segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Podcast: O rock na Igreja - Podmúsica - Canção Nova

O convidado desta semana no Podmúsica é o vocalista da banda Rosa de Saron, Guilherme de Sá.

Nascida em 1988, a banda começou no estilo heavy metal. De lá para cá muita coisa mudou e atualmente o estilo musical se encaixa no pop rock. As músicas do conjunto são profundas e falam sobre sentimentos, desafios e experiências, levando os jovens à reflexão.

O rock na Igreja e a música-mensagem são os assuntos de hoje do Podmúsica.


PietáEu quero aprender com os acontecimentos. É um jeito de restituir a vida. É um jeito de consolar as mães e, quem sabe assim, ressuscitar os meninos.

A mulher parecia absorvida em sua dor. Trazia no rosto as marcas de um acontecimento que não combina com o tempo. Os dois anos já passados pareciam estacionados em seus olhos, como se a vida não pudesse mais realizar o seu processo natural de prosseguir. Há acontecimentos que não cabem no tempo. Uma dor não dura o mesmo tempo que o fato que a provoca. Ela vai além, muito além. A dor é uma extensão da vida.

O fato foi terrível. Aquela mulher encontrou o seu menino morto na piscina de sua casa. Teve também que retirá-lo das águas. Pegou-o ao colo, assim como tantas outras vezes. Aconchegou-o no peito, assim como nas noites em que o alimentava para que pudesse voltar a dormir tranqüilo. O amor é assim: é feito de madrugadas; feito de silêncios que atribuem sentidos; feito de olhares que contemplam os que amamos como continuidade do que somos. Aquela mulher sabia de tudo isso.
Ao retirar das águas o seu menino já sem vida, aquela mulher parecia cumprir no tempo o prolongamento da escultura de Michelangelo, Pietá (1498), a virgem que segura nos braços o seu filho morto. Pietá é a metáfora da dor materna que não tem nome. A morfologia de um sofrimento agudo que nos retira a fala e que nos dificulta as respostas.
Tive oportunidade de ouvir o seu relato. Contou-me com lágrimas teimosas o acontecido. O cenário era sugestivo. Estávamos à beira do rio Jordão, lugar onde Jesus foi batizado. Ela se aproximou e eu tive a graça de renovar o seu Batismo. Ao derramar água sobre a sua cabeça, foi inevitável o pensamento que me ocorreu. Um pensamento que de alguma forma já se estabelecia como prece. No meu coração, eu pedia a Deus que aquela mulher fosse capaz de retirar definitivamente o seu filho das águas. Pedi ao Senhor da vida que a ajudasse a sepultar o seu filho. Não o sepultamento do esquecimento, mas o que proporciona a ressurreição; aquele que nos dá coragem de olhar para a dor sem que ela nos sufoque.
Logo depois do gesto, enchi-me de coragem e recomendei-lhe com ternura: “Retire o seu menino das águas! Saia da beira da piscina e permita que a vida continue!”. Ela sorriu serena e disse que tentaria. Mais tarde, ela me pediu que escrevesse a frase dita. Eu escrevi. Mas resolvi escrever aqui também. Pode ser que essas palavras caiam nas mãos de pessoas que estejam com dificuldades de permitir o movimento da vida. Pode ser que hoje esse pequeno texto venha encontrar alguém que esteja paralisado pela dor, impossibilitado de prosseguir.
A virgem da piedade encontrou no filho a causa do seu prosseguimento. Pietá só é bela, porque conhecemos a sua continuidade. O filho ressurgiu. Aquele momento não é o definitivo. A dor é a ponte que a fez chegar ao lugar mais belo de seu coração. É a vida. E eu gostaria que não fosse assim. Que meninos não morressem antes da hora. Mas não posso mudar a ordem dos acontecimentos. O que posso é silenciar-me diante da cena e pedir que Deus nos encaminhe para o aprendizado que o acontecimento pode nos trazer.

fonte: revista Ir ao Povo

Imagens do suposto esquema de mesada a deputados têm até oração

Deputados distritais se abraçam e rezam em um dos encontros.
Vídeo faz parte das provas reunidas por ex-secretário do governo.

Depois das cenas em que o atual presidente da Câmara Distrital, Leonardo Prudente (DEM), guarda dinheiro nas próprias meias, feitas em 2006, o acervo de vídeos que mostram os bastidores do suposto esquema de pagamento de mesada para a base aliada do governo do Distrito Federal revela deputados rezando em um dos encontros com Durval Barbosa, autor dos vídeos.

O ex-policial, que era secretário de Relações Institucionais do governo de José Roberto Arruda (DEM), aceitou cooperar com a Polícia Federal em troca dos benefícios da delação premiada. No vídeo, o deputado Rubens César Brunelli (PSC), de camisa roxa, o atual presidente da Câmara, de camisa branca, e Barbosa se abraçam e realizam uma longa oração.


--------------------------------------------------------------------------------
“Pai, eu quero te agradecer por estarmos aqui. Sabemos que nós somos falhos, somos imperfeitos”
--------------------------------------------------------------------------------

Os deputados e o ex-secretário comemoram, batem palmas e começam a rezar: “Pai, eu quero te agradecer por estarmos aqui. Sabemos que nós somos falhos, somos imperfeitos”, diz o deputado Brunelli, que faz a oração. “Precisamos dessa tua cobertura, dessa tua graça, da tua sabedoria, de pessoas que tenham, senhor, armas para nos ajudar nessa guerra e, acima de tudo, todas as armas podem ser falhas, todos os planejamentos podem falhar, mas o senhor nunca falha”, complementa.



sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Podcast: Qual é a Verdadeira Igreja?

No meio de milhares e milhares de igrejas, saiba qual é a verdadeira. Este Áudio mostra que existem mais de 40.000 denominações protestantes e qual qual em contradição uma com a outra.



Fonte: Bíblia Católica News

CNBB quer agilidade na votação de projeto que impede candidatura de ficha suja

O secretário-geral da CNBB, D. Dimas Lara teve encontro com o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer, para propor que a casa faça uma comissão geral para discutir o tema.

O movimento entregou cerca de 1,3 milhão assinaturas de eleitores há dois meses, e esteve na Câmara novamente para reforçar a pressão pela votação da matéria. D. Dimas disse que Temer se comprometeu a votar a o projeto com celeridade. O presidente da Câmara, por sua vez, repassou aos líderes partidários a iniciativa de pautar a matéria.

Entrega dos prémios Kerygma

Os prémios Kerygma da Música Católica do biénio 2007/08 já foram entregues aos vencedores. A irmã Maria Amélia Costa recebeu o Prémio Consagração 2008 e o Prémio Revelação 2007 vai para o grupo «SpiriTeen» sendo o Prémio Revelação do ano seguinte atribuído ao «Luce».

«Terceira Margem» foi escolhido como melhor Artista/Grupo 2007-2008 e a Melhor Canção do biénio foi atribuída à letra e música de Claudine Pinheiro «Recolher». «Lc 15,7 – Kyrios» recebeu o prémio para melhor álbum 2007/08 O Pe Marcos Alvim e «Simplus» foram os galardoados com o prémio evangelização 2008.

O programa de atribuição dos Prémios Kerygma da Música Católica vai ser transmitido na TV Canção Nova, no dia 28 de Novembro de 2009, às 21.00h. A Associação Cultural Kerygma idealizou e instituiu os Prémios Kerygma da Música Católica com o objectivo de incentivar a evangelização através da actividade musical, destacando e promovendo, em cada período (neste caso os anos de 2007-2008), os melhores intérpretes e os melhores trabalhos musicais

Poderá obter mais informações sobre estes prémios em www.kerygma.pt

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Rosa de Saron lança nova música no myspace


A banda Rosa de Saron lança sua nova música na rede. A faixa chamada “O Sol da Meia-Noite” fará parte do novo álbum da banda “Horizonte Distante” previsto para ser lançado em dezembro e pode ser ouvida no MySpace Oficial da banda, que para marcar este lançamento foi reestruturado e apresenta agora um visual baseado no novo trabalho.
Ouça "O sol da meia noite"
Horizonte Distante: este é o título do oitavo álbum da banda Rosa de Saron.
Depois do enorme sucesso com o formato acústico, Eduardo Faro (guitarra), Guilherme de Sá (voz), Rogério Feltrin (baixo) e Wellington Greve (bateria) retornam ao formato elétrico cheios de criatividade e bom gosto.
A banda Rosa de Saron em “Horizonte Distante” imprime um novo som e uma nova postura, que com certeza conquistará o público neste novo álbum.”

Música do dia!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

VeM Dançar com Cristo - Taguatinga/DF

Olá queridos irmãos em Cristo!
Mais uma vez, com muita alegria, queremos convidá-los a participar conosco do Barzinho com Jesus! Desta vez com o tema: Vem Dançar com Cristo!
Será uma noite muito especial na presença do Senhor!
Teremos muita dança, comidas gostosas e bebidas não alcóolicas!
Esperamos ansiosamente por sua companhia neste evento cristão!
Sábado dia 28 de novembro
a partir das 20h
Salão de Festas da Paróquia Santa Teresinha
ENTRADA FRANCA
Paz de Jesus, amor de Maria!
Comunidade Católica Gratidão
Presença de amor gratuito ao Senhor

1º Incendeia Riacho



QN 1 - Bairro da Telebrasilia - Riacho Fundo I
Em frente ao estacionamento da Capela Anjo da Guarda

Gincana, Algodão-doce, Pula-Pula, Pipoca, Cama Elástica e muito mais!

Bandas:

  • Amigos do Pai

  • Swing Cristão

  • Banda São Rafael


ENTRADA FRANCA

Ajude doando 1kg de alimento não perecível.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Reflexão do Dia!!!

Lc 21, 5-11

Não podemos por na realidade material o sentido final da nossa vida e a causa da nossa felicidade, pois o mundo material é transitório e só encontra o seu verdadeiro sentido enquanto é relacionado com o definitivo, ou seja, o mundo espiritual, e contribui para que a pessoa encontre nos valores que não são transitórios a causa da sua vida e da sua felicidade. Assim, devemos ser capazes de submeter os valores transitórios aos valores definitivos, pois somente eles podem nos garantir a nossa plena realização.

Música do Dia!!!

Nota da CNBB pelo Dia da Consciência Negra!!!

A cada 20 de novembro, celebra-se o dia da Consciência Negra, na memória do martírio de Zumbi dos Palmares. A memória desta data assume o caráter de celebração pela presença dos afro-brasileiros que, desde o início, vêm enriquecendo a história e a cultura brasileiras. Assume também o caráter de compromisso e responsabilidade na luta pela inserção cidadã dos negros e negras que vivem à margem da sociedade, em situações de miséria e exclusão social.

Congratulamo-nos com os afro-brasileiros e aproveitamos este momento de celebração e de compromisso, para chamar a atenção para a realidade de violência que atinge os adolescentes e jovens, especialmente os negros e negras, em nosso país. Fazemos este alerta a partir do princípio de que o cuidado com a vida humana deve atingir todas as suas fases, e é justamente na adolescência e juventude que a vida se encontra, em nossos dias, mais ameaçada.

A Igreja no Brasil, reconhecendo que os afro-brasileiros enriquecem a vida eclesial pela expressividade corporal, o enraizamento familiar e o sentido de Deus (Documento de Aparecida, 56), deseja que essa riqueza cultural seja partilhada na alegria de uma vida vivida com dignidade, e se faz solidária com todas as vítimas da violência. Oportunizar espaços de vida digna a todos, particularmente aos adolescentes e jovens, viabilizados pelo acesso à moradia, educação, saúde e alimentação adequadas, é caminho necessário para a superação dessa realidade perniciosa.

Reafirmamos o nosso compromisso no cuidado com a vida e lembramos a necessidade de continuar com as políticas afirmativas de inclusão da população negra, um caminho inequívoco de superação da miséria e exclusão social e de construção da cidadania.

Com as Bênçãos de Nossa Senhora Aparecida!

CF-2010: Campanha ecumênica quer dignidade para todo brasileiro!!!

No dia da Solenidade de Cristo Rei, 22 de novembro, a Diocese de Bauru reuniu suas lideranças para a preparação da Campanha da Fraternidade 2010 "Economia e Vida", cujo lema é "Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro", organizada pela CNBB em parceria com o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs no Brasil (Conic).

As palestras realizadas na Universidade do Sagrado Coração abordaram o conteúdo do texto-base e trouxeram esclarecimentos sobre como vai ser desenvolvida a campanha em Bauru e em todo o Brasil. Para o coordenador da Campanha da Fraternidade do Sub-regional de Botucatu, Francisco Ferreira Nunes, o seu Chico, muito do que se refere à economia e vida depende das decisões políticas. “Precisamos esclarecer as pessoas para que lutem por seus direitos. Muitos só sentem as obrigações, os puxões-de-orelha, os maus-tratos, e com a compreensão maior de tudo, há como falar, reunir, discutir, fazer reivindicações. É preciso ser dono dos seus direitos e protagonizar a própria vida. É uma campanha brasileira, ecumênica, sem credo religioso: é da pessoa humana,” explica o coordenador.

O assessor de empresas Klaudio Cóffani Nunes reforçou, na sua palestra, a necessidade de se compreender qual a dinâmica da própria vida. De cuidar das necessidades cotidianas e de fazer uma auto-avaliação do que se pode melhorar. Klaudio explicou também que, ao compreender as relações econômicas, pode-se julgar melhor as próprias condições e perceber equívocos. Existem até casos que é preciso tomar consciência dos próprios exageros, como aquele que planeja tanto o futuro que causa prejuízo ao presente, vivendo mal. Klaudio observou que a CF-2010 irá contribuir muito para que os próprios padres e administradores lidem melhor com as finanças da comunidade ou da paróquia em que atuam.

Padre Marcio Cattache fez o aprofundamento bíblico em relação ao tema, reforçando, segundo “as raízes do reino de Deus que se encontram na solidariedade e no amor ao próximo”, desejando, ao final de sua fala, “que a multiplicação dos pães seja realmente vista como sinal profético de que um novo modo de vida é possível”. Para o padre, a metodologia do ver-julgar-agir irá se manifestar ao ver a necessidade dessa campanha, julgar com base na visão bíblica do tema, e agir para melhorar as situações existentes.

No encontro, as lideranças tiveram alguns discernimentos sobre a realidade da economia atual, sobre a globalização que não chegou à maioria, e a crise econômica que ainda é discutida nos jornais. Para Célia Ferreira Neves da paróquia são Benedito, o encontro foi bem objetivo e acredita que todas as abordagens serviram para prosseguir na formação, conscientização e na provocação de mudanças em sua comunidade.

Gerson Luiz Alves Pinheiro, coordenador da CF em Bauru, disse que todas as 41 paróquias que compõem a Diocese de Bauru terão encontros e ações de participação e de formação por região pastoral, reunindo mais agentes visando a maior compreensão das diversas formas de atuação ecumênica em favor da dignidade humana. Para ele, esse foi um momento formativo e, antes do lançamento da campanha, na quarta-feira de cinzas, todos terão um bom preparo para o gesto concreto da campanha da solidariedade.

Fonte: Cecília de Paiva, jornalista /Revista Missões/Comidi Bauru/

TV Canção Nova faz 20 anos e comemora em noite de festa!!!

Na próxima quinta-feira (26), um grande evento no auditório da sede da Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), marcará as comemorações dos 20 anos da TV CN. Em noite de festa, vários ícones da comunidade católica receberão autoridades eclesiásticas, políticas, civis, militares e representantes de outras emissoras.

A abertura ficará por conta de Wellington Jardim, diretor executivo da Fundação João Paulo II e Comunidade Canção Nova, que certamente dará ênfase aos 20 anos de evangelização por meio de um canal de TV isento de propagandas comerciais. Eto, como é chamado pelos fiéis da comunidade, também chamará atenção para a recente assinatura de consignação do canal no padrão do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD).

Com investimentos iniciais da ordem de US$ 5 milhões em equipamentos, treinamento, cenário e estúdios, a TV Canção Nova deve dar início já no próximo ano à segunda fase de implementações, substituindo os transmissores analógicos de suas 350 retransmissoras por digitais.

A digitalização será dividida em etapas para atender às exigências do Ministério das Comunicações. Estão sendo priorizadas as estações localizadas nas capitais e geradoras: Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Cachoeira Paulista, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e Vitória. “Todas, a seu tempo, terão seus retransmissores atualizados, porque faz parte do nosso projeto anunciar Jesus para todos os moradores dessas cidades, indistintamente”, diz Eto.

Prêmio João Paulo II de Jornalismo

Durante o evento, a matéria factual da TV Canção Nova mais alinhada com o perfil editorial da emissora neste ano será agraciada com o troféu João Paulo II de Jornalismo, que também concederá menção honrosa aos repórteres das duas melhores séries de reportagens especiais.

Livro incentiva a participação das comunidades nas festas religiosas por meio de apresentações teatrais!!!!

A palavra “teatro”, do grego theátron, significa “lugar aonde se vai para ver”, e ele foi um dos aspectos mais significativos da cultura grega por conta do seu caráter educacional e da sua capacidade em transmitir, de forma dinâmica, vários ensinamentos.

As apresentações teatrais são maneiras cativantes de convidar as pessoas a refletirem sobre acontecimentos da vida, e é com esse objetivo que a PAULUS lança Encenações para Natal e Páscoa, de Antônio F. Bohn. “A dramatização dos conteúdos de nossa fé cristã ilumina nossas mentes, enquanto favorece a criatividade e a participação comunitária”, afirma o autor.Com roteiros de encenações relacionados à encarnação e à ressurreição de Jesus Cristo, o livro traz também orientações de cenografia e iluminação.

A estrutura simples e objetiva dos roteiros presentes na obra permite o seu uso por atores iniciantes e até mesmo por amadores. “Encenações para Natal e Páscoa querem colaborar na celebração desses dois acontecimentos em nossas comunidades, escolas, grupos bíblicos de reflexão, encontros catequéticos e em nossas celebrações eucarísticas e da palavra”, explica Bohn.

O envolvimento dos cristãos nas celebrações do Natal e da Páscoa é o principal objetivo das encenações teatrais, já que elas provocam no ator e no espectador a sensação de proximidade com a história bíblica.

Pensamento do Dia!!!

A paz não é espera nem descanso. É um equilibrio que se mantém no movimento e que desdobra constantes energias de espírito em ação. É uma força

inteligente e viva. Dizer sim à paz é dizer sim a Deus.
(Paulo VI)

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Reflexão do Dia!!!

Lc 21, 1-4

Muitas vezes somos injustos com as pessoas porque fazemos do elemento quantitativo a principal fonte dos nossos juízos e das nossas decisões em relação a elas. Assumindo os critérios do mundo, o número cada vez mais torna-se o principal critério para a nossa avaliação. Jesus nos mostra que diante de Deus, devemos pensar de forma diferente. Não é o quanto foi dado que manifesta a generosidade da pessoa, mas o como, o porquê e o significado da quantia que são realmente importantes, pois nos revela o relacionamento da pessoa com Deus e o seu envolvimento com ele.

domingo, 22 de novembro de 2009

Pensamento do dia!

"A falta de amor é a pior de todas as pobrezas"

(Beata Madre Teresa de Calcutá)

Muçulmanos incendeiam lojas coptas no sul do Egito

Centenas de manifestantes muçulmanos incendiaram neste sábado estabelecimentos comerciais pertencentes a coptas em uma cidade do sul do Egito, e atacaram um posto policial, porque suspeitavam de que o mesmo abrigava um cristão acusado de violentar uma muçulmana, segundo a Polícia.

As forças de segurança dispersaram os manifestantes na cidade de Farchut com bombas de gás lacrimogêneo e detiveram 60 pessoas durante os confrontos, nos quais sete lojas de cristãos coptas foram destruídas, acrescentou uma autoridade policial.

Os manifestantes atacaram o posto policial a pedradas por suspeitarem que em seu interior estava um copta acusado de ter sequestrado e violentado uma muçulmana de 12 anos, explicou.

Os coptas são a principal comunidade cristã do Oriente Médio e representam entre 6 e 10% dos 80 milhões de egípcios, de acordo com diversas estimativas. Eles se queixam que sofrem discriminação e ameaças sistemáticas em seu país.

Fonte: Agência AFP

sábado, 21 de novembro de 2009

“Sem Deus, humanidade perde grandeza e beleza”

Cardeal Tarcisio Bertone fala aos médicos católicos

“Quem pretende substituir Deus com sua própria autonomia perde a própria vida, porque rechaça quem a criou e encaminhou ao cumprimento definitivo e glorioso de seu plano de salvação.”

Com estas palavras pronunciadas durante a homilia, o cardeal secretário de Estado vaticano, Tarcisio Bertone, convidou os membros do Conselho Nacional das Associações Médicas Católicas Italianas (AMCI) a refletir sobre a crise moral que assola a sociedade moderna.

Na sexta-feira passada, na Capela Paulina do Palácio Apostólico, dentro da Cidade do Vaticano, o secretário de Estado transmitiu à AMCI o “mais vivo alento para prosseguir em vossa missão”.

“O Papa –afirmou o purpurado– acompanha-os com a oração e envia sua bênção, estendendo-a a todos os sócios” da instituição.

Abordando os desafios da modernidade, o cardeal Bertone recordou que “a atividade do médico católico se revela útil não apenas para os fins da saúde física, mas também, de certo modo, da saúde moral e espiritual do paciente”.

Isso –continuou– porque “corpo e espírito estão no homem tão unidos que um influencia no outro, e vossa tarefa principal é tutelar e promover a vida em sua realização integral”.

O cardeal referiu-se à crise de civilização que caracteriza nosso tempo, em que “a própria medicina, que por sua natureza deve tender à defesa e ao cuidado da vida humana, em alguns de seus setores presta-se cada vez mais a realizar atos contra a pessoa”.

Neste sentido, destacou “a urgência de educar na cultura da vida”.

“Por um lado, assiste-se à eliminação de vidas humanas nascentes ou que se encontram no fim; por outro, torna-se cada vez mais difícil para a consciência distinguir o bem do mal no que afeta o próprio valor fundamental da vida humana”, explicou.

Referindo-se à encíclica Caritas in veritate, o secretário de Estado vaticano denunciou a “concepção material e mecanicista da vida humana” que reduz o amor sem verdade a “uma casca vazia que preencher arbitrariamente” e pode comportar efeitos negativos para o desenvolvimento humano integral.

Segundo o purpurado, para educar na cultura da vida, é necessário “poder contemplar em todo ser humano o reflexo da beleza e do amor de Deus”.

Porque “sem Deus o homem deixa de perceber a si mesmo como ‘misteriosamente outro’ em relação às diversas criaturas terrenas, e é considerado como um de tantos seres vivos, como um organismo que, quando muito, alcançou um estado muito elevado de perfeição”, afirmou.

O secretário de Estado vaticano denunciou então o aborto e as mortes por causa da fome. “Há vidas que não são notícia e cuja perda não dá sobressaltos”, lamentou.

“Há batalhas sacrossantas para salvar a vida de condenados à pena de morte e para salvaguardar o direito à vida também dos que cometeram graves delitos –acrescentou–, enquanto se considera legal e justa a morte de inocentes, com leis aprovadas por maiorias em Parlamentos civis.”

“A emotividade ou as ideologias e as razões políticas substituem na prática a consciência retamente iluminada”, constatou.

Em resposta aos que pretendem substituir Deus pela sua própria autonomia, o cardeal Bertone propôs “o testemunho dos crentes que reafirmam a primazia de Deus sobre tudo: este é de fato o único caminho que conduz o homem a sua plena realização”.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo

A celebração da Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, fecha o Ano Litúrgico onde meditamos, sobretudo no mistério de sua vida, sua pregação e o anúncio do Reino de Deus.

Durante o anúncio do Reino, Jesus nos mostra o que este significa para nós como Salvação, Revelação e Reconciliação ante a mentira mortal do pecado que existe no mundo. Jesus responde ao Pilatos quando pergunta se na verdade Ele é o Rei dos judeus: "Meu Reino não é deste mundo. Se meu Reino fosse deste mundo, meus súditos teriam combatido para que não fosse entregue aos judeus. Mas meu Reino não é daqui" (Jo 18, 36). Jesus não é o Rei de um mundo de medo, mentira e pecado, Ele é o Rei do Reino de Deus que traz e ao que nos conduz.

Cristo Rei anuncia a Verdade e essa Verdade é a luz que ilumina o caminho amoroso que Ele traçou, com sua Via Crucis, para o Reino de Deus. "Tu o dizes: eu sou rei. Para isso nasci e para isto vim ao mundo: para dar testemunho da verdade. Quem é da verdade escuta minha voz." (Jo 18, 37) Jesus nos revela sua missão reconciliadora de anunciar a verdade ante o engano do pecado. Assim como o demônio tentou Eva com enganos e mentiras para que fora desterrada, agora Deus mesmo se faz homem e devolve à humanidade a possibilidade de retornar ao Reino, quando qual cordeiro se sacrifica amorosamente na cruz.

Esta festa celebra Cristo como o Rei bondoso e singelo que como pastor guia a sua Igreja peregrina para o Reino Celestial e lhe outorga a comunhão com este Reino para que possa transformar o mundo no qual peregrina.

A possibilidade de alcançar o Reino de Deus foi estabelecida por Jesus Cristo, ao nos deixar o Espírito Santo que nos concede as graças necessárias para obter a Santidade e transformar o mundo no amor. Essa é a missão que lhe deixou Jesus à Igreja ao estabelecer seu Reino.

Pode-se pensar que somente se chegará ao Reino de Deus após passar pela morte mas a verdade é que o Reino já está instalado no mundo através da Igreja que peregrina ao Reino Celestial. Justamente com a obra de Jesus Cristo, as duas realidades da Igreja -peregrina e celestial- enlaçam-se de maneira definitiva, e assim se fortalece a peregrinação com a oração dos peregrinos e a graça que recebem por meio dos sacramentos. "Quem é da verdade escuta minha voz."(Jo 18, 37) Todos os que se encontram com o Senhor, escutam seu chamado à Santidade e empreendem esse caminho se convertem em membros do Reino de Deus.

"Por eles eu rogo; não rogo pelo mundo, mas pelos que me deste, porque são teus, e tudo o que é meu é teu e tudo o que é teu é meu, e neles sou glorificado. Já não estou no mundo; mas eles permanecem no mundo e eu volto para ti. Pai santo guarda-os em teu nome que me deste, para que sejam um como nós. Não peço que os tires do mundo, mas que os guarde do Maligno. Eles não são do mundo como eu não sou do mundo. Santifica-os na verdade; a tua palavra é verdade." (Jo 17, 9-11.15-17)

Esta é a oração que recita Jesus antes de ser entregue e manifesta seu desejo de que o Pai nos guarde e proteja. Nesta oração cheia de amor para nós, Jesus pede ao Pai para que cheguemos à vida divina pela qual se sacrificou: "Pai santo, cuida em seu nome aos que me deste, para que sejam um como nós". E pede que apesar de estar no mundo vivamos sob a luz da verdade da Palavra de Deus.

Assim Jesus Cristo é o Rei e o Pastor do Reino de Deus, que nos tirando das trevas, nos guia e cuida em nosso caminho para a comunhão plena com Deus Amor.

O Cristão e o Respeito Humano

Chama-se de "respeito humano" o pecado de ter vergonha de assumir a posição de cristão, sobretudo de católico, nos meios em que se vive. Assim, muitos escondem sua identidade católica, não rezam em público, não participam, por exemplo, das Procissões nas ruas, e outras atividades, com receio de manifestarem os sinais exteriores da fé católica. Temem a zombaria e coisas semelhantes.

Esta situação tem se agravado ainda mais porque o mundo ocidental começa a zombar da religião, sobretudo do catolicismo. Em Oxford, na Inglaterra, a prefeitura da cidade proibiu de chamar as festividades de final de ano de "Festividade de Natal", chamando de "Festival das luzes de Inverno". Cristo foi expulso da vida pública de Oxford.

Por outro lado, o Cardeal Stanislau Rylko, Presidente do Pontifício Conselho de Leigos, do Vaticano, fez um apelo para que os cristãos não sejam dominados por um "complexo de inferioridade". O Cardeal denunciou no dia 14.nov.2008 (www.zenit.org), a existência de um "novo anti-cristianismo" também no Ocidente. Disse o Cardeal:

"Para os cristãos, chegou o momento de libertar-se do falso complexo de inferioridade para com o chamado mundo leigo, para poderem ser valentes testemunhas de Cristo." Ele analisou a situação atual das sociedades ocidentais, caracterizadas pela "ditadura do relativismo", e denunciou a aparição de um "novo anti-cristianismo" que "faz passar por politicamente correto atacar os cristãos, e em particular os católicos".

Hoje, advertiu o Cardeal, "quem quer viver e atuar segundo o Evangelho de Cristo deve pagar um preço, inclusive nas sumamente liberais sociedades ocidentais". "Está ganhando espaço a pretensão de criar um homem novo completamente desarraigado da tradição judaico-cristã, uma nova ordem mundial".

O problema, explicou o cardeal Rylko, não é "o de sermos uma minoria, mas o de ter-nos transformado em marginais, irrelevantes, por falta de valor, para que nos deixem em paz, por mediocridade". Este momento, explicou, é a "hora dos leigos", de sua "responsabilidade nos diversos âmbitos da vida pública, desde a política à promoção da vida e da família, do trabalho à economia, da educação à formação dos jovens".

Lamentavelmente hoje existe uma pressão anti-católica, sobretudo sobre os jovens, na universidade e nos meios de comunicação, tentando impor-lhes uma cultura maldosa de que a Igreja Católica é obscurantista, atrasada, inimiga da ciência, opressora e poderosa. Assim, a juventude, que não conhece a verdade, vai sendo levada a ter ódio da Igreja e vergonha de ser católica. Por outro lado se esconde tudo de bom e de belo que a Igreja fez para salvar o mundo ocidental. Este laicismo anti-católico, tende agora a aceitar tudo o que venha de outras religiões, menos do catolicismo.

De fato é "a hora dos leigos" convictos de sua fé, defenderem Cristo, a Igreja Católica e a "ã doutrina da fé" (Tt1, 9), como muitos têm feito, sem medo, sem vergonha, sem respeito humano. Lembremo-nos de que Jesus disse que quem se envergonhar Dele perante este mundo, Ele também se envergonhará dele diante do seu Pai.

Fonte: www.encontrocomcristo.org.br

Pensamento do Dia....

"Apóie-se, como faz Nossa Senhora, à cruz de Jesus e nunca lhe faltará conforto".

(Padre Pio)

Banda Tríduo na Rádio Nova Aliança - DF neste sábado!!!


quinta-feira, 19 de novembro de 2009

III Festa à Fantasia Segue-me PNSF - Taguatinga/DF

Reflexão do Dia!!!

Lc 19, 41-44

A cidade de Jerusalém abre as suas portas para Jesus, mas não abre o seu coração. Não aceita as suas palavras e rejeita a sua doutrina, pois os seus olhos estão voltados para outra direção, a direção que a levará até a destruição e a morte. É necessário que abramos o nosso coração e reconheçamos que somos visitados pelo Deus da Vida e que rejeitar essa visita significa para nós trilharmos os caminhos da morte, resultado de uma vida de quem apenas está preocupado em olhar para seus interesses mesquinhos e não para os verdadeiros bens que são destinados a quem acolhe o Senhor e vive segundo os valores do Evangelho.

Pensamento do Dia!!!

"Uma alma unida a Deus reconhece outra alma semelhante trata-se de parentesco espiritual."

(Santa Faustina)

UM CHAMADO! QUAL A SUA RESPOSTA? - VIGÍLIA JOVEM



Data: 21 de novembro de 20h às 6h do dia seguinte
Local: Colégio das Irmãs Passionistas (QN 5 áerea especial 2/3 Riacho Fundo I)

Membros da Banda Fides anunciam a mudança de rumos!!!

Depois de um longo periodo de contribuição para a música cristã a banda Fides muda de ares, de razão social e anuncia suas mudanças...

Comunicado aos fãs

Para a galera que acompanha e curte o trabalho que fazemos: a banda traz notícias que irão agradar alguns, e outros nem tanto. Estamos cientes do surgimento de eventuais críticas devido à decisão tomada por nós. Entretanto, é o caminho decidido pelo grupo, que desde o início teve o apoio e as orações dos fãs.

A banda Fides passou por grandes mudanças e, a partir de hoje, nasce a UnderPain, que trará consigo novas filosofias. Diferente de antes, a UnderPain não tem vínculo com NENHUMA RELIGIÃO, apesar de continuar com membros cristãos. Cabe aos que acompanham o nosso trabalho interpretarem as letras e vincula-las ou não à religião que acharem melhor. Nenhum rótulo dado – “secular” ou outros – será obstáculo para continuidade dos nossos trabalhos, que sempre foram feitos com muita vontade, seriedade e profissionalismo.

Com muito orgulho anunciamos, para alegria de quem realmente está do nosso lado, inclusive Nosso Senhor Jesus Cristo, que a UnderPain acaba de assinar contrato com o renomado selo Europeu Death Toll Records e já está em pré-produção para o seu Debut CD.

Gostaríamos de agradecer e contar com o apoio e compreensão de todos. Aos que a nossa decisão não agrada, que tentem respeitar o rumo dado pela banda.

Fim

*Desejamos sucesso aos nossos amigos de banda Fides e que Deus continue trilhando seus caminhos. Deus os abençoe sempre!!!

Maiores Informações na Comunidade da UnderPain

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Ir. Miria Kolling confirma ministério da banda A.U.B.

Uma das mais importantes compositoras litúrgicas da história da música católica brasileira, Ir. Miria Terezinha Kolling encaminhou, no último dia 31 de outubro, uma mensagem de apoio à banda A.U.B., de Curitiba (PR).

Na carta, escrita de próprio punho, a religiosa parabeniza o trabalho do grupo e elogia as letras, melodias e arranjos do CD A.U.B. – Anjos da Última Batalha, lançado pela gravadora CODIMUC.

Ao encaminhar a mensagem, a religiosa atende ao pedido feito por Cristo para Pedro, primeiro pastor da Igreja, e consequentemente a todas as pessoas que abraçaram a fé a mais tempo e exercem alguma liderança na comunidade cristã: “confirma teus irmãos”.

Transcrevemos, abaixo, o texto da carta enviada pela religiosa:

“ São Paulo, 31 de outubro de 2009

Querido amigos da CODIMUC! Acabo de ouvir o CD da banda A.U.B., do Paraná, que acaba de ser lançado com o selo da CODIMUC, e que vai direto ao coração dos jovens. A linguagem musical, o ritmo, os instrumentos revestem canções com arranjos ousados, animados e desafiadores, mas sobretudo baseados no Senhor e seu chamado a sermos livres, no desejo de segui-lo.
Bonita mensagem para a juventude!
Que o Senhor abençoe os “Anjos da Última Batalha”, para que comecem já...

Obrigada por partilharem comigo este presente musical.

Sua irmã Miria Kolling”

Com quase 40 anos de carreira dedicada à evangelização através da música, Ir. Miria se tornou uma das grandes pensadoras da canção litúrgica no Brasil e uma das maiores referências para os cantores, corais e grupos que atuam nas celebrações eucarísticas em paróquias espalhadas por todo o país.

Religiosa da Congregação do Imaculado Coração de Maria, Ir. Miria nasceu na cidade de Dois Irmãos (RS). É formada em Pedagogia e bacharel em Piano, pela Faculdade de Música de Santos (SP). Em 1981, participou do Simpósio Internacional de Música Sacra e Cultura Brasileira, realizado em São Paulo, SP, evento que lhe abriu caminhos para seu aprofundamento de dois anos em Música Sacra, na Alemanha e na Áustria.

Como compositora de músicas para a Liturgia e catequese, é conhecida pelas missas e cantos para as celebrações. Ao longo da carreira, compôs aproximadamente 600 músicas e realizou cerca de 50 gravações, entre LPs e CDs. Ela também coordenou edições de livros de partituras com salmos e cantos litúrgicos e percorre o Brasil inteiro, realizando encontros de formação para cantores.
Em abril deste ano, Ir. Miria Kolling recebeu o Prêmio Louvemos o Senhor, promovido pela TV Século 21, na categoria Melhor Compositor do Ano.

Domingo tem Canal da Graça no Point 21

No próximo domingo (22), às 22h vai ao ar a reprise do programa Point 21 da última terça-feira (17), que teve como atração musical a banda Canal da Graça.

Durante o programa, o grupo apresentou canções do repertório do CD Tocando o Céu, segundo trabalho da banda, lançado pela CODIMUC. O grupo falou sobre a carreira e os próximos projetos. Entre eles, um DVD gravado em setembro.

O disco traz 12 faixas e tem com destaques as faixas Sonho de Deus, que expressa o desejo de voar para os braços do Senhor; Nasci pra ser feliz, que convida as pessoas viverem a alegria; Anjo Guardião, que, com uma melodia cativante, fala da realidade dos anjos da guarda, e Vento, uma linda oração ao Espírito Santo, que clama: “sopra sobre mim com toda a força do amor”. O álbum traz ainda a adaptação de Faz Chover, grande sucesso da música religiosa, gravada por grandes nomes da música cristã, como Aline Barros e Oficina G3.

Como sintonizar

A TV Século 21 pega em todo o Brasil pelo sistema de antena parabólica. A emissora também transmite em canal aberto para várias cidades dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Acre, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Sergipe. A programação da emissora também pode ser vista em vários Estados pelos canais de TV a cabo. Acesse o site da TV Século 21 e confira a lista das cidades e a melhor forma de sintonizar em cada local.

Caso a sua localidade não esteja contemplada em nenhuma das formas de sintonizar a emissora, o público pode assistir ao Programa Point 21, ao vivo, pela internet. Para isso, basta acessar o site da emissora. Na página, há duas opções: assistir pelo Windows Media Player ou pelo programa Avarena (para quem tiver internet Banda Larga).

SAGRADA FACE no Programa "Revolução Jesus" na TV Canção Nova

Nesta quarta-feira, dia 18 de novembro a banda carioca SAGRADA FACE estará marcando presença em uma das maiores emissoras de TV católica do país, a Canção Nova. O grupo estará participando ao vivo, do programa Revolução Jesus, onde estará falando do seu trabalho, apresentando canções do seu segundo cd, "Passos Certos", álbum lançado em parceria com o selo Heaven's Music Records.

O que é Revolução Jesus?

Em uma linguagem bem bacana super jovem mostramos como é possível ser Santo sem deixar de ser Jovem.

Convivendo com a gente, os jovens vão se descobrir revolucionários. Acreditamos que o amor é a força mais poderosa que existe. Quem quer amor de verdade, quer ‘Revolução Jesus”. É a revolução do amor, não uma mera utopia ideológico-partidária, que pode de fato mudar o mundo! O programa tem raízes numa palestra do fundador da Comunidade Canção Nova, padre Jonas Abib, com o tema “Revolução Jesus”, em seus primeiros encontros com jovens, na década de 70.

E hoje é mais que um programa de TV, é uma missão onde temos encontros próprios para jovens bem como acampamentos profundamente dinâmicos e de encontro com Deus!

O programa vai ao ar todas as Quarta-feira as 11h da noite ( ao vivo) e Domingo 5h da tarde ( reprise)

terça-feira, 17 de novembro de 2009

III Canção Nova Sertaneja

Diácono Nelsinho Corrêa, Sérgio Reis e Pedro são algumas das atrações musicais do evento

A III edição do Canção Nova Sertaneja – que acontece de 20 a 22 de novembro, na sede da comunidade católica, em Cachoeira Paulista (SP) – estará repleta de grandes nomes da música do interior e de várias atividades para quem gosta do campo.

Com letras católicas que falam do amor de Deus e de Nossa Senhora, diácono Nelsinho Corrêa promete animar os peregrinos que passarem pela Chácara Santa Cruz neste final de semana. Toninho e Jonas também vão participar do evento. Em 2007, a dupla lançou o seu primeiro CD, intitulado “Canção Nova Sertaneja”. O álbum traz 13 faixas, sendo seis destas músicas do monsenhor Jonas Abib (fundador da Canção Nova) e diácono Nelsinho, e sete de autoria dos dois cantores. “Juras de amor”, “Deus Proverá”, "M de Mãe” e “Eu busco um mundo de sol” são as principais letras de seu repertório.

Quem também estará presente no acampamento é o cantor Sérgio Reis, vencedor de vários prêmios relacionados à música sertaneja; e Pedro, da dupla “Pedro e Thiago”, filho do cantor Leonardo.

Composto por Sérgio Penna, Fabíola Mirella, Cláudio Rugene, Wesley Naberezny e Vinícius Almeida, o conjunto Violeiros Matutos também passarão pela Chácara de Santa Cruz neste final de semana. Assim como Cláudio Lacerda, Tony Francis, Fabinho da Viola e Jayne.


Atrações do evento

Mas não é só música de qualidade que você vai encontrar no III Canção Nova Sertaneja. O evento também contará com comida típica, procissão com carro de boi e cavalgada. Haverá barracas em frente à Casa de Maria e venda de carnes de cabrito no Quiosque do Churrasco.

Se você deseja sair com a equipe da cavalgada de Cachoeira Paulista (SP), deverá estar atrás do Rincão do Meu Senhor, no dia 22 (domingo), às 4h da manhã. A cavalgada oficial saíra do Sítio Santa Edwirges - que fica próximo a Faenquil (Faculdade de Engenharia Química), em Lorena, às 8h, com previsão de chegada à Canção Nova às 11h30.

Os leigos podem ir aonde os padres não chegam

Estamos no tempo da misericórdia, em que o Senhor se põe de braços abertos para acolher a todos que vêm a Ele. Deus é sempre misericordioso, mas também é justo. Portanto, ninguém deve perder tempo. O Senhor está esperando por todos nós.

Assim como nos conta o evangelho de Mateus, em que o proprietário da vinícola sai várias vezes ao dia em busca de operários para colher suas uvas, a fim de que nenhum cacho se perca, também Deus busca operários para evitar que um cacho de uva sequer apodreça no chão. Figurativamente, você já entendeu que é chamado a ser evangelizador e entrar no trabalho do Senhor.

Há que se dizer que na Igreja há lugar para todos. Mas, na evangelização, os leigos podem ir aonde os bispos e os padres não podem. A família é o primeiro lugar. Quem é pai, mãe, filho ou filha pode ser o primeiro apóstolo da própria casa. Dizemos que “santo de casa não faz milagres”, mas a grande arma não está na boca; a grande arma está nos joelhos: reze, reze, reze. Chegue até a cama de seu filho quando ele estiver dormindo e reze por ele. Você ficará surpreso com o resultado. Mas antes é preciso que você queira ardentemente a salvação de seus filhos.

Muitos são os filhos e filhas que se sentem movidos a resgatar o pai e a mãe também. Infelizmente, na nossa cultura ainda há muitos pais “durões” e que não vão à igreja. Eles precisam ser resgatados pelo Senhor e, é claro, você não quer que eles se percam. Você sabe que não basta que eles sejam “bonzinhos”. Eles precisam voltar a Deus, aos sacramentos. Se nós rezarmos ao Senhor pelos nossos pais e avós, o Senhor buscará o momento para salvá-los, nem que seja o último dia.

A missão do leigo é belíssima. Ele está em lugares onde nós padres não podemos estar. O local de trabalho é outro desses lugares. Precisamos querer a salvação dos nossos colegas de trabalho, das pessoas que Deus coloca em nosso caminho. No ambiente de trabalho, você pode falar com essas pessoas e, principalmente, agir. Pode acontecer que a sua própria presença, como alguém do Senhor, incomode. Por isso, você não pode ser uma pessoa chata. Nós não somos “carolas”, como alguns dizem, mas eles também reconhecem que nós fazemos a diferença. Em momentos importantes, é a nós que recorrem; em nós podem confiar e sabem disso. Então, releve as agruras do dia a dia. Reze e não perca a ocasião de ser um apóstolo da última hora. Realize a sua missão.

Está na hora de acordarmos e darmos tudo de nós. Jamais duvide que o Senhor nos dará o pagamento “daquele que trabalhou o dia todo”. Saiba que o Senhor quer dar esse pagamento a você. Portanto, comece por onde puder começar. Se você ainda não tem o aprendizado de um apóstolo, fale daquilo que você é hoje, daquilo que você conseguiu. Já disseram que a vida fala mais que mil palavras.

Monsenhor Jonas Abib

Fonte: CatolicaNet.com

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Pensamento do dia!!!

"Não é a ciência que redime o homem. O homem é redimido pelo amor. (...) Precisa daquela certeza que o faz exclamar: 'Nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem o presente, nem o futuro, nem as potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, Nosso Senhor (Rom 8, 38-39)"


(Trecho da encíclica Spe Salvi, do Papa Bento XVI)

Em 20 de novembro: Blogueiros X Pedófilos (2º round)

Nasceu na Espanha, no ano passado, uma ideia que não vai mudar o mundo. Uma campanha que, como muitas outras sobre muitos temas, pretende reunir o maior número de blogs comprometidos em denunciar uma das faces mais obscuras da democratização do acesso à informação que a internet jogou no nosso colo: a pornografia infantil. Só que, ao contrário das outras campanhas, não é só estimular as pessoas a escrever (e, portanto, pensar) sobre o tema. A ideia é enviar diretamente aos consumidores de pornografia infantil a mensagem de que o que eles estão fazendo é errado e muita gente discorda disso. Como? Incluindo no texto as palavras-chaves que quem quer achar fotos e vídeos de crianças em situações provocadas de cunho sexual usam ao buscar pelo Google.

A campanha, criada pelos blogs La Huella Digital e Vagón-bar, é simples: no próximo dia 20 de novembro, publique um post explicando a sua opinião sobre o tema. Inclua ao final algumas (ou todas as) palavras a seguir: “pornografia infantil não”, “angels”, “lolitas”, “boylover”, “preteens”, “girllover”, “childlover”, “pedoboy”, “boyboy”, “fetishboy” ou “feet boy”. São códigos usados pelos consumidores amadores desse tipo de conteúdo. Se dá por óbvio que um grupo de blogueiros não vai conseguir desmantelar as redes de pornografia infantil e, por conseguinte, salvar todas as crianças em cativeiro atualmente e obrigadas a posar para fotos e vídeos. Mas sabe aquele prazer proibido que você sabe que não devia ter, mas quando não há ninguém olhando, você acaba cedendo e isso pode ser o início de um novo vício? É esse tipo de pedófilo, o que tenta reprimir seu impulso doentio, mas tem muita dificuldade em resistir à tentação do anonimato, que a campanha quer atingir.

Se quiser aparecer na lista de blogs participantes, é preciso linkar o post ao post oficial da campanha no blog Huella Digital. Você também pode colocar o cartaz abaixo no post ou no menu do seu blog:

No Brasil, a Safernet é a ONG mais avançada em relação ao diagnóstico dos crimes virtuais contra os direitos humano. O negrito se faz necessário porque os crimes virtuais contra o patrimônio, como fraude e a invasão de sites de bancos, já recebem demasiada atenção e dinheiro dos mais interessados em combatê-los, os próprios bancos. Foi a Safernet que criou, com o apoio do Ministério Público Federal em São Paulo, de um sistema de denúncias online que hoje funciona como o principal termômetro da mobilização social contra esses crimes. No site da ONG você pode encontrar relatórios mensais sobre as denúncias feitas. Só as reclamações únicas sobre conteúdo pornográfico envolvendo menores de idade realizadas em outubro somam 3017 casos, ou 46% de todas as denúncias feitas no período:

O Brasil é considerado pelos especialistas no assunto um dos países da categoria “consumidor” de pornografia infantil, enquanto nações geralmente na Europa Oriental e na Ásia reúnem os “produtores” desse material. Inundar o Google Search dessas pessoas não é difícil. Foi feito no ano passado por 1.115 blogs. Nesse ano, mais de 8.000 pessoas já participam do grupo da campanha no Facebook e até agora, já há mais de 150.000 menções à campanha na internet. Vai resolver o problema? Não. Mas vai pegar um bom número de pedófilos desavisados que, buscando por “feet boy” ou “pedoboy”, acabarão levando uma bela e merecida bronca.

Então.. vamos nos juntar dia 20 de Novembro!

Fonte: Meninas de Pantufa!

domingo, 15 de novembro de 2009

Alma de Bento XVI em CD inédito

As palavras recitadas e cantadas por Bento XVI estão na base do CD “Alma Mater”, apresentado na noite desta Terça-feira em Roma à imprensa internacional. Uma obra que, como a Agência ECCLESIA pôde testemunhar, mistura a tradição gregoriana com a música clássica contemporâneo, com apontamentos do mundo árabe e hindu.

Oito peças inéditas de três compositores (um católico, um ateu e um muçulmano) combinam-se com as orações e reflexões sobre a Virgem Maria que o Papa apresentou no Vaticano e nas suas peregrinações por todo o mundo, em particular pelos diversos santuários marianos. Não falta, por isso, a língua portuguesa, retomando uma reflexão apresentada em Aparecida, Brasil, no ano de 2007, lembrando o “clamor de Fátima pela conversão dos pecadores”.

Na conferência de imprensa de apresentação da obra, com lançamento mundial marcado para 30 de Novembro, foi sublinhado que se trata da primeira vez que se realizou uma produção deste tipo com a colaboração da Rádio e do Centro Televisivo do Vaticano (CTV).

O Pe. Federico Lombardi, director de ambos e porta-voz do Vaticano, destacou que não se trata de um “disco do Papa”, mas de um álbum que foi inspirado nele e que Bento XVI está “muito disponível para as propostas dos seus colaboradores” no que diz respeito a formas inovadoras de evangelização, com novas linguagens, utilizando as novas tecnologias e promovendo novas relações.

“O Papa está consciente da necessidade de busca positiva de novas linguagens” artísticas e musicais, assinalou.

A Rádio Vaticano (RV) e o CTV, dada a “experimentalidade deste produto”, usaram de “grande prudência” quanto ao uso da voz e da imagem do Papa, evitando fazer “business” (sic) com as mesmas. Receberam apenas 25 mil Euros, no caso da RV, e menos de 7 mil, quanto ao CTV.

“Desejamos grande sucesso a este disco”, disse o Pe. Lombardi, sublinhando que o serviço do Vaticano é “de carácter apostólico e não de carácter comercial”.

Sem revelar se Bento XVI já teria ouvido o álbum, este responsável limitou-se a assegurar que a sua secretaria pessoal já recebeu um dos primeiros discos.

50 palavras

Na génese da obra está o Regina Caeli, a oração mariana dominical do tempo de Páscoa, que Bento XVI cantou pela primeira vez, enquanto Papa, no dia 1 de Maio de 2005. O Pe. Giulio Neroni, Paulista, viu surgir, ao ouvi-lo, a ideia deste CD.

A Secretaria do Estado aprovou o projecto e endereçou-o para a RV, que tem o direito do uso comercial da voz do Papa. Foi concedida à San Paolo Multimédia, dos Paulistas, o uso da voz, mas a responsabilidade do CD é da sua produção, não do Vaticano.

Na obra encontramos 8 breves passagens com a voz do Papa,

com orações e reflexões, geralmente de carácter mariano. Sete são em tom recitativo, misturando-se com a música e uma passagem de canto, o referido Regina Caeli, num total de nove minutos e 47 segundos de intervenções papais.

As palavras cantadas por Bento XVI que podemos ouvir neste álbum são exactamente 50, misturadas com as vozes do coro da Academia Filarmónica de Roma, gravadas na Basílica de São Pedro, e a Royal Philarmonic Orchestra, de Londres, que gravou nos famosos estúdios de Abbey Road.

No livro que acompanha o disco há ainda reflexões marianas escritas pelo Cardeal Angelo Comastri, vigário geral do Papa para o Estado do Vaticano.

O CTV disponibilizou imagens para o documentário vídeo que se associa ao álbum e eventual uso em concertos, o primeiro dos quais está já previsto para o dia 2 de Dezembro, na Catedral de Westminster (Inglaterra).

Para o Pe. Lombardi, a intenção fundamental do envolvimento do Vaticano num projecto deste género é “procurar experimentar linguagens e modos novos para transmitir uma mensagem religiosa e espiritual”, para “aproximar a voz e a pessoa do Papa a um público mais vasto”.

A música, disse, é “uma linguagem eficaz” para comunicar a um grande público, juvenil, mas não só, reforçando que este “Alma Mater” é um “esforço digno de respeito e encorajamento”.

Lembrando que no próximo dia 21 de Novembro terá lugar o encontro do Papa com os artistas, o porta-voz do Vaticano afirmou que “a arte é uma aliada natural do espírito”, para lá das pertenças religiosas, procurando “relançar esta aliança entre a música e o espírito, para alimentar as dimensões religiosas da pessoa”.

Na conferência de imprensa foi confirmado que uma parte das receitas será destinada a instituições que oferecem ensino musical a crianças desfavorecidas.

Sonoridade cinematográfica

A inspiração das oito músicas que compõem este CD brota de passagens do Gregoriano e litanias dedicadas a Maria.

Os compositores chegam da Itália, da Inglaterra e de Marrocos, com experiências muito distantes do Canto Gregoriano e da música religiosa: Stefano Mainetti (católica), Simon Boswell (ateu) e Nour Eddine (muçulmano).

O resultado final é uma fusão surpreendente, em que até a voz do Papa surge com uma doçura a que mesmo os seus ouvintes mais fiéis não estão habituados. Somos quase sempre remetidos para um mundo cinematográfico, mais do que estritamente religioso, procurando provocar emoções e surpreender.

Neste sentido, destacam-se as notáveis combinações entre a tradição musical católica e a música tradicional árabe, feita por Nour Eddine, e a mistura entre antiquíssimos motivos gregorianos e outro hindu, feita por Stefano Mainetti.

O Pe. Vito Fracchiola, da San Paolo Multimédia, assegurou que quem escutar este CD notará que “o autor e actor principal deste álbum é o Papa”

Já Colin Barlow, presidente da Geffen/Reino Unido, falou numa “história extraordinária” e num álbum de “absoluta beleza”.

“Temos um álbum muito especial, no qual estamos todos orgulhosos por ter participado”, assegurou.

Sobre o número de álbuns que espera vender, Barlow admitiu que este deve ser um “álbum muito popular”. “Podemos vender muitas cópias”, disse, destacando que o “Alma Mater” chegará a todo o mundo e a todos os mercados.

Fonte: www.agencia.ecclesia.pt

Padre Cícero a um passo da absolvição do Vaticano

Agora, mais de 70 anos depois de morto, o líder religioso pode ser aceito pelo Vaticano, que graças ao papa Bento XVI tem discutido a reabilitação do padre. Seria o primeiro passo para uma canonização no futuro.

“Existe hoje uma compreensão no alto clero em Roma de que é impossível manter à margem da liturgia oficial milhões e milhões de pessoas que têm padre Cícero como santo, enquanto se assiste ao avanço das igrejas pentecostais”, diz ao iG o jornalista Lira Neto, autor da biografia Padre Cícero – Poder, Fé e Guerra no Sertão, lançado pela Companhia das Letras. “Arrisco dizer que a reabilitação é para breve”, opina.

O livro é resultado do acesso do jornalista a 900 cartas que integram o acervo da Cúria do Crato, cidade vizinha a Juazeiro, e a documentos do Vaticano até então restritos. Para o biógrafo, a iniciativa da Santa Sé tem motivação muito mais política do que religiosa. Em entrevista ao jornal "The New York Times", em março de 2005, o bispo do Crato, o italiano Fernando Panico – um dos principais defensores da reabilitação canônica de Cícero – vaticinou: “o padre Cícero é como um antivírus contra o avanço das seitas evangélicas”.

Milagre em Juazeiro

As romarias de Juazeiro podem inspirar multidões, mas o brasileiro em geral o desconhece. A reaproximação do Vaticano com a devoção popular e a pesquisa do jornalista ajudam a iluminar a polêmica trajetória religiosa e política de padre Cícero.

A fama e o ocaso dele no Vaticano começaram em 1889 quando Cícero, na época um jovem sacerdote, ofereceu a comunhão à beata Maria de Araújo. Segundo chegariam a jurar sobre a Bíblia as testemunhas ali presentes, a hóstia na boca mudou de forma e de cor. Transformou-se em sangue vivo. O episódio teria se repetido por meses a fio. De imediato, “milagre” passou a ser palavra corrente na região.

Padre Cícero
Segundo Lira Neto, a correspondência pessoal de padre Cícero e a documentação consultada mostram que ele jamais deixou de defender a tese do milagre. Os homens da Igreja, no entanto, não acreditaram nos relatos. Passaram a ver Cícero um mistificador, um explorador da ingenuidade popular. Daí o banimento: o líder religioso foi suspenso das atividades sacerdotais. Oficialmente fora da Igreja, Cícero se aliou a elites locais e nacionais e embarcou na política.

Apesar de não ser religioso e de relatar os episódios com certa ironia, Lira Neto não é taxativo sobre os milagres: “para mim permanece o enigma sobre o que aconteceu naquele momento entre a beata e o padre. Depois de vasculhar todos os documentos, posso de dizer que não há uma explicação razoável para o fenômeno”.

Com Lampião e contra Prestes

Outra polêmica envolvendo padre Cícero é a célebre oferta da patente de capitão ao cangaceiro Virgulino Ferreira, o Lampião. O livro mostra como o governo federal incentivou os líderes locais a cooptarem os cangaceiros para enfrentar a coluna Prestes – o movimento comandado por Luis Carlos Prestes, que no fim da década de 20 se deslocou pelo interior do país combatendo o então presidente Artur Bernardes e, posteriormente, Washington Luís.

A ideia, diz Lira Neto, não saiu de padre Cícero, mas foi gestada dentro do Ministério do Exército e do Palácio do Catete. Foi a habilidade ao fazer alianças que permitiu a Cícero manter sua liderança, mesmo proscrito pela Igreja.

Estava longe de ser um grande orador. Mas arrebatava e comovia multidões com a fala simples e cheia de referências próprias da fé sertaneja. O livro detalha como Cícero pregava contra as danças, o feitiço e a cachaça. Com apenas 1,60m, acabava pessoalmente com os folguedos e os sambas. (Ele achava que os batuques herdados dos negros deviam ter parte com Satanás.) Anunciava aos pecadores o fim dos tempos e a chegada iminente do Anticristo.

Fonte: ultimosegundo.com.br

Festival de música mariana proporciona encontro de música católica e popular!!!

Vozes da Igreja 2009Um encontro entre a música católica e a música popular marcado por alegria, emoção e talento. Assim foi o “Vozes da Igreja 2009”, o grande evento de valorização da cultura realizado pela TV Aparecida em parceria com a Rádio Aparecida e o Santuário Nacional, nos dias 10 e 11 de novembro.

O evento, que em sua 3ª edição contou com a presença de artistas expressivos como a cantora Aline Silva, a atriz Suzana Nascimento e a dupla de repentistas Caju & Castanha, proporcionou aos telespectadores a oportunidade de acompanhar, ao vivo, expressões artísticas que revelaram através de uma linguagem atual e criativa, as riquezas da cultura brasileira.
“Há um casamento entre a música religiosa e a música popular e nunca, na minha cabeça, houve diferença, pois, as duas provêm de dons dados por Deus”, comenta o diretor de programação da TV Aparecida e apresentador do evento, padre Josafá.

Os novos talentos da música católica homenagearam Nossa Senhora com composições inéditas e originais, a partir do tema “As mãos de Maria nos levam a Deus”, durante a etapa final no 9º Festival de Música Mariana, que contou com a participação de padre Rodrigo Fernando, do cantor Batista Lima e da cantora Jake no corpo de jurados.

“Que este programa tão lindo, tão rico, que tem alcançado tanta gente, possa ser sucesso para tantos outros artistas, como eu. Eu desejo o mesmo sucesso que eu tive aqui a todos eles”, diz Jake, a cantora de axé católico que ficou conhecida em todo o Brasil após se apresentar na 2ª edição do “Vozes da Igreja”.E a emoção ficou por conta das canções que revelaram a fé e o talento dos finalistas do Festival e da pequena Aline Matos, que com apenas 11 anos e uma voz admirável, encantou aos jurados e venceu o concurso com a canção “Mãos de Maria”.O projeto, que abre um espaço para os novos talentos da música católica e para a valorização da música brasileira foi um sucesso e cumpriu, mais uma vez, sua missão de evangelizar através dos dons dados por Deus.

As canções finalistas e os melhores momentos do festival podem ser conferidos pelo site www.vozesdaigreja.com.br

Classificação final:
1º lugar: ALINE MATOS DIAS – GUARATINGUETÁ/SP
2º lugar: IVANILDA MARIA RODRIGUES GAMA – TATUI/SP
3º lugar: NELCI MARIANO – CRUZEIRO/SP
4º lugar: RICARDO DA SILVA LEÃO – SÃO PAULO/SP
5º lugar: GERSON SCARABELLO – LONDRINA/PR
6º lugar: LILIANE MARIA DE ARAÚJO – BRAZLANDIA/DF
7º lugar: CARLOS AUGUSTO COSTA MARQUES – SALVADOR/BA
8º lugar: FRANCISCO MATEUS – CORNÉLIO PROCÓPIO/PR
9º lugar: THAÍS APARECIDA OLIVEIRA SOUZA – LORENA/SP
10º lugar: FATIMA MACHESINI GABRIELLI – CAIEIRAS/SP

Feira da Solidariedade da Arquidiocese Goiânia espera reunir 65 mil pessoas!!!

A Feira da Solidariedade, que acontece todos os anos na arquidiocese de Goiânia, traz esse ano uma boa novidade: este ano o evento vai acontecer na estação Goiânia. Com esse novo local, os organizadores acreditam que o público visitante deve aumentar em relação aos últimos anos. São esperados cerca de 65 mil pessoas, durante os cinco dias da exposição: 2 a 6 de dezembro.

Este ano o evento conta com a presença de mais expositores e ocupa quase 11 mil metros quadrados para acolher o público. A feira conta também com o apoio do poder público, empresas e instituições. Entre as atrações, haverá oficinas, palestras, apresentações culturais, celebrações litúrgicas, entre outros.

Pensamento do Dia!!!

"Duas coisas
servem de asas à alma
para que esta se eleve
à união com Deus, a saber:
a compaixão afetiva
da morte de Cristo
e a do próximo."

(São João da Cruz)

Acústico Santa Rock!!!

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

XXV VEM LOUVAR - DF

Cristoatividade - Contaminação - Hallel de Franca - 1995

Ministério se une à CNBB no combate à Aids

Objetivo da campanha lançada no Mercado Público de Porto Alegre é estimular o teste precoce do HIV e da sífilis


Desde 1980, foram detectados 474 mil casos de Aids no Brasil. Cerca de 250 mil brasileiros convivem com o vírus HIV sem saber, pois nunca fizeram o teste para a detecção de Aids. Além disso, a maioria dos casos é detectada depois que a doença já se manifestou, o que dificulta o tratamento e ocasiona a morte de muitos pacientes.
Em vista disso, o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, em parceria com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) está lançando uma campanha que procura estimular o teste precoce do HIV. A entidade aderiu à campanha, que teve seu lançamento ontem, para colaborar no enfrentamento da epidemia.

A campanha acontece em cinco cidades brasileiras, como experiência-piloto. Uma das cidades escolhidas é Porto Alegre. A igreja, através dos agentes das Pastorais da Criança, da Saúde e da Aids, realiza o trabalho de divulgação e incentivo para que as pessoas procurem o serviço de saúde e realizem o teste da Aids e da sífilis. Para isso, os agentes contam com material de divulgação contendo cartazes, folhetos e spots de rádio.

Na Capital, os testes são oferecidos no Centro de Testagem e Aconselhamento Caio Fernando Abreu (avenida Bento Gonçalves, 3.722), na Dermatologia Sanitária (avenida João Pessoa, 1.327) e no PAM 3 (rua Manoel Lobato,151).

"A epidemia da Aids tem quase 30 anos e continua sendo um grande desafio. Com a nossa campanha, que se chama Declare seu Amor, queremos esclarecer a população sobre a sua sorologia. A igreja, através de suas pastorais da Saúde, da Criança e da Aids, atuará como multiplicadora de informação. Encaminharemos as pessoas para a realização dos testes", afirma o secretário executivo da Pastoral da Aids, frei José Bernardes.

Conforme a coordenadora da Política Municipal de DST/Aids de Porto Alegre, Miriam Weber, o objetivo, a longo prazo, é descentralizar os serviços de testagem. "Queremos facilitar o acesso à testagem e à prevenção. Estamos capacitando a rede de saúde para que ela esteja em condições de solicitar o teste e fazer o acompanhamento do paciente. Até 2013 queremos descentralizar em 100% a testagem e em 70% o tratamento do HIV", afirma.
Para o frei José, o amor próprio deve ser a mola que impulsionará a população para a realização dos testes.

"Temos de preservar a vida, começando pela nossa", diz. Segundo o arcebispo metropolitano de Porto Alegre, o trabalho da igreja nas comunidades trará bons resultados. "A igreja é pela vida. E no caso da Aids há como prevenir e como tratar adequadamente. O trabalho das pastorais será muito positivo nessa conscientização", enfatiza dom Dadeus Grings.

No dia 15 de novembro, os agentes das pastorais farão abordagens na Redenção. Também haverá ações nos grupos das pastorais envolvidas na campanha, em romarias diocesanas, empresas, escolas e reuniões de clero para divulgação da campanha. A partir dessa data serão vinculados spots em rádio e televisão.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Clipe Eliana Ribeiro - Barco à Vela

Deputados pró-aborto

Atualmente, vem chamando a atenção dos católicos vários artigos sobre o tema do aborto. Há uma movimentação para que aquele que é comprometido com o seu batismo levante a sua voz contra este “holocausto silêncioso”, contra este pecado que brada os céus. Como Jesus, é preciso anunciar a salvação de Deus e denunciar as injustiças e barbáries contra os indefesos, pois assim disse o mestre: “Deixai vir a mim as crianças e não as impeçais, pois delas é o Reino do Céus”
Aqui no WM já foram publicados alguns trechos de documentários feitos pelos manifestantes pró-vida entre outras notícias sobre o tema.
É bom lembrar que as eleições se aproximam e que nosso voto está diretamente ligado^à legalização ou não dessa prática.
Abaixo, um vídeo com os nomes dos 61 deputados federais que assinaram requerimento pró-aborto na Câmara:


Pensamento do dia!

“As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.”


(Fernando Pessoa)

Não estamos sós: Temos o Espírito Santo!

"Se me amais, aplicar-vos-ei a observar os meus mandamentos; quanto a mim, eu rogarei ao Pai, e ele vos dará um outro Paráclito, que permanecerá convosco para sempre. É ele o Espírito da verdade, aquele que o mundo é incapaz de acolher, porque não o vê e não o conhece. Quanto a vós, vós o conheceis, pois ele permanece junto de vós e está em vós. Não vos deixarei órfãos, eu virei a vós” (João 14,15-18).
“Não vos deixarei órfãos.” Esta é a palavra mestra. Jesus não quer nos deixar órfãos, Ele sabe que precisamos de Sua presença. O Pai havia planejado que Cristo, fisicamente, não ficaria mais no meio de nós, mas não O percebemos, não O vemos fisicamente.
Quem agora está agindo é o Espírito Santo. Podemos dizer que todo o Antigo Testamento foi o tempo do Pai: o tempo em que o Pai se manifestou.
Chegando a plenitude dos tempos, Jesus veio e viveu, presente no meio de nós, por curto tempo: uns trinta e poucos anos. O Deus que se fez homem, o Deus que tomou a nossa humanidade, esteve conosco e viveu nossa vida. Permaneceu visível, palpável. Realizou as obras do Pai e deixou- nos a marca de Sua presença, mas foi um tempo curto. Terminada a Sua missão Ele voltou para o Pai, mas derramou sobre nós o Seu Espírito Santo.
Estamos no tempo do Espírito Santo: na fase em que é o Espírito Santo Paráclito quem age e se manifesta. Ele realiza agora em nosso meio as obras de Jesus. Ele não age por Si: as obras d'Ele são as obras de Jesus. Ele está glorificando Cristo Jesus, está fazendo com que as obras d'Ele continuem por meio de nós.
Nenhuma das pessoas da Trindade busca a Si mesma, mas busca o Outro. É justamente isso que o Espírito Santo está fazendo. Este trecho bíblico é a promessa de Jesus de enviar-nos Seu Espírito. Ela faz parte da Sua pregação na Última Ceia:
“Se me amais, aplicar-vos eis a observar os meus mandamentos; quanto a mim, eu rogarei ao Pai, e ele vos dará um outro Paráclito, que permanecerá convoco para sempre” (João 14,15-16).Quem é esse Paráclito? Jesus explica:
É Ele o Espírito da verdade, Aquele que o mundo é incapaz de acolher, porque não O vê e não O conhece. “Quanto a vós, vós o conheceis, pois ele permanece junto de vós e está em vós” (João 14,17).
“Permanece junto de vós e está em vós”, não apenas estará convosco, mas estará em vós. Esta Palavra é muito importante: “Está em nós”. Jesus quer que o Espírito Santo permaneça em você. Esta é a grande verdade do Cristianismo: você cristão é templo do Espírito Santo. Ele mora, vive, habita em você. Ao mesmo tempo, Jesus quer que esse mesmo Espírito, que vive em você, aja em você e por seu intermédio. Ele quer que o Espírito Santo se derrame em sua vida como uma fonte de água viva.


Trecho do livro “O Pão da Palavra – Volume 3” de monsenhor Jonas Abib

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Estreito Caminho - Saggra!!!

Evangelho do Dia!!!


Ae galera após um tempo sem postar o evangelho do Dia devido a correria, volto a mandar hoje!!!

Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer. Lc 17,7-10

Naquele tempo, disse Jesus: “Se algum de vós tem um empregado que trabalha a terra ou cuida dos animais, por acaso vai dizer-lhe, quando ele volta do campo: ‘Vem depressa para a mesa?’ Pelo contrário, não vai dizer ao empregado: ‘Prepara-me o jantar, cinge-te e serve-me, enquanto eu como e bebo; depois disso poderás comer e beber?’ Será que vai agradecer ao empregado, porque fez o que lhe havia mandado? Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram, dizei: ‘Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer’”.

A VERDADEIRA HUMILDADE - São Leão Magno Lc 17,7-10

É ao pobre que Jesus veio anunciar a libertação. Não somente o pobre de bens, mas aquele que confia, é pobre em espírito. Hoje somos confrontados com nosso agir diante do S enhor. Do mesmo modo que um empregado presta seu serviço a seu senhor, assim somos nós diante de Deus. Um serviço que é desprovido de todo e qualquer interesse pessoal, senão o de agradar o mestre: Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer. Assim, nossa vida pautada no serviço, será a garantia da verdadeira humildade que não vê as aparências, mas reconhece o seu lugar de servo e cumpre sua missão de batizado e cristão num mundo onde já não mais se quer servir, ma ser servido. Hoje celebramos a memória de Soa Leão Magno, Papa. São Leão Magno nasceu em Toscana (Itália) no ano de 395 e depois de entrar jovem no seminário, serviu a diocese num sacerdócio santo e prestativo. Ao ser eleito Papa, em 440, teve que evangelizar e governar a Igreja numa época brusca do Império Romano, pois já sofria com as heresias e invasões dos povos bárbaros, com suas violentas invasões. São Leão enfrentou e condenou o veneno de várias mentiras doutrinais, porém, combateu com intenso fervor o monofisismo que defendia, mentirosamente, ter Jesus Cristo uma só natureza e não a Divina e a humana em uma só pessoa como é a verdade. O Concílio de Calcedônia foi o triunfo da doutrina e da autoridade do grande Pontífice. Os 500 Bispos que o Imperador convocara, para resolverem sobra a questão do monofisismo, limitaram-se a ler a carta papal, exclamando ao mesmo tempo: Roma falou por meio de Leão, a causa está decidida; causa finita est. Quanto à dimensão social, Leão foi crescendo, já que com a vitória dos desordeiros bárbaros sobre as forças do Império Romano, a última esperança era o eloqüente e santo Doutor da Igreja, que conseguiu salvar da destruição, a Itália, Roma e muitas pessoas. Átila ultrapassara os Alpes e entrara na Itália. O Imperador fugia e os generais romanos escondiam-se. O Papa era a única força capaz de impedir a ruína universal. São Leão sai ao encontro do conquistador bárbaro, acampado às portas de Mântua. É certo que o bárbaro abrandou-se ao ver diante de si, em atitude de suplicante, o Pontífice dos cristãos e retrocedeu com todo o seu exército. Dentre tantas riquezas em obras e escritos, São Leão Magno deixou-nos este grito: Toma consciência, ó cristão da tua dignidade, já que participas da natureza Divina.

Queda do Muro de Berlim também é mérito de João Paulo II, diz cardeal

Cidade do Vaticano, 9 nov (EFE).- O decano do Colégio dos Cardeais, Angelo Sodano, assegurou hoje que o papa João Paulo II e os cristãos europeus foram fundamentais na queda do Muro de Berlim.

Em declarações à "Rádio Vaticano", o cardeal Sodano, que foi secretário de Estado (cargo equivalente ao de primeiro-ministro) do Vaticano entre 1991 e 2006, disse que sem a presença de João Paulo II "tudo o que ocorreu desde então na Europa Oriental não teria sido possível".

Sodano disse que a queda do Muro de Berlim significou o desaparecimento do sistema comunista na Europa centro-oriental "que foi imposto à força a essas populações".

Neste sentido, o cardeal, de 74 anos, disse que a queda do Muro "foi o triunfo da liberdade dos povos" e que isso foi manifestado por João Paulo II quando visitou Berlim 1996. O falecido papa disse que o Portão de Brandemburgo "se transformou na porta da liberdade".

O cardeal acrescentou que acompanhou João Paulo II nessa viagem e que se lembra da emoção do então chanceler alemão, Helmut Kohl, e da ovação da multidão ao pontífice.

"Hoje podemos dizer, citando uma pessoa nada suspeita como Mikhail Gorbachov, que tudo o que ocorreu na Europa oriental nestes anos não teria sido possível sem a presença de João Paulo II; sem o papel, também político, que soube ter no cenário mundial", afirmou Sodano.

Graças a João Paulo II e à participação de tantos cristãos europeus, há 20 anos houve o início da construção de uma nova Europa, acrescentou.

Sodano ressaltou os valores cristãos do velho continente e lamentou que a União Europeia (UE) "tenha preferido ignorar esse patrimônio cristão no Tratado de Lisboa".

"Isso não deve desanimar os cristãos europeus, mas deve estimulá-los a levar o Evangelho na nova realidade europeia que vai se configurando", disse Sodano. EFE

Palestra sobre o XVI Congresso Eucarístico Nacional - Asa Norte/DF

A Paróquia São José Operário - 604 Norte, promove no dia 15 de novembro, após a Missa das 8h, Palestra sobre "XVI Congresso Eucarístico" com o Prof. José Barbosa de Miranda - Professor do Curso Superior de Teologia e candidato da Escola Diaconal da Arquidiocese de Brasília, no Salão Paroquial.
Informações pelo 3327-1082.

Dom Hélder Câmara recordado essa semana em Brasília

De hoje até o dia 14, a Universidade Católica de Brasília (UCB), em parceria com a Comissão Brasileira Justiça e Paz da CNBB, realiza o seu 5º Simpósio, com o tema: “Há esperança: 'outro mundo é possível'. Centenário de Dom Helder Câmara” e o Lema: "Sem arriscar, não vivemos a esperança" (Dom Hélder).
O objetivo é estimular estudos, reflexões e discussões sobre a esperança como forma de romper o ansiedade difundida nos últimos anos por vários fatores, como a crise econômica e financeira que se abateu sobre o mundo.
Com a proposta de aprofundar reflexões sobre a questão, além das conferências plenárias - ministradas por cientistas e pesquisadores convidados - serão apresentadas comunicações científicas, mesas redondas, mini-cursos, oficinas, exposições e murais.
O evento conta com o apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP) e da Conferência dos Religiosos e das Religiosas do Brasil (CRB).
Os organizadores do evento esperam contribuir para o verdadeiro resgate da esperança que gera cidadania ativa, tanto a nível local, nacional e internacional e para a geração de instrumentos de responsabilização social capazes de ajudar a reverter o atual quadro de crise e de desânimo.
Dom Hélder nasceu em Fortaleza no dia 7 de fevereiro de 1909. Em 1923, ingressou no Seminário Diocesano de Fortaleza, onde cursou filosofia e teologia. Para ser ordenado sacerdote aos 22 anos de idade, no dia 15 de agosto de 1931, o então pretendente Hélder recebeu uma autorização especial da Santa Sé, pois não tinha a idade mínima exigida.
Em 1931, Dom Hélder fundou a Legião Cearense do Trabalho. Dois anos depois criou, com lavadeiras, passadeiras e empregadas domésticas, a Sindicalização Operária Feminina Católica. Dom Hélder contribuiu de maneira decisiva para a reforma do método de ensino e melhor desenvolvimento da educação pública do Ceará.
Em janeiro de 1936, deixou Ceará com destino ao Rio de Janeiro, para exercer as funções de Diretor Técnico do Ensino da Religião. Em 20 de abril de 1952, foi nomeado bispo e ajudou a criar o Conselho Episcopal Latino-Americano.
Em 1956, fundou a Cruzada São Sebastião, no Rio, destinada a atender os favelados. Em 59, fundou o Banco da Previdência, cuja atuação se desenvolve especificamente na faixa da miséria.
Foi diversas vezes delegado do Episcopado Brasileiro nas assembléias gerais realizadas fora do Brasil. Junto à Santa Sé, foi membro do Conselho Supremo de Migração e padre conciliar no Concílio Vaticano II. Seu nome era conhecido no mundo todo pelo seu trabalho junto à pobreza.
Foi nomeado em março de 64 como arcebispo de Olinda e Recife, onde estabeleceu um claro foco de resistência ao golpe militar, desde a visão social.
Em 1969, recebeu o primeiro título de doutor honoris causa, da Universidade de Saint Louis, Estados Unidos. Em seguida, várias universidades da Bélgica, da Suíça, Alemanha. Holanda, Itália, Canadá e Estados Unidos, outorgaram-lhe o mesmo título, assim como o fizeram várias universidades brasileiras. Também recebeu o título de Cidadão Honorário de 28 cidades brasileiras e duas estrangeiras: a cidade de São Nicolau na Suiça e Rocamadour, na França.
A programação do Simpósio da UCB está disponível no site www.ucb.br.
WMblog.blogspot.com - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: Rodrigo Vidigal