

- Você não o reconhece? Foi o próprio Senhor Jesus que lhe enviou! Ele disse que é o melhor exemplo que conheceu na terra!

- Ele? Este homem cheio de marcas é o melhor exemplo? E continuou

- Quem é você? Por que Jesus me enviou alguém como você?

- Não se importe com as marcas que carrego e vê no corpo, pois em vida tivemos a mesma profissão, ou seja, ladrão, mas diferente de você que não sabe onde ficar, eu encontrei facilmente onde ficaria, pois o próprio Senhor me levou até lá. Eu sou o ladrão que foi crucificado ao lado Dele!

“(…) Um dos malfeitores, ali crucificados, blasfemava contra ele: Se és o Cristo, salva-te a ti mesmo e salva-nos a nós! MAS O OUTRO O REPREENDEU: Nem sequer temes a Deus, tu que sofres no mesmo suplício? Para nós isto é justo: recebemos o que mereceram os nossos crimes, mas este não fez mal algum. E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim, quando tiveres entrado no teu Reino! Jesus respondeu-lhe: Em verdade te digo: hoje estarás comigo no paraíso“. (Lucas 23, 39-43)

Muita gente, como diz o bom ladrão, “Nem sequer temes a Deus” e leva sua vida sem pensar em ninguém. O orgulho, a vaidade, o individualismo as faz viver um mundo totalmente a parte dos outros. Nossas comunidades sofrem muito com essas pessoas e sofremos com elas…

Esse evangelho de hoje é um grande alerta a todos que mais atrapalham do que ajudam na construção do reino de Deus.

Rogo a Deus e espero sinceramente que encontrem logo onde Jesus fez sua morada…

Um imenso abraço fraterno.

Lançamento do DVD Iluminar!

Milagre por intercessão de Irmã Dulce é reconhecido pela Igreja!!!

O início do Tempo do Advento (28 de novembro) é o prazo estipulado para que o Brasil ofereça mais um exemplo de vida santa ao mundo. Até lá, o Papa Bento XVI já deve ter assinado o decreto que autoriza a beatificação de Irmã Dulce.

O anúncio foi feito pelo Arcebispo de São Salvador da Bahia, Cardeal Dom Geraldo Majella Agnelo, durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 27. Ele foi informado pelo Vaticano - na terça-feira, 26 - de que os cardeais integrantes da comissão responsável por analisar o caso junto à Congregação para as Causas dos Santos foram unânimes em reconhecer o milagre atribuído à intercessão de Irmã Dulce como verdadeiro.


Reconhecimento do milagre para a beatificação

Dom Geraldo explica que, primeiramente, a graça obtida pela intercessão de Irmã Dulce, em 2003, foi examinada no Brasil e reconhecida pelos peritos médicos como um caso que não pôde ser explicado pelos meios da ciência.

O caso de um possível milagre foi encaminhado, então, para a Congregação para as Causas dos Santos. "Os peritos examinaram detidamente e reconheceram por unanimidade que se tratava de um caso extraordinário de cura", esclarece o arcebispo. O resultado da perícia foi passado a uma comissão de cardeais da Congregação, que também foram unânimes em reconhecer o caso como um verdadeiro milagre. "Agora, o que falta é o decreto do Santo Padre para que ela seja beatificada", elucida Dom Geraldo.

Logo após saber das novidades do processo de beatificação da religiosa, o Arcebispo de Salvador fez o anúncio aos fiéis. "Não há dúvida de que toda Bahia conhece Irmã Dulce. Imediatamente ouve a reação do povo, que dirigiu-se para a igreja em que está seu túmulo", conta.

Foram notificadas muitas graças obtidas às obras da Irmã. Esses testemunhos continuam sendo examinados para o encaminhamento do processo de canonização.

Uma vida dedicada à caridade


Irmã Dulce, que ao nascer recebeu o nome de Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, era filha do dentista Augusto Lopes Pontes e de Dulce Maria de Souza Brito Lopes Pontes.

Em 8 de fevereiro de 1933, logo após se formar professora, Maria Rita entrou para a Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, na cidade de São Cristóvão, em Sergipe. Em 15 de agosto de 1934, aos 20 anos de idade, foi ordenada freira, recebendo o nome de Irmã Dulce, em homenagem à sua mãe.

Por cerca de 10 anos, a religiosa andou pelas ruas da cidade com seus pobres sem encontrar morada fixa. Permaneceu com eles, até mesmo nas escadas da Igreja do Bonfim; o lugar que deu origem às suas obras sociais foi um galinheiro. “Viveu de modo heróico as virtudes cristãs, especialmente a caridade para com os semelhantes, principalmente com os que mais sofrem – os doentes e os pobres – dando-lhes uma atenção e cuidado extraordinário durante toda a sua vida”, ressalta Dom Geraldo.

Irmã Dulce faleceu em 13 de março de 1992. Suas obras sociais alcançam hoje todo o Estado da Bahia.

No memorial dedicado à religiosa, podem ser vistas fotos, relíquias como o seu leito de morte e a cadeira em que dormiu por 30 anos, para cumprir uma promessa. Meses antes de sua morte, o médico que a acompanhava deu ordens expressas para que voltasse a dormir na cama, devido a debilidade de sua doença.

Post by
http://dandan-df.blogspot.com/

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Pronto só faltava essa! Agora até o Papa dá palpite na eleição!!!

Do blog Balaio do Kotscho

Só faltava ele! Pois ao abrir a capa (alguns preferem chamar de home page) do portal Estadão.com, a 72 horas das eleições presidenciais, tomo um susto ao ler a manchete: “Papa condena aborto e pede a bispos que orientem politicamente fíéis”.

Diz a nota que “em reunião em Roma na manhã desta quinta-feira, 28, o papa Bento XVI conclamou um grupo de bispos brasileiros a orientar politicamente fiéis católicos. Sem citar especificamente as eleições de domingo, o Papa reforçou a posição da Igreja a respeito do aborto e recomendou a defesa de símbolos religiosos em ambientes públicos”.

Além de condenar o aborto, como se alguém pudesse ser a favor do aborto, embora muitos defendam a sua descriminilização, o papa também cobrou o ensino religoso nas escolas públicas e defendeu a luta pela manutenção dos símbolos religosos, citando o monumento do Cristo Redentor no Rio, como se eles estivessem ameaçados.

O Brasil é um Estado laico e mantem relações diplomáticas com o Estado do Vaticano. Com que direito Sua Santidade vem meter o bedelho em questões internas de um país às vésperas das eleições presidenciais?

Já não basta o papel impróprio e deprimente exercido por alguns dos seus bispos que, com esta falsa questão do aborto, transformaram seus altares em palanques contra uma candidatura e a favor de outra, distribuindo panfletos políticos em lugar de homilias?

Depois de ser explorado até a exaustão pelos bispos teefepeanos, telepastores dos dízimos e, principalmente, pela mídia, o assunto já tinha até saído de pauta, tão rapidamente quanto entrou, porque as últimas pesquisas mostraram que ele não estava mais rendendo nenhum resultado nas intenções de voto dos eleitores.

Em artigo publicado terça-feira no Observatório da Imprensa, o analista de mídia Cristiano Aguiar Lopes prova com números de uma pesquisa que “houve um esforço coordenado e eficiente dos principais jornais e revistas do país para insuflar a polêmica sobre o tema com vistas a um fim eleitoral mais que óbvio: roubar votos de Dilma entre eleitores conservadores contrários à descriminalização do aborto”.

Os números são impressionantes: a três dias do primeiro turno, no dia 30 de setembro, as principais publicações do país pesquisadas registraram 149 menções sobre o aborto, chegando a 430 no dia 8 de outubro, na primeira semana do segundo turno que foi dominada pelo tema.

“A primeira escalada ocorre pouco antes do primeiro turno e tem como objetivo conquistar os votos de indecisos e de dilmistas não muito convictos. A segunda, bem mais intensa, busca transferir para Serra os votos de um grande contingente de eleitores conservadores - sobretudo católicos e evangélicos - contrários à descriminalização do aborto”, conclui Cristiabno Aguiar Liopes.

A pesquisa prova também que não houve “onda verde” nenhuma que tenha provocado o segundo turno. Foi, na verdade, uma “onda religiosa” nas igrejas e nos subterrâneos da internet que beneficiaram a candidata evangélica Marina Silva e levaram a eleição ao segundo turno, usando a ameaça do aborto como instrumento eleitoral.

O Papa foi inconveniente, chegou atrasado na história e entrou de gaiato numa falsa polêmica que até a mídia já tinha esquecido. Deveria se preocupar mais com os casos de pedofilia envolvendo religosos que grassaram nos últimos anos em sua igreja, com a perda de fiéis para as seitas evangélicas e o esvaziamento dos seus templos. Não precisamos dos seus conselhos para saber como deveremos votar no domingo.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

WWF-Brasil lança o movimento “Cuidar da natureza é cuidar da vida”!!!

O WWF-Brasil lançou, no começo de outubro, o movimento “Cuidar da natureza é cuidar da vida”, sobre a importância da conservação da biodiversidade, como um alerta às consequências que o descuido com a natureza pode provocar.

Dentro desse movimento a ONG lança hoje um concurso que convida a sociedade a refletir sobre a natureza. Quem responder à pergunta “Por que você precisa da natureza para viver?” com mais originalidade e de forma mais alinhada ao conteúdo disponibilizado no hotsite da campanha(http://cuidardanatureza.wwf.org.br/), até o dia 30 de novembro, será premiado com uma viagem de seis dias para o bioma Amazônia, onde estão duas das dez áreas consideradas prioritárias para a criação de unidades de conservação.

Associada à meta do WWF-Brasil de contribuir para que a sociedade brasileira alcance o desmatamento zero até 2015, a iniciativa teve uma primeira etapa que, durante o mês de setembro, instigou a população a responder essa mesma pergunta. Sem saber que o WWF-Brasil era o autor da campanha, foram enviadas respostas variadas por pessoas de todo Brasil.


Para saber mais sobre a campanha acesse www.wwf.org.br/cuidardanatureza

Não tenham medo da família e dos seus frutos!!!

"Não tenham medo da família e dos frutos da família", essa é a mensagem que o casal Rodrigo e Roberta deixaram para você que acompanha a programação da TV Canção Nova.

Casados há 5 anos, eles tem três filhos e partilham um pouco de sua vida em família. Contam que no início de casamento tiveram algumas dificuldades, assim como outros casais têm. Mas com um diferencial: eles sempre buscaram ter Deus como centro do casamento.

Rodrigo partilha: "uma responsabilidade que temos é a de levar esses valores de Deus paras as crianças. Hoje em dia, temos a graça de sentar as 18h e rezar o terço juntos."

"Hoje posso dizer que sou uma mulher realizada por ter recebido de Deus essas três crianças, que pra nós são o sentido da nossa vida", diz Roberta.

Banda GOD First - Como és lindo!!!

sábado, 23 de outubro de 2010

Clipe - Banda Tryndade -Música :Profeta!!!


Participação: André Leite Vocalista da Banda Iahweh.

Deus escreve certo por linhas tortas.

A paz de cristo e o amor de maria Jovem!

Muitas vezes, nos perguntamos... a respeito de certos acontecimentos em nossa vida, " poxa,porque Deus deixou que isso acontecesse?", "porque isso tinha que acontecer logo agora?","isso só acontecesse comigo?" e blá.. blá ..blá.

Principalmente na fase de nossa adolescência, que estamos passando por uma transformação, que deixamos as brincadeiras e ganhamos responsabilidades, com o trabalho, nos estudos, começamos a trilhar nossos caminhos com os nossos ''próprios pés'', sem necessitar de nossos pais para tudo, e aí que vem os obstáculos na nossa vida e por muitas vezes, como disse acima, ficamos extremamente frustrados com certos acontecimentos, não entendendo o porque, e acabamos nos exaltando, até mesmo, em alguns casos nos distanciando de Deus, achando que é culpa DELE.

Jovem, se você passa por essa situação,e agindo da mesma forma PARE JÁ!

“Eu penso que os sofrimentos do tempo presente não têm proporção com a glória que há de ser revelada em nós”. (Rm 8,18)

"Saber sofrer é um dom e saber consolar o próximo é uma bênção! Da mesma forma como experimentamos dias felizes, vivenciamos dias dolorosos. Precisamos acolher um e outro como dons de Deus". (Luzia Santiago, Canção Nova)

Por isso jovem, através desses trechos que expus acima, a mensagem que deixo a você é que, só Deus sabe o que é bom pra você. E lembre-se que "errando que se aprende", portanto, nos momentos tumultuosos, agradeça ao senhor!, pois nada acontece por acaso, só de você acordar no dia seguinte, significa que Deus tem um plano pra você, ou seja, uma providência.

E nos momentos alegres, louve mais ainda, ajude um irmão (a) que está precisando de um amparo. E o principal disso tudo: é se você conseguiu superar as tribulações, passe a sua experiência a diante, como? Testemunho!
E a partir daí: Entregue seu caminho a Deus

Dioceses no Brasil celebram Dia Nacional da Juventude

Neste domingo, 24, várias dioceses do Brasil celebrarão o Dia Nacional da Juventude (DNJ), que este ano comemora 25 anos de caminhada, “DNJ 25 anos: celebrando a memória e transformando a história”. O objetivo do evento é chamar a atenção da sociedade para aspectos de interesse dos próprios jovens, como educação, políticas públicas, comunicação e tantos outros. É um apelo da juventude à sociedade.

A diocese de Montes Claros (MG) vai celebrar a data no ginásio do Colégio Marista São José. A concentração começa a partir das 14h. O arcebispo dom José Alberto Moura, preside missa às 15h. Logo após, o evento terá continuidade com barraquinhas, apresentações artísticas e culturais com temáticas juvenis, além de animação com bandas. “Esperamos que nossos jovens possam trazer consigo muita animação, disposição e entusiasmo para o evento”, comenta o assessor do Setor Juventude Arquidiocesano, padre Gledson Eduardo de Miranda Assis.

Na diocese de Umuarama (PR), o DNJ será celebrado no município de Altônia. Destaque especial será dado ao tema do evento: “Juventude: muita reza, muita luta, muita festa, em marcha contra a violência”. As atividades estão programadas para as 8h, no estádio municipal Juvenal Farias, onde haverá a recepção e café da manhã para os jovens, e na sequência, caminhada com trio elétrico até a Sociedade Rural de Altônia, onde acontecerá a missa às 9h30. Após a missa acontecerão apresentações artísticas: teatro, dança e música. A organização espera 8 mil jovens para a festa.

Cristo Folia é o nome do evento que vai celebrar o DNJ na arquidiocese de Juiz de Fora (MG). Dez mil jovens de 36 municípios vizinhos são esperados para a celebração. A folia termina às 17h com missa na catedral presidida pelo arcebispo dom Gil Antônio Moreira.

Em Salvador (BA) o DNJ será celebrado por meio do Crisjovem. Integrarão o evento missas, apresentações culturais e reflexões. Esta será a 38ª edição do Crisjovem na capital baiana. O evento acontece também no domingo, 24. Além deste evento domingo, a arquidiocese vai realizar também uma caminhada pela paz na orla marítima da capital. O objetivo do evento é demonstrar a insatisfação com a cultura da morte e da violência, pedindo mais paz e fraternidade à cidade de Salvador.

O Dia Nacional da Juventude na diocese de São José do Rio Preto (SP) vai ser celebrado no município de Votuporanga. A programação é variada e espera reunir cerca de 7 mil jovens vindos de 50 municípios. “A juventude deve ser o caminho da missão. O jovem precisa descobrir a força que ele tem na comunidade cristã, especialmente no contexto da nova cultura”, afirmou o bispo diocesano, dom Paulo Mendes Peixoto.

Além da missa e das apresentações de bandas católicas, o encontro contará com Tenda de Adoração ao Santíssimo, espaços para orientação espiritual e confissões, stands com palestras da Renovação Carismática Católica e exposição dos trabalhos das pastorais e movimentos da diocese. Feira de artesanato do Projeto Escola da Família também está programada.

“O DNJ faz com que os jovens das menores e mais distantes paróquias de nossa diocese estejam em comunhão e sintonia com os jovens de norte a sul do Brasil, refletindo o mesmo tema, estudando o mesmo material, usando as camisas com a mesma imagem. Isso me fascinou no primeiro DNJ que participei e tem encantado muitos outros jovens ainda hoje”. A afirmação é do coordenador da Pastoral da Juventude na diocese de São Mateus (ES), Marcelo Lírio. Lá são esperados 5 mil jovens para o evento.

É hora de se decidir

Fomos feitos por amor e para o amor
Amar é a essência da vida. Muita gente, porém, pensa que o amor é somente um sentimento que brota naturalmente sem que a gente precise fazer nada. Não! Amar é, antes de tudo, um ato de vontade. É necessário querer amar. É preciso tomar a decisão de amar, de expressar amor pelas pessoas com as quais vivemos; de querer envolvê-las com sinais de amor, até mesmo surpreendê-las com as nossas manifestações de amor.

Aqueles que não foram amados, que não receberam amor, que não tiveram um ambiente caloroso de amor; aqueles que não foram envolvidos nesse clima de afeto partilhado, frequentemente não sabem amar, não sabem expressar amor, não conseguem traduzir o amor em gestos. Não é que não exista amor neles: todos nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus amor. Há amor em nós, em todos nós.

O que essas pessoas não sabem é expressar o amor que há nelas. Não conseguem se manifestar em gestos de amor. Encabulam-se, inibem-se. Amar é resultado de aprendizagem. É preciso aprender a amar. Eles não receberam, não experimentaram, por isso não sabem amar, não sabem expressar amor.

E como se rompe esse círculo vicioso?
Decidindo-se a amar. É preciso que aconteça esse momento em nossa vida: a hora de decidir-se a amar, a manifestar amor em gestos concretos.

A gente aprende a amar amando. Mesmo se não tivermos a graça de viver num ambiente de amor, e por isso não aprendemos a amar, a manifestar amor, chega uma hora em que é preciso decidir. Chega o momento de começar a emitir sinais de amor.

É um momento importantíssimo, é uma hora de graça a hora em que a gente decide amar. Repito: amar é uma questão de decisão, é um ato de vontade. Principalmente expressar amor depende da nossa vontade. Começar a fazer gestos concretos de amor é resultado de uma decisão.

Não se assuste! Não se iniba. Não é nada difícil demais! É decidir-se e começar a fazer gestos de amor. Será como a criança que dá seus primeiros passos. É como começar a dizer as primeiras palavras. É assim que se começa. É assim que se aprende a amar. É assim que se rompe uma cadeia de morte, porque a Palavra de Deus diz claramente:
“Sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama permanece na morte” (I Jo 3, 14)

Pare um momento. Decida-se a amar. Tome uma decisão de começar a fazer atos de amor. Vai ser a mais linda decisão da sua vida.

Não deixe para depois. Faça isso agora. Decida-se a amar! Decida-se a fazer atos concretos de amor! Decida-se!

Dom Damasceno será recebido com festa em Aparecida

A Arquidiocese de Aparecida e o Santuário Nacional estão preparando uma grande festa para receber seu arcebispo, Dom Raymundo Damasceno Assis, que foi nomeado Cardeal pelo Papa Bento XVI, no último dia 20 de outubro.

A entrada oficial de Dom Damasceno no Colégio Cardinalício será no Consistório do dia 20 de novembro no Vaticano.

Dom Damasceno chega de Roma nesta terça-feira, dia 26 de outubro, onde esteve participando do Sínodo dos Bispos para o Oriente Médio.

Está sendo preparada uma recepção para Dom Damasceno na Basílica Velha, região central de Aparecida, a partir das 10h do dia 26, terça-feira.

Foram convidadas autoridades civis, eclesiásticas e as paróquias que compõem a arquidiocese.

A festa já começa na entrada da cidade, quando os batedores do Santuário Nacional irão à frente do carro de Dom Damasceno, conduzindo-o até a Basílica Velha, onde ele receberá as homenagens.

Dom Damasceno será recebido pelo Vigário Geral da Arquidiocese, Padre Nelson Ferreira Lopes, pelo Reitor do Santuário Nacional, Padre Darci Niciolli, pelo clero arquidiocesano, religiosos e religiosas e pela comunidade.

Dom Damasceno atenderá a imprensa após as homenagens, no salão da Casa Paroquial.

COMIDI promove I Encontro de Motivação Missionária

O COMIDI – Conselho Missionário Diocesano realiza no dia 30 de outubro o I Encontro de Motivação Missionária com o objetivo de refletir sobre o tema "Missão e Partilha" e também sensibilizar os representantes das paróquias para a dimensão missionária e organização do COMIPA - Conselho Missionário Paroquial.

O Encontro é uma resposta ao estímulo por parte de Dom João Braz, Arcebispo de Brasília, à ação evangelizadora da Igreja chamada a fazer de todos os seus membros discípulos e missionários de Cristo, Caminho, Verdade e Vida.

O encontro será realizado na Cúria Metropolitana de Brasília (ao lado da Catedral Nossa Senhora Aparecida) e as inscrições podem ser realizadas até o dia 25 de outubro. Mais informações no 9992-0279 com Alzira.

Saiba mais


COMIDI – Conselho Missionário Diocesano

Definição: Organismo que tem como finalidade animar missionariamente a Diocese através de eventos, iniciativas e atividades, assessorando, acompanhando e incentivando a caminhada dos COMIPAs – Conselhos Missionários Paroquiais.

A constituição do COMIDI em nossa Arquidiocese foi um desejo manifestado e registrado, pelos integrantes do grupo Missão, na Assembleia Arquidiocesana realizada em 2007.

Finalidade: Ser, ao mesmo tempo, "espaço e instrumento" privilegiado da consciência e do empenho missionário da Igreja Local.

Como “espaço”,“A Igreja é chamada a repensar profundamente e a relançar com fidelidade e audácia sua missão nas novas circunstâncias latino-americanas e mundiais” (DAp ).11).
Como "instrumento", contribui para que a Arquidiocese viva a sua natureza essencialmente missionária, manifestando-a na prática, no compromisso com as Igrejas espalhadas pelo mundo inteiro.


Atribuições do COMIDI

Realizar reuniões periódicas com representantes de cada setor pastoral;

Realizar Encontros e Retiros de espiritualidade missionária;

Promover cursos de formação missionária;

Oferecer assessoria na implantação e organização dos COMIPAs;

Assessorar a organização de semanas de animação missionária nas paróquias;

Realizar Assembleias para planejamento e avaliação;

Promover Congressos e Festivais Missionários;

Assessorar a implantação da Infância Missionária nas Paróquias;

Possibilitar a divulgação de revistas missionárias.

“O COBRADOR DE IMPOSTOS...BATIA NO PEITO, DIZENDO: MEU DEUS, TEM PIEDADE DE MIM QUE SOU PECADOR!” (Lc 18,13)

+ João Braz de Aviz
Arcebispo Metropolitano de Brasília


Na frente de Jesus estavam pessoas “que confiavam na sua própria justiça e desprezavam os outros” (Lc 18,9). E esta a atitude que o Mestre quer corrigir com a parábola do fariseu e do cobrador de impostos. Os dois são pecadores embora só o cobrador de impostos reconhecesse sua condição. Os dois se dirigem a Deus através da experiência da oração, o fariseu, porém, para elogiar suas ações e julgar o outro, enquanto o cobrador de impostos para reconhecer seus próprios erros. Este último “nem se atrevia levantar os olhos para o céu; mas batia no peito” (Lc Lc 18,13) com sinceridade.

A justiça e a bondade religiosas do fariseu, que o faziam superar o roubo, a desonestidade, o adultério, a sonegação de impostos e o tornavam capaz de jejuar e pagar o dízimo, estavam manchadas de orgulho. Sua soberba o levou a tomar o lugar de Deus, único juiz. Além disso, ela o levou a destruir a segunda parte da Aliança que é o amor ao próximo, a fraternidade estabelecida por Deus para todos os homens. Ele negou esse ensinamento no momento em que condenou seu irmão cobrador de impostos.

Deste modo, o que se tinha por justo voltou para casa sem o perdão de Deus, enquanto o cobrador de impostos, cheio de pecados, alguns até públicos, voltou para casa justificado (cf Lc 18,10-14). Podemos tirar duas conclusões a esse respeito: só os humildes, os que reconhecem sua condição de pecadores, são acolhidos por Deus. De outro lado, não pode haver culto verdadeiro a Deus e observância correta da moral, sem a relação de misericórdia e de acolhida do outro como irmão.

O Filho de Deus agiu com humildade para nos trazer salvação. No momento em que a comunidade de Filipos manifestava algumas divisões, o apóstolo Paulo indicou a humilhação de Cristo Jesus como caminho para manter a unidade: “Tende em vós o mesmo sentimento de Cristo Jesus: Ele tinha a condição divina, e não considerou o ser igual a Deus como algo a que se apegar ciosamente. Mas esvaziou-se a si mesmo, e assumiu a condição de servo, tomando a semelhança humana” (Flp 2,5-7). Este “esvaziar-se de si mesmo”, próprio de Deus, faltou ao fariseu. Ele não se fez igual a Deus que é amor, mas praticou o bem para ser reconhecido como diferente e maior.

O livro do Eclesiástico nos assegura: “O Senhor é um juiz que não faz discriminação de pessoas” (Eclo 35,15b). Por isso, se o homem ou a mulher discriminam pessoas não agem como Deus, e Ele então não os justifica.

Nota "Brasil e Eleições 2010"

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

rquidiocese celebra missa pelos 85 anos de Dom José Freire Falcão!!!

A arquidiocese de Brasília realiza na próxima sexta-feira uma missa de Ação de Graças pelo aniversário natalício de 85 anos de seu arcebispo emérito, Dom José Freire Falcão. A celebração está marcada para às 20h na Catedral Nossa Senhora Aparecida.

Biografia

Dom José Falcão nasceu na cidade cearense de Ererê. Seus primeiros estudos aconteceram no Seminário da Prainha, em Fortaleza e em 19 de junho de 1949 foi ordenado sacerdote na Igreja Matriz de Limoeiro do Norte. Para sua surpresa, o então Papa Paulo VI o nomeou Bispo Titular de Vardimissa e coadjutor com direito a sucessão de Limoeiro do Norte em 24 de abril de 1967, somente 19 anos após sua ordenação presbiteral.

Participou de duas Conferências Episcopais Latino Americanas: em 1968 em Medelín, na Colômbia, e Povoa, no México, em 1979. Também fez parte do grupo de bispos eleitos pelo Papa João Paulo II para participar da VI Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos que aconteceu na Cidade do Vaticano em 1983.

Dom José Falcão assumiu a arquidiocese de Brasília em 15 de fevereiro de 1984 e foi criado Cardeal em 28 de junho de 1988 onde ficou à frente desta Igreja particular até 2004.

Pensamento do Dia!!!

"A busca de Deus é a busca da alegria. O encontro com Deus é a própria alegria."
(Santo Agostinho)

Evangelho do Dia!!!

Jesus continuou:
- Eu vim para pôr fogo na terra e como eu gostaria que ele já estivesse aceso! Tenho de receber um batismo e como estou aflito até que isso aconteça! Vocês pensam que eu vim trazer paz ao mundo? Pois eu afirmo a vocês que não vim trazer paz, mas divisão. Porque daqui em diante uma família de cinco pessoas ficará dividida: três contra duas e duas contra três. Os pais vão ficar contra os filhos, e os filhos, contra os pais. As mães vão ficar contra as filhas, e as filhas, contra as mães. As sogras vão ficar contra as noras, e as noras, contra as sogras

Bíblia Sagrada, Nova Tradução na Linguagem de Hoje

Bom dia!

Contextualização histórica é muito importante…

Já se tinha passado anos e anos desde que Moisés desceu do monte e o povo meio que já havia esquecido de Deus. As gerações foram aos poucos trocando a lembrança e A PRESENÇA de Deus pela interpretação da LEI de Moisés. O povo de Deus havia perdido a brasa sobre as cinzas de sua vaidade, do orgulho, da ganância, (…). Jesus então deixava claro que veio para por fogo novamente naquilo ou naqueles que Ele já esperava que já estivesse aceso: vida e espiritualidade

Em outro momento do evangelho pode-se até soar que Jesus estivesse desejando a desagregação ou a divisão dos lares, das famílias, (…) mas como poderia querer isso se não veio para mudar a Lei.

“(…) Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição”. (Mateus 5, 17)

Em ambos os casos, algo fica nítido: o como interpretamos os fatos!

Na leitura do evangelho, em muitos momentos, é preciso muito mais que sentimento e a abertura. Precisamos ter em mãos o entendimento do que estava acontecendo naquela época, para assim especularmos o que acontecia. Como exemplo temos as parábolas de Jesus… Elas são repletas de contextualização, fatos e situações da época que para “compreende-la” se faz necessário romper com o entendimento emocional e tendencioso. A esse entendimento a igreja chama de exegênese.

Um parêntese… Ainda fico horrorizado ao ver aquele “apóstolo” da igreja Mundial ler e interpretar a parábola do tesouro encontrado “(…) O Reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo”. (Mateus 13, 44); Jesus usava essa parábola para valorizarmos o que é eterno em detrimento ao passageiro, mas o “apóstolo” afirmava “vende o que tem e dê para ‘ajudar’ a igreja”. (hunf). Realmente, o povo ainda valoriza a SUA LEI em detrimento a presença de Deus

Confesso que é difícil de agüentar ver pessoas (gostaria de acreditar que não é de má fé) usando a fragilidade (e o momento) das outras, através de palavras escolhidas e manipuladas, para que pessoas façam o que outras realmente querem. Vendo pessoas dando tudo que tem para sustentar o luxo e as vaidades de pessoas que usam a palavra de Deus como forma de “ganhar a vida” (ou seria perdendo?).

Outro ponto nesse evangelho…

Pais contra filhos, filhos contra pais… Soa algo parecido com hoje? Os motivos dos desgastes ainda são os mesmos (vaidade, orgulho, ganância, descompromisso, distanciamento…). A brasa que move nossa vida ou nossas vidas esta novamente se apagando, afogando-se em montes de cinzas. Nossos relacionamentos cada vez mais rotineiros (A LEI) e menos amorosos, atenciosos, zelosos,… (A PRESENÇA).

Desde que o mundo é mundo é sim possível, dentro de uma mesma casa ou família, existir pensamentos e condutas diferentes, pois é sabido que pessoas criadas pelos mesmos pais, mesmo sendo gêmeas, nem sempre têm as mesmas atitudes e respostas a um mesmo estímulo, imagine então quanto a crenças. Sendo assim plausível entender e até compreender sem tecer julgamentos, que existam pessoas muito religiosas que infelizmente, ou felizmente, sofrem pelo descrédito e desmazelo de um outro ente ou entes tão próximos (marido, esposa, filhos,…).

“(…) É só em sua pátria e em sua família que um profeta é menosprezado E, por causa da falta de confiança deles, operou ali poucos milagres”.(Mateus 13, 56-57)

Em contrapartida a religião também não pode desagregar uma família. Uma mãe ou pai não pode ficar triste ou criticar seu filho(a) por ter uma crença. Será que ficariam felizes se eles estivessem em casa num domingo inteiro olhando para as paredes?

A descrença dentro de casa pode ser um dos fatos que impedem que surjam milagres em nossas vidas em família. Mesmo assim, não nos permitamos a creditar a culpa dos erros, oriundos da vontade individual de outros, a nós. Digo isso pela quantidade de pessoas que se apropriam disso, se culpam, sofrem e adoecem achando que sua fé causa perseguição ou desarmonia em sua casa. A fé vai clareando os cômodos e não tampando as janelas para luz não entrar.

Saibamos dividir a responsabilidade pelas cinzas. O fogo dentro de uma casa é responsabilidade de cada um e não somente de um fiel.

Irmãos! O fogo já deveria estar acesso…

Um imenso abraço fraterno.

WMblog.blogspot.com - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: Rodrigo Vidigal